Equipe Robota disputa competição de robôs catadores de lixo em Fortaleza

18/10/2012 17:53

O robô desenvolvido pela Equipe Robota é feito de alumínio, custou cerca de R$ 4 mil e sua construção iniciou em abril deste ano

Cinco integrantes da Equipe Robota do Centro Tecnológico (CTC) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) estão em Fortaleza para participar das competições Brasileira e Latino-Americana de Robótica, nesta quarta-feira, dia 17 de outubro. O grupo construiu um robô programado para identificar e recolher latas de bebidas na areia e descartá-las em uma lixeira. O evento acontece de 17 a 21 de outubro na Universidade de Fortaleza (Unifor), Ceará.

A equipe formada por estudantes de três cursos de graduação – Engenharia de Controle e Automação, Engenharia Eletrônica e Engenharia Mecânica – participará na categoria Open, que propõe em toda edição do evento um novo desafio. Em 2012, a meta é recolher o máximo de latas em um ambiente circular medindo 5,5m de diâmetro e que simula uma praia com a presença de um guarda-sol e um manequim.

A pontuação é calculada somando as latas recolhidas em um tempo determinado. Se o robô derrubar latas durante o transporte, esbarrar no cenário ou sair da arena a equipe perde pontos. A coleta do lixo deve ser feita por meio da programação do robô, sem nenhum controle da equipe durante a prova. Na categoria Open, a UFSC concorre com outras 30 universidades da América Latina, com a participação de instituições do México, Peru, Bolívia, Colômbia, entre outras.

O robô desenvolvido pela Equipe Robota é feito de alumínio, custou cerca de R$ 4 mil e sua construção iniciou em abril deste ano. Ele possui uma câmera que identifica as latas pelo formato e pela cor comparando com uma imagem padrão contida no sistema do robô. O reconhecimento é facilitado já que a organização do evento divulgou que as latas serão pretas e estarão parcialmente enterradas. O projeto Equipe Robota existe desde 2002 e nesse ano foi financiado pela PRAE/PRExt e CNPq.

A UFSC terá outra participante no evento. A Equipe Araranguá Intruders também vai a Fortaleza, e competirá na categoria RoboCup Small-Size, disputada por futebol de robôs. Leia mais: http://noticias.ufsc.br/2012/10/15/equipe-da-ufsc-ararangua-participa-de-competicao-de-futebol-de-robos-em-fortaleza/

O robô é programado para identificar e recolher latas de bebidas na areia e descartá-las em uma lixeira

Mais informações com Guilherme Vianna Raffo pelo e-mail  ou pelo site http://www.cbrobotica.org/index.htm.

Murici Balbinot / Estagiário de Jornalismo na Agecom/UFSC

Fotos: Giuliane Gava/TV UFSC

Tags: competiçãoCTCDASEquipe RobotaFortalezaUFSC