Comitê de Assuntos Estudantis inicia trabalhos na UFSC

21/03/2014 14:30

O CAE é formado por sete representantes discentes e sete membros da Administração Central (e seus respectivos suplentes). Essa foi a primeira reunião do comitê, criado em 2012. (Foto: Gabriela Dequech/DGC)

O Comitê de Assuntos Estudantis (CAE) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) reuniu, na quinta-feira, dia 20 de março, todos os representantes discentes e os da Administração Central: Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (Prae), Pró-Reitoria de Planejamento e Orçamento (Proplan), Pró-Reitoria de Graduação (Prograd), Coordenadoria de Assistência Estudantil (CoAEs) e Restaurante Universitário (RU) – essa foi a primeira reunião do comitê.

A pró-reitora de Assuntos Estudantis, Denise Cord, que preside o CAE, destacou que a intenção do primeiro encontro foi a de oportunizar uma ocasião para que seus membros se conhecessem, além de delinear a atuação do grupo. “Foi um encontro construtivo, com a presença massiva de todos os membros do comitê, o que deixou claro que há uma demanda por mais interação”, ressaltou. A consolidação do CAE era uma das prioridades elencadas pela reitora Roselane Neckel para a nova gestora da Prae, que tomou posse em 24 de fevereiro.

“Há uma grande importância de se ter aqui pessoas de diferentes lugares da Universidade, com diferentes vivências, porque o nosso papel é qualificar um trabalho e ser um órgão que incorpora as demandas trazidas, para ajudar a construir as políticas estudantis”, salientou o estudante Raruilquer Oliveira. Os membros discentes do comitê representam diversos centros acadêmicos, alunos cotistas, estudantes com filhos, membros do Diretório Central dos Estudantes (DCE), do Grupo 4Ps (Poder para o Povo Preto) e do Coletivo Kurima, formado por estudantes negros e negras da UFSC.

As principais necessidades dos estudantes – e o que tem sido  feito pela Administração Central para supri-las – foram discutidas; a organização do CAE, debatida e a periodicidade dos encontros, a representatividade dos estudantes de outros campi e o regimento do comitê na primeira reunião do grupo abordados. Pautas futuras para o CAE foram sugeridas, como o orçamento das pró-reitorias destinado aos projetos que contemplam os estudantes, expansão da Moradia Estudantil, melhorias à Bolsa Estudantil e ao Restaurante Universitário, política de creches, acompanhamento de estudantes cotistas, discriminação racial, entre outras. 

Ficou acordado que a próxima reunião tratará do orçamento das pró-reitorias e os projetos planejados para este ano. Indicou-se, ainda, que as demandas prioritárias trazidas pelos estudantes para discussão no comitê serão definidas de acordo com as decisões do Conselho de Entidades de Base (CEB), instância que reúne os Centros Acadêmicos da UFSC.

Os representantes discentes, indicados pelo DCE quando da criação do CAE, concordaram em reavaliar as suas nomeações durante a reunião do CEB nesta sexta-feira, 21 de março: a intenção é atualizar democraticamente as indicações de estudantes ao CAE, mantendo ainda a representação das diferentes demandas estudantis. A próxima reunião do comitê será agendada após a indicação dos novos representantes e seus suplentes.

 

Mayra Cajueiro Warren
Jornalista / Diretoria-Geral de Comunicação

Claudio Borelli / Revisor de Textos da Agecom / Diretoria-Geral de Comunicação / 

Tags: CAEComitê de Assuntos EstudantisConselho de Entidades de BaseDCEDiretório Central dos EstudantesKurimaPRAEprogradProplanrestaurante universitárioUFSC