Sociólogo formado pela UFSC lança livro ‘O devir e os sentidos das memórias de descendentes de alemães em Santa Catarina’

01/06/2017 14:07

O sociólogo Lucas Voigt, e aluno do Mestrado em Sociologia Política da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), lança o livro “O devir e os sentidos das memórias de descendentes de alemães em Santa Catarina: Um esboço de sociologia da memória”. O livro é resultado de sua monografia de conclusão de curso. O lançamento será dia 7 de junho, das 19h30 às 21h30 no Instituto Carl Hoepcke – Centro de Florianópolis. Ancorado na sociologia da memória, o livro analisa os sentidos das memórias de descendentes de alemães radicados em Santa Catarina. O livro custa 35 reais. 

O livro

As memórias envolvem temas como as campanhas de nacionalização do Estado Novo, a alegada associação de imigrantes alemães ao nazismo, a relação com antepassados e entre gerações e a importância de habitações e móveis na construção das memórias e identidades.

Para levar a cabo seu objetivo, o autor irá relacionar memória familiar a uma pesquisa histórica cuidadosa, articulando fontes orais, documentos históricos em sentido estrito e demais fontes de pesquisa. Ao analisar os condicionantes sociais e históricos que definem as memórias, a obra explora a tensão entre o “devir da memória” e os esforços dos agentes sociais para fixar o passado. Analisar o devir das memórias e identificar os elementos responsáveis pela “inexatidão da memória”, permite ao autor desvelar o sentido inerente das narrativas sobre o passado.

Este livro, oferece uma reflexão sobre a relação entre memória e identidade, mostra-se uma leitura proveitosa aos estudiosos da memória e da cultura, bem como aos interessados pelo fenômeno da germanidade no Brasil.

 

 

Tags: UFSCUniversidade Federal de Santa Catarina