UFSC recebe Festival Mundial da Paz neste domingo, 19

17/08/2018 11:00

A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) receberá, a partir das 12h30 do dia 19 de agosto, no Auditório Garapuvu do Centro de Cultura e Eventos, o Festival Mundial da Paz do EKAM. Neste dia, o Festival pretende conectar, pela internet, cerca de 7 mil pontos de luz ao EKAM, espaço místico de meditação na Índia, em que estarão 25 mil pessoas, dentre elas monges e líderes. Para participar não é preciso inscrição prévia e o ingresso é a doação de alimentos não-perecíveis.

Um dos objetivos do evento é “reunir pessoas a fim de provocar uma mudança maciça na consciência humana”. O Festival Mundial da Paz é um evento não-religioso, realizado entre os dias 9 e 19 de agosto, em um processo chamado Dasa Shanti Siddhis, em que se dedica uma intenção específica a cada dia visando trazer a paz em vários aspectos. O evento foi projetado pelos criadores da O&O Academy, escola criada por líderes espirituais que se dedica à transformação da consciência.

Para a O&O Academy, os participantes do Festival são considerados os mensageiros e os instrumentos da paz mundial e serão convidados a experimentar a Meditação Soul Sync da Paz ou da Deeksha da Paz, que visa atingir a paz em três níveis: (1) paz em si mesmo; (2) paz dentro da família; e (3) paz no mundo no entorno.

Sobre o EKAM

O EKAM Oneness Field (Campo de Consciência da Unidade) é um monumento situado no estado de Andrapradesh, Chittoor District, na Índia, e foi construído para a meditação simultânea de várias pessoas. A professora emérita da UFSC, Eloita Pereira Neves, é criadora da Paz do EKAM, e, junto à chefe do Departamento de Enfermagem, Dulcinéia Ghizoni Schneider, é organizadora do evento que ocorre dia 19, na Universidade.

Eloita relata que, desde 2013, visita ao menos uma vez por ano o EKAM. Ela explica que o monumento “foi construído em uma área de confluência de pontos de energia de modo que ele se torna um amplificador de energia para todo o planeta”. Dessa forma, Eloita acredita que o Festival Mundial da Paz do EKAM proporcionará uma grande transformação pela paz . “Não é ativismo, é um movimento para elevar a consciência de paz e criar um mundo harmonioso para se viver”, completa.

 

Maria Clara Flores/Estagiária de Jornalismo da Agecom/UFSC

Tags: consciência humanaEKAMespaço místicoFestival da PazFestival Mundial da Pazmeditação