Estudante da UFSC traduz peça teatral de Erik Satie, que chega a Florianópolis nesta quarta

27/11/2018 08:35

Foto: Rodrigo Melleiro

A estudante de doutorado da Pós-graduação em Estudos da Tradução da UFSC (PPGET), Marina Bento Veshagem, traduziu o livro ‘A armadilha de Medusa’, peça escrita pelo pianista Erik Satie e que chega à Florianópolis nesta quarta-feira, dia 28. O lançamento da obra será realizado durante o III Seminário de Escrita Dramática, no Espaço Caixa Preta, bloco D do Centro de Comunicação e Expressão (CCE) da UFSC. O evento vai começar com a leitura dramática encenada da peça, com figurinos e pianista tocando ao vivo, pela Elefants Companhia de Teatro (grupo formada por alunos e ex-alunos do curso de Artes Cênicas da UFSC). A peça tem uma relevante importância no século XX, precursora do teatro dadaísta, do surrealismo e do teatro do absurdo e, ainda, é pouco conhecida. ‘A Armadilha de Medusa’ será lançada com leitura dramática da peça e música ao vivo.

A peça é uma “comédia lírica em um ato”, cujas cenas são intercaladas pela música do autor, que deve ser dançada pelo macaco mecânico Jonas. A trama da peça inclui mais quatro “personalidades”. O personagem central, o barão Medusa, é um rico burguês que conhece Astolfo, pretendente de sua filha Frisette. Medusa, sujeito desconfiado e um tanto paranoico, logo nos anuncia que testará a lealdade de Astolfo com uma grande armadilha. Enquanto isso, revela sua controversa relação com Policarpo, o doméstico rebelde.
Serviço
O quê: Leitura dramática e lançamento do livro A armadilha de Medusa
Quando: dia 28 de novembro, às 20h30
Local: Espaço Caixa Preta, bloco D do CCE da UFSC.
No site da Editora, até o dia 30/11, o livro pode ser adquirido com 20%  de desconto.