Documentário sobre os 10 anos das ações afirmativas para estudantes negros na UFSC será exibido nesta terça

19/11/2018 09:23

Em 2018, completa-se uma década da implantação da política de ações afirmativas para negros na Universidade Federal de Santa Catarina. Este é o tema do documentário “Revolução Silenciosa: 10 anos de cotas raciais na UFSC”, que será apresentado no dia 20 de novembro, dia da Consciência Negra, às 18h, no auditório Henrique Fontes, bloco B do Centro de Comunicação e Expressão da UFSC. 

Trata-se da defesa do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) do estudante de Jornalismo Lucas Krupacz. Para contar esta história de desafios e transformações, o vídeo traz depoimentos de protagonistas, estudantes negros e negras cotistas, professores, pesquisadores e representantes de órgãos institucionais.

A narrativa é contada num passo-a-passo de uma revolução possibilitada pelo acesso à educação e mostra os desdobramentos da luta histórica pela conquista de cotas nas universidades. O documentário aborda a desigualdade racial brasileira, o surgimento da política de cotas no país e a importância das ações afirmativas para estudantes e comunidade. Mostra como é a realidade na UFSC: desde a verificação de quem se declara pretos e pardos, os desafios em permanecer na UFSC e os impactos na Universidade. O TCC foi realizado em parceria com a TV UFSC.

Ficha técnica:

Direção e montagem: Lucas Krupacz

Orientação: Gislene Silva

Imagens: Jonatan dos Santos

Design Gráfico: Camila Santos

Serviço:

O quê: apresentação do documentário “Revolução Silenciosa: 10 anos de cotas raciais na UFSC”, Trabalho de Conclusão do Curso de Jornalismo de Lucas Krupacz.

Quando: Dia da Consciência Negra – 20 de novembro, 18h.

Onde: Auditório Henrique Fontes, bloco B do Centro de Comunicação e Expressão da UFSC.

Mais informações pelo Facebook.

Tags: ações afirmativasdocumentárioUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina