Livro conta a história do jornalista mais premiado do Brasil

09/08/2018 10:10

Arnon Gomes, autor do livro “O jornalista mais premiado do Brasil”, ao lado do jornalista José Hamilton Ribeiro, cuja obra foi inspirada. Foto: Divulgação

Sete prêmios Esso, o mais importante da imprensa brasileira. O único jornalista brasileiro que esteve nos campos de combate da Guerra do Vietnã, em 1968. Um dos fundadores do Globo Rural, programa de tevê onde brilha até hoje, no alto de seus 82 anos de idade, sendo, talvez, o profissional de imprensa mais experiente em atividade nos meios de comunicação do Brasil.

Este personagem é José Hamilton Ribeiro, cuja biografia, O jornalista mais premiado do Brasil – a vida e as histórias do repórter José Hamilton Ribeiro, foi escrita pelo jornalista Arnon Gomes, de Araçatuba (SP). Em Florianópolis, o lançamento, que está a cargo da Livraria Livros&Livros, acontece no dia 10 de agosto, 14h30, no Auditório Henrique Fontes, Centro de Comunicação e Expressão da UFSC, e é uma promoção conjunta da Agência de Comunicação (Agecom) e do curso de Jornalismo da Universidade Federal de Santa Catarina, com apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa e Extensão Universitária (Fapeu).

A obra, que será lançada durante a Aula Inaugural do curso de Jornalismo e terá a participação do próprio José Hamilton Ribeiro, é resultante de um TCC (Trabalho de Conclusão de Curso), quando Gomes ainda era estudante universitário de jornalismo. A biografia começa contando a história do menino nascido na pequena Santa Rosa de Viterbo, que, desde cedo, demonstrava vocação para o jornalismo e a literatura. Para estudar, morou em Casa Branca, São Simão, Ribeirão Preto e Franca. Em São Paulo, consagrou-se jornalista, passando pela Folha de S. Paulo, Quatro Rodas, Veja e a mítica revista Realidade, última palavra em matéria de jornalismo em revista no Brasil. Foi por essa publicação que se tornou um nome nacional, ao cobrir a Guerra do Vietnã, onde perdeu parte da perna esquerda ao pisar numa mina terrestre. Durante a ditadura militar, modernizou a imprensa do interior de São Paulo. E, desde o início dos anos 1980, trabalha na Rede Globo.

Mas a obra se propõe a ir além. Procura explicar o motivo de, entre os jornalistas de sua geração, provavelmente a mais brilhante da história da imprensa brasileira, Zé Hamilton ser o único a ficar tanto tempo na reportagem, mesmo com o avanço da TV e, posteriormente, da internet. Procura desvendar quais os macetes que o tornaram o jornalista brasileiro com o maior número de prêmios. E mais: resgata suas reportagens inesquecíveis, em momentos cruciais da vida brasileira, e o legado que deixou.

Toda essa saga é contada com depoimentos do próprio biografado e também de pessoas que conviveram com ele. São jornalistas, que, assim como o biografado, possuem grandes trajetórias, além de amigos e familiares. Bastante ilustrado, o livro é dividido em dez capítulos e tem 260 páginas. O prefácio é de autoria do também jornalista Sérgio Dávila, editor-executivo da Folha de S. Paulo e genro de José Hamilton.

Arnon Gomes é jornalista formado pela Unisanta (Universidade Santa Cecília), nascido em Santos (SP), em 25 de fevereiro de 1983. É editor no jornal “O Liberal Regional”, de Araçatuba (SP). É também professor de Redação. Tem pós-graduação em História e Cultura e é autor de outros quatro livros “Com véu de alegoria – cem anos de carnaval em Araçatuba” (Somos, 2008), “Genilson Senche, homem de ideias e ação” (Somos, 2011), “Tuco, uma vida dedicada à educação” (Ekográfica, 2017) e “Napo, o Arquivo da Velha Senhora” (Ekográfica, 2017). É também membro da Academia Araçatubense de Letras desde novembro de 2015.

Contatos para entrevistas com o autor: (18) 98157-3352.

 

Lançamento “O jornalista mais premiado do Brasil”

Aula inaugural do curso de Jornalismo com José Hamilton Ribeiro

Data: 10/08/2018 (sexta-feira)

Horário: 14h30min

Local: Auditório Henrique Fontes/Centro de Comunicação e Expressão/UFSC

 

Agecom/UFSC