9º FITA: Teatro da UFSC recebe ‘Z – as imagens são palavras que sumiram’ nesta quarta

26/05/2015 15:50
"Z-As imagens são palavras que sumiram". Foto: Cayo Vieira

Z-As imagens são palavras que sumiram. Foto: Cayo Vieira

O espetáculo Z – As imagens são palavras que sumiram, do grupo curitibano “CórtexArte”, é a atração do 9º Festival Internacional de Teatro de Animação (FITA 2015), nesta quarta-feira, 27 de maio, às 15h, no Teatro da UFSC. A apresentação é acessível a surdos.

O espetáculo

Z – As imagens são palavras que sumiram

Esta história se passa em um momento inventado, antes da palavra falada. São contadas, sem palavras, as aventuras de uma menina que cria um menino a partir do seu desejo e de um coração. O enredo também relata as desventuras de um menino em suas batalhas.

Direção: Luciane Figueiredo

Duração: 40 min.

Classificação: 7 anos

Técnica: manipulação direta, sombras, objetos e animação de imagens.

Serviço

O quê: espetáculo Z – As imagens são palavras que sumiram, no 9º FITA.

Quando: 27 de maio de 2015, quarta-feira, às 15 horas.

Onde: Teatro da UFSC, ao lado da Igrejinha, Praça Santos Dumont, Trindade, Florianópolis-SC.

Quanto: R$10,00 (inteira) / R$5,00 (meia-entrada*).

*Meia-entrada para estudantes, pessoas acima de 60 anos, classe artística (com apresentação de DRT), funcionários e clientes da Caixa (mediante apresentação de cartão).

 

Veja abaixo a programação e a sinopse de outros espetáculos desta quarta na região 

 

"Música à Manivela"

Música à Manivela

Música à Manivela

Local: Varandão do CCE – Projeto 12:30.

Horário: às 12h30min.

Dois atores e músicos celebram a simplicidade da vida cotidiana, com suas alegrias e tristezas, em pequenas cenas com objetos, bonecos e canções ao “Orgue de Barbarie”, violino e acordeon.

Grupo: Prana Teatro de Animação

Direção: Vanessa Valente.

Duração: 30 min.

Classificação: livre.

Técnica: manipulação direta.

Pinóquio Etc e Tal. Foto: Thiago de Mello

Pinóquio etc e tal. Foto: Thiago de Mello

Pinóquio etc e tal

Local: teatro Ademir Rosa, do Centro Integrado de Cultura (CIC) – Florianópolis.

Horário: às 15 horas.

A aventura de Pinóquio, o boneco de madeira que queria ser gente, é contada de forma original nesta peça. Quatro marceneiros constroem o boneco e animam os materiais disponíveis  na marcenaria. Os serrotes viram o monstro marinho, o martelo vira boneco de teatro, e as ferramentas se transformam para dar vida ao conto de Carlo Collodi.

Grupo: Teatro Por Um Triz (São Paulo/SP)

Direção: Henrique Sitchin

Duração: 50 min.

Classificação: 2 anos

Técnica: manipulação direta (inspirada no bunraku), objetos, máscaras e sombra.

"Volatiles"

Volatiles

Volatiles

Local: Teatro Álvaro de Carvalho (TAC) – Florianópolis

Horário: às 20 horas.

Uma lembrança é sempre feita de vazios e lacunas: há contornos não precisos, coisas de um contrário nebuloso; reconstituições, mas também projeções, flashbacks, imersões totais. Esta lembrança não escapa à regra. É uma lembrança de infância: ele tinha cinco anos; seu pai desapareceu, fora levado. Sua mãe enlouqueceu ao ponto de querer deixar sua natureza humana para se transformar em pássaro. Um transe. Um desejo volátil.

Grupo: Cie. Yokai (França).

Direção: Violaine Fimbel.

Duração: 45 min.

Classificação: 14 anos.

Técnica: manipulação direta, fios e sombras.

Revoltosas Manobritas. Foto: Pablo Arias

Revoltosas Manobritas. Foto: Pablo Arias

Revoltosas Manobritas

Local: Teatro SESC Prainha

Horário: às 10h e às 15 horas.

Um espetáculo muito bem-humorado, composto de pequenas histórias do cotidiano da atriz manipuladora. Utilizando diversas técnicas de manipulação, como bonecos corporais, objetos e teatro de figuras, os personagens nos mostram o dia a dia de uma cidade movimentada, com muita cor e bom humor.

Grupo: Ana Santa Cruz (Peru).

Direção: Ana Santa Cruz.

Duração: 50 min.

Classificação: livre.

Técnica: bonecos corporais.

OBS.: Valores dos Ingressos

Gratuito: Concha Acústica, SESC Prainha e espetáculos que compõem a itinerância.

R$10 (inteira) / R$5 (meia-entrada*):

Projeto TAC 7:30 (Teatro Álvaro de Carvalho) e Teatro da UFSC.

R$20 (inteira) / R$10 (meia-entrada*):

Teatro Ademir Rosa (CIC), Teatro Álvaro de Carvalho (exceto Projeto TAC 7:30).

*Meia-entrada para estudantes, pessoas acima de 60 anos, classe artística (com apresentação de DRT), funcionários e clientes da Caixa (mediante apresentação de cartão).

Lembretes:

– os caixas das bilheterias darão prioridade a aposentados, portadores de necessidades especiais e gestantes;

– não aceitamos cheques nem cartões de débito/crédito;

– não realizamos troca nem devolução de ingressos;

– não realizamos reserva de ingressos;

– proibida a entrada nos teatros com alimentos e bebidas.

Mais informações e a programação completa no site do FITA 2015.

 

Joelson Cardoso/Estagiário de Jornalismo/DAC/SeCult/UFSC

 

Tags: Teatro da UFSCUFSCZ - as imagens são palavras que sumiram