Polo da UFSC realiza conferência que reúne jovens cientistas do Brasil e Alemanha

10/10/2018 17:19

Entre os dias 8 e 11 de outubro, o Polo – Laboratórios de Pesquisa em Refrigeração e Termofísica – do Departamento de Engenharia Mecânica da UFSC realiza o Brazilian-German Frontiers of Science and Technology Symposia (Bragfost 2018).

O Bragfost é uma série de conferências binacionais interdisciplinares que são co-organizadas pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e pela Fundação Alexander von Humboldt. A conferência reúne aproximadamente 60 jovens cientistas, 30 de cada país, de diversas áreas.

O evento permite a troca de ideias entre fronteiras disciplinares e nacionais e, ao mesmo tempo, oferece oportunidades para futuras colaborações binacionais e networking. A Fundação Alexander von Humboldt apoia essas colaborações entre participantes alemães e brasileiros com seu programa especial de acompanhamento, o Connect. O financiamento é fornecido pelo Ministério Federal de Educação e Pesquisa da Alemanha e pelo Ministério da Educação do Brasil.

O Bragfost ocorre uma vez por ano, alternadamente no Brasil e na Alemanha, com um comitê organizador formado por cientistas brasileiros e alemães, responsáveis ​​pelo desenvolvimento do programa do evento. As quatro sessões temáticas a serem abordadas no Bragfost em 2018 são:

• De meta materiais para materiais programáveis

• O impacto da digitalização na geração de conhecimento científico futuro

• Compreender e ampliar os limites do desempenho humano

• “Biologização” em tecnologia e manufatura

O professor Jader Barbosa, co-Chair brasileiro do evento neste ano, afirma que esta é uma oportunidade única de reunir cientistas de ambos países para que a cooperação internacional nas áreas temáticas possa ser estimulada.

 

Mais informações no site do simpósio.

Fonte: Polo UFSC

Foto: Ítalo Padilha/Agecom/UFSC