Alunos da UFSC participam de pesquisa inédita sobre os empregadores ideais no país

17/06/2010 19:01

A Universum Global divulgou nesta segunda-feira, dia 14, os resultados da primeira edição do seu estudo sobre as expectativas de carreira e preferências dos estudantes relativamente à imagem das empresas como empregadores no Brasil. Tendo por base mais de 41 mil avaliações de empresas, refletindo opiniões de quase 11.400 estudantes universitários, a Universum apresenta os Empregadores Ideais dos estudantes no Brasil. Baseado na frequência de ser selecionado como empregador ideal, a Universum produz um ranking denominado Universum Top 100. Os rankings refletem o nível da atratividade das empresas no mercado de recrutamento no Brasil e mostra assim a posição e força da marca do empregador. A Petrobras é campeã nacional no país.

Michal Kalinowski, presidente da Universum, comentou sobre os rankings e disse que a força da atratividade da Petrobras como empregador entre todos os grupos de estudantes é um ótimo reconhecimento pela multinacional brasileira. “Ser líder no mercado nem sempre transpõe em ser também empregador ideal. A Petrobras prime também nesta área”, ressaltou. “Uma tendência importante, que reparamos entre todos os top 10 e todos os grupos de estudantes, é a forte presença das empresas brasileiras. Só as internacionais nas áreas de produtos de consumo conseguiram a atenção dos estudantes. Em comparação com os resultados dos outros países, notamos que as multinacionais da área de serviços no âmbito business to business ainda não conseguiram se estabelecer no mercado de talentos do Brasil”, complementou.

Além da Petrobras, os outros vencedores no ranking dos estudantes de gestão e negócios são empresas de produtos de consumo como a Unilever, a Nestlé, a Ambev e a Coca-Cola Company, e as empresas de serviços financeiros, por exemplo, o Itaú Unibanco, o Banco do Brasil e o Banco Bradesco. “A Google ganhou a apreciação dos estudantes em todo o mundo. No Brasil, a sua atratividade é aumentada pelo Orkut, a rede social mais popular no país. Entretanto, é muito bom ver uma empresa nacional numa posição mais alta”, disse Michal Kalinowski.

As empresas brasileiras têm também uma forte representação no ranking dos engenheiros. Estes estudantes gostariam de trabalhar mais nos setores de automóvel, metais, eletricidade/energia e/ou engenharia industrial. “Os engenheiros querem treino profissional no trabalho. Estão em busca de empresas que tenham sucesso no mercado, possuem líderes que apoiarão o seu desenvolvimento e que sejam uma boa referência para a carreira futura. As multinacionais do setor automóvel, Fiat e BMW, encontram-se no top 10 sendo os únicos representantes deste setor, o terceiro preferido pelos engenheiros”, comentou Michal Kalinowski.

Reconhecida como o empregador global ideal em 2009, a Google é, sem surpresa, também a primeira escolha dos estudantes da TI no Brasil. As empresas internacionais de tecnologia de software e hardware dominam o top 10 com representantes como Microsoft, IBM, Intel, Dell, Oracle e HP. “Os estudantes da TI no Brasil preferem empresas de software, consultoria em TI e Internet/comércio eletrônico. Gostariam de trabalhar nas funções de especialistas/programador de TI, analista ou em pesquisa e desenvolvimento. É interessante ver como a estabilidade das empresas no setor financeiro no Brasil durante a crise financeira global assegurou posições do Banco do Brasil, do Itaú Unibanco, do Banco Bradesco, do HSBC e da Itaú S.A.”, afirmou Kalinowski.

Também os estudantes das ciências naturais escolheram a Petrobras como empregador ideal. Um terço das empresas na lista de top 30 opera no setor de produtos de consumo. A Nestlé tem a posição mais alta do grupo, seguida pela Unilever e pela Bunge Alimentos. Entre os estudantes de humanidades, a Google é o empregador ideal e no top 10 encontram-se grandes corporações brasileiras e internacionais de diferentes setores, incluindo marcas famosas como a Coca-Cola Company, Unilever, Nestlé, Microsoft e Adidas.

“Nos rankings dos estudantes destes dois grupos, as empresas nacionais têm uma forte representação. A diferença entre eles e os outros grupos é na importância prestada em nível de responsabilidade social. Com a liderança do Brasil e da Suécia no desenvolvimento global dos processos de ISO 26 000, as grandes empresas no Brasil ficam cada vez mais conscientes da necessidade de desenvolver as suas práticas. Espero que o conhecimento e a esperança dos estudantes vão também aumentar no futuro”, acrescentou Michal Kalinowski.

E concluiu: “Estou muito feliz com esses primeiros resultados no Brasil. Dão uma boa percepção das expectativas dos estudantes e abrem o caminho para comparações futuras. Uma tendência que vemos no Brasil e em outros países é a importância dos padrões éticos – sucesso no mercado e um bom ordenado já não são suficientes para atrair talentos -. As empresas precisam cuidar dos seus colaboradores e tomar responsabilidade que vai além do ganho monetário.”

Os primeiros 10 empregadores ideais escolhidos pelos 11 368 estudantes, por grupo de estudo são:

Negócios: 1. Petrobras, 2. Google, 3. Unilever, 4. Vale, 5. Nestlé, 6. Ambev, 7. Itaú Unibanco, 8. The Coca-Cola Company, 9. Banco do Brasil, 10. Banco Bradesco.

Engenharia: 1. Petrobras, 2. Vale, 3. Google, 4. Construtora Norberto Odebrecht, 5. Embraer, 6. Microsoft, 7. Gerdau, 8. Fiat,9. Eletrobras, 10. BMW.

TI: 1.Google, 2. Microsoft, 3. IBM, 4. Intel, 5. Petrobras, 6. Dell, 7. Oracle, 8. Banco do Brasil, 9. Sony, 10. Hewlett-Packard.

Ciências Naturais: 1. Petrobras, 2. Vale, 3. Bayer, 4. Nestlé, 5.Banco do Brasil, 6. Monsanto, 7. Google, 8. Unilever, 9. Microsoft, 10. Bunge Alimentos.

Humanidades: 1. Google, 2. Editora Abril, 3. Petrobras, 4. Vale, 5.The Coca-Cola Company, 6. Unilever, 7. Nestlé, 8. Banco do Brasil, 9. Microsoft, 10. Adidas.

Para ver a lista completa de Universum Top 100, visite www.universumglobal.com.

Outras informações pelo telefone (48) 3721-8309 ou pelo e-mail

Fonte: Universum – Building Brands to Capture Talent

On Twitter: universum_eb

On Facebook: UniversumGlobal

Phone +46 8 56 20 27 66

Mobile +46 707 661 621

Fax +46 8 5620 2070

E-mail