Núcleo de Estudos Literários e Culturais realiza fórum de pesquisa

11/11/2010 08:16

O Núcleo de Estudos Literários e Culturais da UFSC promove nos dias 17 e 18 de novembro seu primeiro fórum de pesquisa. Participarão pesquisadores locais e dois convidados externos: Mario Camara, professor de Teoria Literária na Universidade de Buenos Aires, e Luz Rodríguez, catedrática de Estudos Latino-Americanos na Universiteit Leiden (Holanda), instituição com a qual a UFSC mantém convênio de cooperação.

O encontro será realizado na sala Machado de Assis, no Centro de Comunicação e Expressão da UFSC, nos períodos da manhã e tarde (programação abaixo). A conferência de abertura será proferida pelo professor e crítico literário Raul Antelo, pesquisador do Núcleo de Estudos Literários e Culturais (Nelic).

Ligado ao Departamento de Língua e Literatura Vernáculas, desde 1996 o Núcleo se dedica ao mapeamento da crítica literária e cultural brasileira. Música e Literatura, Teoria da Modernidade e Textualidades Contemporâneas são as linhas de pesquisa. A coordenação é da professora Maria Lúcia de Barros Camargo.

Programação:

Quarta-feira – 17/11

– 8h30min Conferência “Me arquivo”, com o professor Raul Antelo (UFSC)

– 9h15min: “Lecturas excéntricas, atribuciones erróneas: CaetanoVeloso en Londres”, com o profesor Mario Cámara (Univ. Buenos Aires)

– 10h – Os desafios da pesquisa no mestrado

– Mesa 1: Arquivo I – periódico e cultura

Participantes:

– Luiza Ribas – “Dispersos e (por sorte?) inéditos: a poeira e os fantasmas dos arquivos de Ana C. e Caio F.”

– Fernando Petry –“O cão e o frasco, a rosa e a cruz: metodologias de indexação em revista”

– Ibriela Berlanda –“A revista Azougue e o poeta Roberto Piva: Saque & Dádiva”

– 11h – Mesa 2: Arquivo II – poesia e modernidade

Participantes:

– Renata Gonçalves Gomes –“A vida é curta e vira história”

– Artur de Vargas Giorgi – “Pelo imprevisto: dispositivos e singularidade”

– Ana Lúcia Matiello – “Fissuras arcaicas em Os condenados”

– Evandro de Sousa – “O barroco-colonial como mito da origem: o caso Mário de Andrade”

Intervalo – Almoço

– 14h Impasses do doutoramento

– Modernidade e Arquivo I

Participantes:

– Davi Pessoa Carneiro Barbosa – “A escritura de Macedonio Fernández e Elsa Morante: repetir o atraso”

– Alexandre Nodari -“Catão e Platão: a redescoberta moderna da censura”,

– Kelvin F. Klein -“O inventário e a literatura”

– 15h – Modernidade e Arquivo II

– George França –“Cartografias do exílio: Paris, Buenos Aires, New York, Paulo Duarte”

– Larissa Costa da Mata –“Origem e metamorfose em Flávio de Carvalho”

– Flávia Cera –“Sonho e possível: a estética dos 60”

– Marta Scherer – “Escavando e Recordando Olavo Bilac: resgate e aplicação das crônicas publicadas em jornais e revistas da Belle Époque”

Intervalo 15min

16h15min – Modernidade e Arquivo III

– Júlia Studart –“O corpo desobediente e as esferas animadas na literatura de Gonçalo M. Tavares”

– Demétrio Panaroto – “O não-filmado e o infilmável no cinema de Glauber Rocha”

– Jeferson Candido –“Anos críticos. Rumos da crítica cultural sob a ditadura militar em revistas e jornais”

Quinta-feira – 18/11

8h30min – Modernidade e Arquivo IV

– Tiago Hermano Breunig – “Ética e (an)estética em Mário de Andrade”

– Elisa Helena Tonon – “Palavras em trânsito: o engenho e o gesto em Paulo Leminski”

– Laíse Ribas Bastos – “Francisco Alvim: cicatrizes do moderno, poéticas em suspensão”

– 9h30 Conferência “Un país de verdad. La paradoja del espectador en Bizarra, de Rafael Spregelburd”, professora Luz Carranza Rodríguez(Univ. Leiden)

Debatedores: Raul Antelo, Maria Lúcia de Barros Camargo, Mario Cámara, Carlos Eduardo Schmidt Capela, Luz Rodríguez-Carranzae Susana Scramim

Saiba Mais:

Linhas de Pesquisa do Núcleo:

Música e Literatura

Abordagem das relações entre música e literatura na cultura brasileira a partir dos seguintes eixos temáticos: a) análise das articulações entre letras e música b) estudos historiográficos acerca das relações entre produção musical e produção literária c) estudo da produção crítica em torno da música popular

Teoria da Modernidade

O conceito de modernidade e suas implicações com categorias correlatas (subjetividade, poder, representação, história). Problemática da exaustão da modernidade e emergência do debate pós-moderno.

Textualidades contemporâneas

Estudos sobre a produção cultural contemporânea, em suas várias manifestações, buscando a multiplicidade de relações e seu caráter intertextual. Questionar os paradigmas teóricos de interpretação da cultura contemporânea. Mapear e analisar a produção crítica, teórica e criativa no campo da literatura contemporânea (especialmente brasileira) através do estudo de periódicos culturais, buscando refletir sobre os processos de constituição dos novos cânones e valores.