UFSC Araranguá realizará atividades durante o Dia de Consciência Negra

16/11/2017 09:40

A UFSC Araranguá realizará no dia 20 de novembro, durante todo o dia, atividades artísticas e culturais em alusão ao Dia da Consciência Negra. As atividades iniciam às 10 horas e se encerram às 21h30, sendo que todas ocorrerão na UFSC Araranguá (bairro Jardim das Avenidas). Para as 16h está programada a Mesa Redonda ‘Por que cotas raciais?’, que contará com as convidadas Regina Vasconcellos Antonio, professora Associada na UFSC, e Emiko Liz Ferreira, presidente da Comissão de Igualdade Racial da OAB/SC e mestranda no Núcleo Alteritas PPGE/UFSC.

Instituído no Brasil em 20 de novembro, por meio da Lei 12.519 de 2011, o Dia Nacional de Zumbi e da Consciência Negra faz referência ao líder Zumbi dos Palmares, símbolo de liberdade e luta contra a escravidão no país, morto em 1695. O evento é uma ação realizada pela UFSC, com apoio da Unisul, e os participantes receberão certificação de horas acadêmicas.

Programação

*10h à 22h  – Conhecendo para reconhecer

Intervenção de imagens, textos e sons.

Local: Hall

*10h00 – Abertura do Evento

Voz e Violão com Gisele Duvano

Local: Hall

 *10h30 – Grupo de Capoeira com crianças

Instituição Futuro Aprendiz – Araranguá

Local: Hall

* 13h00- Oficina de Kizomba

Grupo de Estrangeiros UFSC Araranguá

Local: Hall

*14h30 – Preto em pauta!

Roda de Conversa sobre experiências de ser negra/o no Brasil.

Local: Auditório

*16h00 – Por que cotas raciais?

Mesa Redonda com as convidadas:

-Profª Drª Regina Vasconcellos Antonio

(Pós doutora, Professora Associada na UFSC Campus Araranguá. Atua junto à comissão de avaliação da UFSC.)

-Profª Emiko Liz Ferreira

(Advogada, professora, presidente da Comissão de Igualdade Racial da OAB/SC. Ativista do movimento negro e mestranda núcleo Alteritas UFSC – Fpolis).

Local: Auditório.

*19h00 – Cine Debate

Comentarista Profª Emiko Liz Ferreira

(Advogada, professora, presidente da Comissão de Igualdade Racial da OAB/SC. Ativista do movimento negro e mestranda núcleo Alteritas UFSC – Fpolis).

Local: Auditório

*21h30 – encerramento do evento Local: auditório

Todas atividades ocorrerão no prédio da UFSC, no bairro Jardim das Avenidas.

O evento conta com certificação de horas acadêmicas.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Jonas Goulart / Comunicação Institucional / UFSC Araranguá

Tags: Araranguáconsciência negraUFSC