Exposição de fotos, dia 17, exibe lugares que fecharam as portas para comunidade LGBT em Florianópolis

13/05/2016 16:58

A Secretaria de Ações Afirmativas e Diversidades da UFSC realizará, de 17 a 24 de maio, no Hall do Centro de Ciências da Saúde (CCS), a exposição Chave 17 – Acessos e (In)diferenças, que exibirá fotos de gays, lésbicas, bissexuais, assexuais, homens e mulheres trans e pessoas não-binárias barrados em determinados locais de Florianópolis em função de sua sexualidade ou identidade de gênero. A exposição ocorrerá em comemoração ao Dia Internacional contra a Homofobia, 17 de maio.

A data se tornou um marco para a comunidade LGBT quando, em 1990, a Organização Mundial da Saúde (OMS) retirou a homossexualidade, até então chamada de homossexualismo, da Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados com a Saúde (CID).

As fotos expostas são de autoria do professor Rodrigo Otávio Moretti. As pessoas que relataram discriminação em estabelecimentos e instituições da cidade foram fotografadas em frente a uma porta fechada. Depois, estas fotos foram impressas e sobrepostas aos lugares em se presenciou o preconceito, de modo que foi realizada uma segunda fotografia. A ideia era representar, através da metalinguagem, a negação de direitos que a comunidade LGBT sofre.

17

Tags: CCSCentro de Ciências da SaúdeChave 17 - Acessos e (In)diferençasUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina