Chapa 1 e Chapa 3 disputam o segundo turno para a Reitoria da UFSC no dia 3 de dezembro

19/11/2003 22:22

Nildo Ouriques & Alckmar Luiz dos Santos, Lúcio José Botelho & Ariovaldo Bolzan foram os candidatos mais votados no primeiro turno.

As eleições transcorreram num clima de tranqüilidade. As urnas funcionaram até às 21h no campus de Florianópolis e até às 17h nos Colégios Agrícolas de Araquari e Camboriú. Nenhuma das 4 chapas conseguiu atingir mais de 50% dos votos, isto é, somados os índices obtidos em cada segmento não foi alcançado índice superior a 50%, necessários à eleição no primeiro turno. A Chapa 3 obteve 49,74% dos votos e a Chapa 1 obteve 26,89% dos votos.

Os votos válidos na consulta à comunidade universitária são ponderados na proporção de um terço para os docentes, um terço para os técnico-administrativos e um terço para os discentes.

O índice de votação da chapa em cada segmento foi obtido mediante a aplicação da seguinte fórmula: número de votos válidos do segmento na chapa dividido pelo total de eleitores que votaram na consulta vezes um terço.

Poderão votar no segundo turno alunos com mais de 16 anos, da graduação, pós-graduação e dos colégios agrícolas e de aplicação, além de professores e servidores em atividade.

O candidato a reitor pela chapa 1, Nildo Ouriques, é professor de Economia na UFSC. Formou-se na UFSC e doutorou-se na Universidade Nacional Autônoma do México. Como estudante, foi presidente do DCE e membro do Conselho Universitário. Como professor tem atuação no meio sindical e no Fórum Catarinense de Ciência e Tecnologia. Fora do ambiente universitário, já foi Secretário de Administração de Florianópolis e comentarista da BBC de Londres para assuntos da América Latina. Seu vice, Alckmar Luiz dos Santos, formou-se em Engenharia Elétrica na Universidade de Campinas – UNICAMP, com passagem pelo Instituto Tecnológico da Aeronáutica – ITA. Doutorou-se e Pós-doutorou-se em Literatura na Universidade de Paris – França. Está na UFSC desde 1993 e atualmente é Coordenador de Pós-graduação em Literatura, cargo que já ocupou no biênio 95-97. A luta pela autonomia universitária será uma das bandeiras da gestão Nildo e Alckmar. O financiamento público pleno e a liberdade intelectual de gestão são, para os candidatos, alguns dos itens indispensáveis para o exercício desta autonomia.

O candidato a reitor pela chapa 3, Lúcio José Botelho, atual vice-reitor da UFSC, é médico, mestre em Saúde Pública pela UFSC. Leciona nos cursos de Pós-graduação em Saúde Pública da UFSC, sendo um dos responsáveis pelo início do projeto de extensão dos ambulatórios periféricos da UFSC. Participou da pastoral da saúde; foi Diretor do Centro de Ciências da Saúde (CCS); Membro do Conselho das Associações do Grupo de Montevideo; foi Chefe de Serviço de Saúde Pública do Hospital Universitário; Consultor da Organização Panamericana de Saúde e coordenador da Comissão Contra o Uso Abusivo de Drogas. Seu vice é o professor Ariovaldo Bolzan, engenheiro químico, formado pela UFSCar, doutor em Engenharia Química pela COPPE/UFRJ. Bolzan é professor do programa de Pós-graduação em Engenharia Química da UFSC. Na administração atuou como coordenador do Curso de Graduação em Engenharia Química (1988-89), Chefe de Departamento de Engenharia Química e Engenharia de Alimentos (1991-93) e Vice-Diretor do CTC (1993-95). Bolzan é o atual Diretor do Centro Tecnológico – CTC. Os candidatos da chapa 3 ressaltam em sua campanha a importância de manter o padrão que a universidade alcançou, estando entre as cinco melhores do país, e assumem o compromisso de continuar a luta pelo ensino público, gratuito e de qualidade.

Conheça as propostas das duas chapas em seus sites:

Chapa 1 – Nildo/Alkmar

http://sabermudar.ufsc.br/

Chapa 3 – Lúcio/Ariovaldo

http://www.lucioariovaldo.ufsc.br/