Avaliação do MEC para recredenciamento da EaD da UFSC destaca engajamento e prevê sucesso

15/10/2018 09:17

O relatório da avaliação institucional externa, realizada pelo MEC, colocou o programa de Educação à Distância da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) na faixa de conceito 4. Os conceitos vão de 1 a 5, que é a nota máxima. “Percebemos que a equipe do EAD possui engajamento, disponibilidade, e intenção de regular e acertar, dentro dos limites orçamentários. Acreditamos que a Instituição de Ensino Superior (IES) terá sucesso, caso seja mantida a equipe e a verba orçamentária”, avalia o documento.

A nota é feita a partir de vários aspectos, que se dividem em cinco eixos: no Eixo 5, correspondente a Infraestrutura, a UFSC ficou com a média 4,44. Todos os 18 aspectos analisados nesse eixo tiveram nota 4 ou 5. E oito foram com nota máxima. Além de ressaltar o Design Lab, laboratório de captura de movimento para jogos e animação, o relatório observa que a infraestrutura “fornece aos docentes, discentes e corpo técnico ambientes adequados para realizarem seus trabalhos”, com zelo pelos prédios.

Destacam-se ainda os 11 aspectos do Eixo Políticas Acadêmicas: 9 tiraram 4 ou 5, garantindo para o Eixo a nota 4,09. Os Eixos são: Planejamento e Avaliação Institucional; Desenvolvimento Institucional; Políticas Acadêmicas; Políticas de Gestão; Infraestrutura. No total, são 49 aspectos; em 36 deles a UFSC foi avaliada com 4 ou 5. Em 13 com nota máxima. Nenhum eixo teve nota abaixo de 3.

“A comissão entende que a IES avaliada passou por muitas dificuldades de conhecimento notório, pelo Brasil”, observam as considerações finais. O secretário de Educação a Distância, Fernando Gauthier, acrescenta que o resultado mostra a consolidação da capacidade institucional de resistência: “o conceito é um reconhecimento pela qualidade do trabalho desenvolvido por professores e equipe de EaD ao longo das últimas duas décadas e mostra que a UFSC soube se recuperar das adversidades sofridas no ultimo ano”.