Pesquisa de aluna da Pós em Antropologia Social da UFSC é premiada na Espanha

03/10/2013 11:03

A tese “Artisticidade, etnicidade e política no Caribe colombiano: uma etnografia dos Zenú e seus outros”, produzida pela aluna América YaniraLarrain González do Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social (PPGAS) da UFSC, recebeu o prêmio“Tenerife al Fomento y laInvestigación de laArtesanía de España y América 2013“, no dia 1º de outubro, na Espanha. O trabalho trata do Sombrero Vueltiao, um chapéu manufaturado pelos indígenas Zenú, declarado como símbolo cultural da Colômbia em 2004. A autora, colombiana que mora há sete anos e meio no Brasil, privilegiou os relatos e descrições do processo artesanal do Sombrero, feito com fibras vegetais trançadas.

Atualmente, González é professora substituta no Departamento de Antropologia da Universidade Federal do Paraná (UFPR), em Curitiba. “Ganhar foi uma grande surpresa e uma notícia muito gratificante para o meu trabalho”, explica. A pesquisadora tem experiência de trabalho com comunidades indígenas e já participou de pesquisas sobre as manifestações do patrimônio cultural da Colômbia e do Brasil. A tese premiada pode ser acessada no endereço http://tede.ufsc.br/teses/PASO0307-T.pdf.

Beatriz Nedel Mendes de Aguiar/ Estagiária de Jornalismo da Agecom/ UFSC
beatriznedel@gmail.com

Tags: América Yanira Larrain GonzálezPPGASpremiaçãoUFSC