Data alterada: EXTRA [CINE] estreia nesta terça na Concha Acústica

08/10/2018 16:00

Projeto faz ‘making of’ de produções da Universidade.

O projeto de extensão EXTRA [CINE], núcleo focado na produção de making ofs de projetos artísticos, culturais e acadêmicos da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), exibirá seus primeiros trabalhos durante a 12a Semana de Cinema da UFSC. Entre os seis episódios que serão lançados, estão um making of em parceria com o projeto Rotfather Day, coordenado pela professora Mônica Stein, do Curso de Animação da UFSC, e outro sobre aulas oferecidas por alunos indígenas da UFSC frente ao corte de bolsas. A estreia do projeto, marcada para esta segunda-feira, 8 de outubro, foi alterada, devido à chuva, para esta terça, 9, às 19h, na Concha Acústica do Centro de Comunicação e Expressão (CCE/UFSC). 

O projeto EXTRA [CINE] foi desenvolvido desde abril deste ano sob a coordenação da professora Patrícia Iuva, do Curso de Cinema da UFSC. Ela conta que a ideia surgiu a partir de uma demanda que observou: “Percebi que nos projetos desenvolvidos dentro do curso de cinema, muitas vezes os alunos assumem mais de uma função, o que impossibilita ter alguém disponível para realizar trailers ou making ofs”. A professora explica que, além de oferecer o serviço de making of, o EXTRA [CINE] tem como objetivo dar visibilidade às produções realizadas no curso, de modo a valorizá-las, e informar pessoas interessadas sobre o funcionamento de um curso de cinema.

Patrícia Iuva explica que os episódios de making of contém até 10 minutos, por assumirem uma estética que dialoga com vídeos da internet. A produção dos episódios tem início com a captação de imagens – dos sets de gravação ou de entrevistas -, feitas por um bolsista, com apoio do Laboratório de Cinematografia do Curso de Cinema (LabCine). A coordenadora do projeto orienta a edição do material, que depois é postado no canal do Curso de Cinema da UFSC. O acesso aos vídeos no canal será liberado após a estreia do projeto, nesta segunda-feira.

No próximo ano, o projeto tem intenção de abrir chamada para a participação de voluntários. “Na situação atual, não conseguimos dar conta de tudo que acontece dentro do (curso de) cinema”, diz a professora.  Patrícia Iuva destaca a importância de se garantir uma maior visibilidade das ações desenvolvidas dentro da Universidade, “de modo a reverberar na valorização das práticas da universidade pública e de qualidade, que prima pela diversidade e pelas expressões artísticas e culturais”.

Maria Clara Flores / Estagiária de Jornalismo na Agecom / UFSC

*Fotos: Lucas Tirelli e Victor Toth / Divulgação