UFSC retoma obras na Pista de Testes do campus de Joinville

06/12/2013 19:01

Equipe da UFSC comemora retomada das obras no laboratório do campus. Foto Mayra Cajueiro Warren/AI/GR

Um dos principais laboratórios do campus da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em Joinville terá sua construção reiniciada a partir da próxima semana. Faz um ano que as obras na Pista de Testes estavam suspensas, desde quando expirou o contrato com a empresa que realizava os laudos técnicos para orientação das atividades de terraplanagem. Nesse período, também foi necessário ajustar os contratos entre as empresas responsáveis pelos laudos técnicos fechados em dias corridos e pela terraplanagem contratada por empreitada. A construção entra agora em uma nova etapa, com prazo de 150 dias para sua conclusão.

A retomada foi marcada por um ato na última quarta-feira, 4 de dezembro, na área que abrigará a nova estrutura do campus, conhecida como Curva do Arroz, na entrada de Joinville, próximo à BR 101. A solenidade contou com a presença do diretor de Projetos da Pró-Reitoria de Pesquisa (Propesq), Elias Machado, do diretor-geral do campus de Joinville, Luís Fernando Peres Calil, do coordenador de Projetos Institucionais da Propesq, Gustavo Rossa Camelo, dos representantes das empresas Zabel Terraplanagem, Felipe Zabel, e Azimute Consultoria e Projetos de Engenharia, Edson Rocha Nery, além de técnicos e docentes da Universidade.

Local da futura Pista de Testes do campus de Joinville.
Foto Mayra Cajueiro Warren/ AI/GR

O início dos trabalhos será na terça-feira, 9 de dezembro, após uma reunião de alinhamento entre a UFSC e as empresas, agendada para segunda-feira. “É uma obra muito estratégica para a UFSC”, afirmou Elias Machado. “A retomada das obras demonstra o esforço da reitoria da UFSC em consolidar as condições de infraestrutura de pesquisa em Joinville, fundamental para o polo automotivo que está se estruturando nesta região”, ressalta Machado. O diretor explicou que os contratos das duas empresas que executarão o projeto desta etapa estão inter-relacionados, o que deve possibilitar que o serviço seja feito de forma ininterrupta.

O diretor-geral do campus de Joinville, Luís Fernando Peres Calil, disse que as obras da pista têm um cronograma extenso. “Esta etapa que começa agora terá terraplanagem e elevação do terreno. Depois, faremos uma cobertura vegetal e, a partir daí, devemos deixar a terra se acomodar, pois pode ocorrer um adensamento. Só depois desse período de descanso, colocaremos na pista uma camada de preparação para a pavimentação”, detalha.

O responsável pela empresa de terraplanagem, Felipe Zabel, disse que o terreno oferece dificuldades, mas garantiu que haverá dez tratores e 12 pessoas trabalhando na obra. “É uma região muito úmida, chove muito, mas estamos aqui para começar o serviço”, reforçou. O gerente comercial da empresa Azimute, engenheiro civil Edson Rocha Nery, também acredita que o fator climático será um grande desafio. “Dependemos do tempo, mas, acima de tudo, teremos que primar pela eficiência e controle técnico. A intenção é somar os esforços para poder colher os frutos positivos dessa obra”, declarou Edson.

A Pista de Testes da UFSC, quando finalizada, será utilizada para pesquisa de desempenho de materiais, pavimentos, sistemas veiculares e rodovias inteligentes. O projeto da pista tem como objetivo atender o Centro de Engenharia da Mobilidade (CEM), que oferece cursos de graduação em engenharia aeroespacial, automotiva, ferroviária e metroviária, mecatrônica, naval, de infraestrutura e de transportes e logística. As obras custarão R$ 2.496.454 financiados pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), por meio do Programa de Infraestrutura das Universidades (CT-INFRA), e devem ser concluídas até outubro de 2014.

Túnel de Vento Subsônico

Outro investimento importante para o campus de Joinville que acaba de ser aprovado é o Túnel de Vento Subsônico, equipamento contemplado com recursos do CT-INFRA da ordem de R$ 2.516.994,00. O Túnel deverá ser concluído em até 36 meses, a partir da data de assinatura do convênio, que deve ser encaminhado para a FINEP até o dia 12 de dezembro. O equipamento será utilizado em pesquisas de interação entre escoamentos e estruturas naturais e artificiais e contará com características técnicas inéditas no sul do país.

Os campos de aplicação incluem áreas como a engenharia aeroespacial, mecânica, automotiva, ambiental e oceanografia, entre outras. “O Túnel será mais um laboratório que colocará este campus na linha de frente da tecnologia de ponta. Com a finalização da Pista de Testes e a instalação do Túnel, os cursos de engenharia de mobilidade terão laboratórios de referência para toda a América Latina”, afirmou Machado.

Mais informações: UFSC Joinville

Pró-Reitoria de Pesquisa UFSC

 Mayra Cajueiro Warren/ Jornalista da Assessoria de Imprensa do Gabinete da Reitoria/

 e

(48) 3721-4558

 

 

Tags: Campus de Joinvillepista de testesUFSC