Licenciatura em Educação do Campo da UFSC forma primeira turma

19/09/2013 14:48

O Curso de Licenciatura Plena em Educação do Campo da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) formou sua primeira turma, no dia 6 de setembro, em cerimônia realizada no Auditório Garapuvu, do Centro de Cultura e Eventos da Universidade. O curso que é oferecido pelo Centro de Educação (CED) teve início em agosto de 2009. Veja o vídeo da formatura do curso de Educação do Campo.

O curso visa formar educadores para atuação na educação básica, especificamente para as séries finais do Ensino Fundamental e para o Ensino Médio, em escolas do campo, nas áreas de Ciências da Natureza e Matemática, e Ciências Agrárias. Em suas duas primeira turmas este curso regular da UFSC conta com o apoio da Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade (Secad), do Ministério da Educação (MEC), via ProCampo, para os alunos (hospedagem, alimentação e deslocamentos entre os locais de trabalho e a UFSC). Isso porque as aulas são realizadas com a metodologia pedagógica de alternância, ou seja, os estudantes cursam algumas disciplinas na Universidade e em alguns períodos retornam aos seus locais de origem.

A criação do curso surgiu da necessidade e da solicitação de movimentos sociais ligados ao campo, para que se pensasse as escolas rurais de maneira diferenciada. As disciplinas oferecidas no curso visam uma formação política do aluno, questionando os modelos do agronegócio que privilegia os grandes latifundiários, a busca por soluções para impedir o alto índice de fechamento dessas escolas rurais, além de disciplinas como física, matemática, biologia e química.

O vestibular para ingresso no curso é diferenciado, pois se busca um perfil específico de aluno para as turmas. A preferência é para professores que já atuem em escolas do campo, porém sem a formação necessária, jovens que vivam em municípios onde o espaço rural seja importante e desejam melhorar os processos educativos em suas regiões, em geral pessoas que tenham real interesse em trabalhar no campo.

Dos 20 alunos que iniciaram na primeira turma da UFSC, apenas nove graduaram-se, mas isso não representa que o curso não seja procurado. Outros dois municípios do Estado de Santa Catarina possuem turmas de Licenciatura em Educação no Campo. A cidade de Canoinhas oferece o curso em parceria com o Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC), e na pequena cidade de Santa Rosa de Lima também há turmas. Ao todo 105 futuros professores serão formados, e para o próximo vestibular serão abertas 60 vagas. A previsão é que o edital seja publicado no final de setembro.

Mais informações:
(48) 3721-2250 ou
E-mail
. 

Andressa Prates/Estagiária de Jornalismo/UFSC

Tags: CEDeducação do campoUFSC