Iniciou sábado, na UFSC, V Conferência Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação de Santa Catarina

19/10/2015 09:18

A V Conferência Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação de Santa Catarina começou  no sábado,17 de outubro, em Florianópolis, no auditório da Reitoria da UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina). Etapas regionais serão promovidas até novembro em várias universidades e centros de pesquisa catarinenses.

“Esperamos ter a contribuição de todas as suas instituições para ter as diretrizes de politicas públicas em Ciência e Tecnologia”, disse a reitora da instituição anfitriã, professora Roselane Neckel. Neste sentido, a reitora do IFSC (Instituto Federal de Santa Catarina), professora Maria Clara Schneider, acrescentou que a união entre instituições é essencial para ultrapassar dificuldades. E o presidente da FAPESC, Sergio Gargioni – também professor da UFSC – lembrou que refletir e fazer um planejamento para o futuro é importante principalmente quando os recursos são poucos. Também participaram  do evento Joana Pedro, pró-reitora de Pós-Graduação da UFSC e Jamil Assreuy, pró-reitor de Pesquisa.

Joana Pedro e Jamil Assreuy participaram da etapa UFSC da Conferência

Joana Pedro e Jamil Assreuy participaram da etapa UFSC da Conferência. Foto: Fapesc

Sidnei Rodrigues, coordenador o Observatório de Inteligência Industrial da FIESC (Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina), ministrou palestra que abordou o Programa de Desenvolvimento Industrial Catarinense. “Estamos convencidos de que as regiões têm de selecionar setores estratégicos, por exemplo, em Florianópolis turismo, TIC, indústria criativa, não adianta apostar no agroalimentar”, ponderou.

Os participantes da Conferência foram separados em sete grupos de trabalho, compostos por representantes do governo, das instituições de ensino, empresas e sociedade. Eles discutiram sobre a realidade local em questões como desenvolvimento, ciência, mercado e inovação. O professor Roberto Pacheco, do Departamento de Engenharia e Gestão do Conhecimento da UFSC, disse que ao final do encontro haverá um diagnóstico sobre a CTI na região da Grande Florianópolis e como melhorá-la.

A Conferência prosseguirá em seis cidades do estado: dia 22 de outubro em Chapecó, 27 de outubro em Criciúma, 29 de outubro em Jaraguá do Sul, 3 de novembro em Itajaí e 6 de novembro em Lages, com encerramento em Joinville dia 13 de novembro. A exemplo da primeira reunião, todos os encontros regionais devem ter a mesma estrutura, organizada pelo EGC da UFSC e apresentada pelos pesquisadores antes da divisão em grupos. É indispensável que cada participante se inscreva, na sua região, por meio do portal: www.conferenciacti.sc.gov.br, onde também é possível consultar a programação de cada encontro.

Fonte: http://www.fapesc.sc.gov.br/deflagrado-processo-que-resultara-em-planejamento-para-cti-em-sc/

 

 

Tags: Ciênciaetapa UFSCTecnologia e InovaçãoUFSCV Conferência Estadual