Saneamento básico do país é discutido na Capital

04/12/2001 08:41

Trata-se do IV Seminário de Avaliação do Programa de Pesquisas em Saneamento Básico (PROSAB), evento anual que reúne as maiores instituições nacionais de pesquisa para dar o suporte técnico e científico para os projetos de tratamento de esgoto, lixo e demais resíduos, que serão financiados pelo Fundo Nacional de Saúde em 2002.

O evento é uma promoção da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep); Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Caixa Econômica Federal e Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental, que juntamente com as universidades brasileiras estão avaliando os projetos de pesquisas em saneamento básico para o governo federal. Mais de sessenta especialistas estão reunidos desde domingo (02/12) no Hotel Costão do Santinho, na capital, para deliberar até a próxima quarta-feira (05/12), sobre as quatro comissões que compõem o Prosab.

Santa Catarina também será beneficiada com o programa, através da liberação de R$ 2 milhões para a execução de um projeto de tratamento de água e esgoto para o município de Luzerna, oeste do estado, que será desenvolvido no próximo ano.

Mais informações pelos telefones 261-1000, ou 91025094, com Prof. Armando Castilho; ou 99811603 com Prof. Sebastião Roberto Soares.

UFSC abre inscrições para Escola de Verão

03/12/2001 15:32

Estão abertas até o dia 10 de dezembro as inscrições para a Escola de Verão 2002, programa de ensino de matemática do Departamento de Matemática da UFSC. Os cursos oferecidos pela escola estão programados para o período de 07 de janeiro a 01 de março. A inscrição é gratuita e os participantes contam com a possibilidade de solicitar bolsas do CNPq para participarem da escola. Este é a terceira vez que o programa de cursos é oferecido.

A Escola de Verão é constituída por um conjunto de atividades voltadas para a área de Matemática. O objetivo é atender a um público eclético, que compreende desde alunos no final da graduação (estudantes dos cursos de exatas, como Engenharia, Física e principalmente Matemática) até pesquisadores em Matemática. As atividades programadas incluem cursos e minicursos de diferentes níveis (básicos, intermediários e avançados), além de palestras ministradas por pesquisadores em áreas ligadas à Matemática. Este ano serão realizadas nove disciplinas (dois cursos de oito semanas e sete minicursos de duas semanas). Os curso são, em sua maioria, oferecidos por professores de outras universidades.

“Acreditamos que as disciplinas podem ser utililizadas de diversas formas, tanto para preencher possíveis lacunas em sua formação através das disciplinas com conteúdo básico, ora para colocá-los em contato com tópicos modernos e avançados ministrados por especialistas da área”, explica o professor Antônio Carlos G. Leitão. Informações no site www.mtm.ufsc.br/~verao2002,

e-mail ou pelo fone 331 9558.

Cursos oferecidos pela ESCOLA DE VERÃO:

Cursos básicos:

Álgebra Linear, por Misha Dokuchaev (USP).

Introdução à Análise, por Igor Mozolevski (UFSC).

Minicursos intermediários:

Nonsymmetric linear ill-posed problems and error estimates in Banach spaces, por Robert Plato (Univ. Kiel)

Cálculo Variacional, por Antonio Leitão (UFSC).

Minicursos avançados:

Semiconductor Equations: Modelling, Analysis and Inverse Problems, por Peter Markowich (Univ. Vienna)

Computational Methods for Applied Inverse Problems, por Uri Ascher (British Columbia)

Regularization of Ill-Posed Problems and Applications in

Image Processing, por Otmar Scherzer (Univ. Innsbruck)

Métodos Espectrais: Teoria e Aplicações, por Liliane Barichello (UFRGS)

Métodos Numéricos de Alta Resolução, por João Azevedo (CTA)

UFSC recebe Ordem Catarinense do Mérito Judiciário

03/12/2001 10:38

A proposta de concessão do título foi feita pelo Conselho da Ordem Catarinense do Mérito Judiciário do Trabalho. A sessão solene de entrega da medalha acontece dia 11/12, às 17h, no Tribunal Regional do Trabalho, às 17h, na rua Esteves Júnior, 395, Centro de Florianópolis.

UFSC difunde teconologia que agrega valor a produtos lácteos

03/12/2001 10:17

Em sintonia com a busca de soluções para os problemas do leite em Santa Catarina, o Departamento de Ciência e Tecnologia de Alimentos do Centro de Ciências Agrárias da UFSC vem desenvolvendo pesquisas que buscam agregar valor ao produto de origem láctea. Entre estas pesquisas estão as que empregam tecnologias avançadas de filtração com membranas, permitindo o melhor reaproveitamento do soro do leite. Para difundir estas tecnologias em Santa Catarina, será realizado o curso ‘Agregação de Valor a Produtos Lácteos’, programado para os dias 6 e 7 de dezembro.

De acordo com o professor Antônio José Hamad, um dos organizadores, o curso vai ensinar uma tecnologia avançada, que permite a concentração e separação do soro em suas diferentes partes. “A partir da tecnologia pode-se separar proteínas, lactose ou sais, que podem ser reaproveitados em sucos, em produtos energéticos, pães de queijo ou requeijão”, exemplifica o professor.

O equipamento que será empregado no curso foi cedido à UFSC para pesquisas por uma empresa francesa, e tem custo superior a 80 mil dólares. Durante o curso, um dos diretores técnicos da empresa estará em Florianópolis, participando da difusão da tecnologia. O curso contará também com a presença do pesquisador francês Michel Mahaut, do I’INRA (Centro de Ensino Superior de Pesquisa Agronômica de Rennes, França), um dos expoentes mundiais nas pesquisas envolvendo a agregação de valor a produtos lácteos.

Mais informações com professor Antônio José Hamad, no fone 334 4888 ou no 9972 6576

SAIBA MAIS

– Em Santa Catarina, cerca de 70 mil famílias contam com renda proveniente do leite, e entre estas, 90% são formadas por pequenos produtores que produzem, em média, 50 litros por dia.

– Também em Santa Catarina, numa produção de 1,5 milhão de litros de leite ao dia, 40 a 50% são transformados em queijo. Nesta transformação, cada 10 litros de leite geram 1 kg de queijo. Os 9 litros restantes são de soro, em sua maioria ainda não reaproveitados e despejados no meio ambiente.

Natal sem fome para os índios

30/11/2001 17:44

O Museu Universitário da UFSC começa na próxima segunda-feira, dia 03, uma campanha para arrecadar alimentos para os índios Guarani que habitam o litoral catarinense. Os donativos não perecíveis, preferencialmente arroz, feijão, macarrão, farinha, podem ser entregues diariamente no campus universitário. Mais informações pelos telefones 3319325 ou 3319793, com o antropólogo Aldo Littaiff.

Conselho Universitário Transfere Decisão Sobre Vestibular

30/11/2001 14:42

O Conselho Universitário da UFSC deliberou, agora há pouco, transferir para quarta-feira, dia 05 de dezembro, a decisão sobre a manutenção ou o adiamento do concurso vestibular 2002, marcado inicialmente para os dias 16,17 e 18 de dezembro.

A decisão leva em conta a possibilidade do término da greve dos professores no início da próxima semana. Por enquanto, as datas do vestibular da UFSC estão mantidas. Caso a greve persista o concurso deverá ser adiado.

A Coperve está disponibilizando o número (48) 331-9760, para informações exclusivamente aos candidatos.

UFSC convida para celebrações de Natal

29/11/2001 14:51

A UFSC convida a comunidade para as celebrações de Natal que acontecem dia 3 de dezembro, 2ª feira, às 20h, no Museu Universitário, no campus da UFSC. Será inauguração a instalação artística ‘Paz na Terra aos Homens de Boa Vontade’, concebida pelo diretor do museu Gelci Coelho. Este ano Peninha criou um grande globo coberto de bandeiras de cor branca, simbolizando a paz, com a imagem do menino Jesus na parte mais elevada. A proposta é transformar o processo de globalização num instrumento de solidariedade e paz entre as nações. Durante a apresentação acontece também um Auto de Natal, com músicas interpretadas pelo Coral da UFSC e Presépio Vivo, representado por jovens da Oficina de Teatro para adolescentes do Departamento Artístico Cultural da UFSC. Informações 331 9325

Professores lançam livro com relfexões sobre a modernidade

28/11/2001 17:33

Será lançado nesta quinta-feira (29/11), às 19h, no Espaço Lindolf Bell, no Centro Integrado de Cultura (CIC), o livro `Modernidade Crítica e Modernidade Acrítica`. A obra reúne reflexões de nove pensadores brasileiros: Leonardo Avritzer, Myrian Sepúlveda dos Santos, José Maurício Domingues, Caleb Faria Alves, Sergio Costa, Jossé Souza, Franz José Brüseke, Delamar Dutra e Paulo J. Krischke. Os organizadores são os professores Héctor Ricardo Leis, Ilse-Scherer-Warren e Sergio Costa.

A publicação é resultado de um workshop realizado pelos programas de pós-graduação em Sociologia Política e Interdisciplinar em Ciências Humanas, ambos da UFSC. De acordo com os autores, o debate sobre a modernidade foi desenvolvido principalmente por autores dos países centrais, por isso, muitas das questões abordadas até então nem sempre levam em conta aspectos importantes da realidade dos países periféricos. Com a perspectiva da modernidade nestes países, os trabalhos publicados na obra trazem possibilidades de reflexão sobre os temas da modernidade. Informações 331 9405

Lançamento: Modernidade Crítica e Modernidade Acrítica

No Espaço Lindolf Bell, Centro Integrado de Cultura, às 19h.

Engenharia de Produção edita revista on-line

28/11/2001 17:29

O Laboratório de Sistemas de Apoio à Decisão (Labsad), do Departamento de Engenharia de Produção e Sistemas da UFSC, está editando a primeira revista eletrônica de Engenharia de Produção do país. A revista pode ser acessada em www.producaoonline.inf.br

A publicação está sendo patrocinada pela Associação Brasileira de Engenharia de Produção (Abepro) e tem como editor o professor do Centro Tecnológico da UFSC, João Ernesto Castro. Para submeter um artigo deve-se encaminhara cópia completa para o endereço A edição número 1 tem os trabalhos premiados no Enegep 2001.

Colóquio de poesias na UFSC

28/11/2001 14:40

O Núcleo de Estudos Literários e Culturais da UFSC está com inscrições abertas para o Colóquio de Poesias, programado para o período de 11 a 14 de dezembro, no Centro de Comunicação e Expressão da Universidade.

O evento é produzido em conjunto com o curso de Pós-Graduação em Literatura, com o objetivo de discutir os temas atuais do trabalho poético com poetas, críticos e editores do setor literário. Já está confirmada a presença de professores e especialistas nacionais e internacionais, que irão debater as tarefas dos tradutores, a experiência de poesia, entre outros assuntos.

Mais informações com a professora Maria Lúcia de Barros Camargo, pelos telefones 3316602 e 3319582.

Movimentos de resistência global em debate

28/11/2001 14:31

Acontece nesta quarta-feira, a partir das 9h, no Hall e Auditório do CFH/UFSC, um debate sobre os movimentos de resistência global ao capitalismo e por um outro mundo possível. A promoção é do Núcleo de Estudos da Infância e Juventude (ATTAC), do Programa de Pós-Graduação em Sociologia Política e do Departamento de Sociologia e Ciência Política da UFSC. O objetivo do encontro é debater com ativistas destes movimentos os princípios, ações, perspectivas, questões comuns e divergências do mesmo campo da luta política anti-capitalista.

Segundo os organizadores, as recentes contestações internacionais de jovens de todo o mundo revelam a recusa à globalização excludente como uma fatalidade. Elas aproximam todos aqueles que negam-se à resignação, à submissão. Desde as montanhas de Chiapas, às manifestações de rua em Seattle, milhares de vozes em Washington, Praga, Davos, Nice, Londres, São Paulo, Buenos Aires, Porto Alegre, acompanham o grito de Já Basta!

“O desmantelamento da esfera financeira exige uma taxação de rendimentos do capital e das transações especulativas sobre os mercados de câmbios (tributo Tobin) …No Brasil, o Attac combate a formação da ALCA… está comprometido com a luta contra as formas de propriedade intelectual, impostas ao Brasil e aos demais países dependentes… engajado na realização do Fórum Social Mundial.. deseja produzir informação, provocar reflexões, organizar debates… e constituir um movimento popular de educação voltado para a ação cidadã…”, diz o documento do ATTAC. Por isso as pessoas querem se reunir, para que a resistência seja tão global quanto o capital.

Programação:

– A partir das 9 horas – Mostra de fotos e vídeos de Dias de Ação Global e da Teleconferência Porto Alegre/Davos.

– 19 horas, Debate com: Pablo Ortelado – Ação Local por Justiça Global / Centro de Mídia Independente / AGP- São Paulo, Antonio Martins- Coordenador do ATTAC-S. Paulo e Representante junto ao Comitê Organizador do II Fórum Social Mundial – Porto Alegre 2002, e Raul Burgos- Cientista Político – Univali

Fortalezas Multimídia expõe fotos das fortificações

28/11/2001 14:13

Fotos tiradas entre 1999 e 2001 pelos fotógrafos do Projeto Fortalezas Multimídia Alberto Luiz Barckert e Ademilde Silveira Sartori estarão sendo expostas, entre os dias 20 de novembro e 31 de dezembro, no hall da Reitoria da UFSC.

São fotos coloridas, tamanho 25cmX30cm, das fortificações da Ilha de Santa Catarina – monumentos históricos do século XVIII -, integrantes do acervo do Projeto Fortalezas Multimídia. Paralelamente à exposição, o Departamento de Apoio à Extensão (DAEx/UFSC) estará expondo as maquetes das Fortalezas da Ilha de Santa Catarina e o Projeto Fortalezas Multimídia demonstrando o CD-ROM.

Mais informações através do site www.fortalezasmultimidia.com.br ou do telefone (48) 331-5118.

UFSC lança ao mar nesta quarta aparelho para medir ondas

27/11/2001 14:13

Pesquisadores do Laboratório de Hidráulica Marítima (Lahimar), da UFSC, lançam nesta quarta-feira, dia 28, ao largo da ilha, um ondógrafo direcional, equipamento utilizado para medir as ondas do mar. Eles embarcam no navio do Ibama que zarpa amanhã, bem cedinho, do cais do Cep-Sul, no porto de Itajaí, com destino ao sul da ilha, onde o equipamento vai ser instalado, há 80 metros de profundidade, cerca de 30 km ao largo da praia da Armação. O projeto, financiado pelo CNPq e Funcitec, vai beneficiar gente que tira do mar o próprio sustento. Pescadores e pessoas envolvidas em atividades esportivas, de trabalho ou lazer nas águas salgadas, como surfistas, vão ter acesso a informações precisas sobre o estado do mar.

O ondógrafo direcional serve para medir as ondas, permitindo aos estudiosos calcular e tornar de domínio popular informações como a altura, a direção das ondas e o período de maior energia das mesmas. Torna possível, também, identificar a presença de mais de um campo de onda, o que é chamado de “mar cruzado”.

É a primeira vez no Brasil que este tipo de serviço vai ser oferecido a toda a comunidade, sem qualquer custo, durante 24 horas todos os dias, como explica o professor Elói Melo, supervisor do Lahimar. Há sete anos na UFSC, o pesquisador, PhD em Ciências Oceânicas Aplicadas, veio transferido da UFRJ, do Programa de Engenharia Oceânica da Coppe. Ele prevê que, dentro de um mês, vai estar disponível uma página na Internet, com informações, em tempo real, das condições do mar. Isso significa poder informar o que está ocorrendo em toda a costa sul e sudeste, com previsões que cobrem um período de tempo de até 72 horas.

Serviço comunitário

Nos próximos dias os pesquisadores pretendem conversar com as associações comunitárias de pescadores para ver o melhor modo de lhes oferecer o serviço. “Para quem não dispõe de Internet, a idéia é dar informações via rádio ou através de telefone, com mensagens gravadas. Queremos divulgar as informações de todas as formas possíveis, para cumprir a missão pública do projeto”, diz Elói.

José Henrique Alves, da equipe do Lahimar e PhD em Oceanografia Física, esclarece que o grupo envolvido nesse projeto, chamado de Programa de Informação Costeira (PIC), espera contar com a ajuda de quem usa o mar para manter o equipamento nas condições adequadas. Há, por parte dos pesquisadores, preocupação com eventuais atos de vandalismo ou ações prejudiciais ao ondógrafo. Atracar um barco nele, por exemplo, pode destruir o aparelho, avaliado em cerca de 40 mil dólares, e que a UFSC conseguiu por conta de um convênio com a Petrobrás, em 1996. “A gente vê aquela bolinha de aço e não imagina que é um computador flutuante, um instrumento de grande sofisticação tecnológica”, comenta o professor Elói. “Vamos depender de quem usa o mar para nos ajudar a mantê-lo preservado no mar. Qualquer pancada pode tornar imprestável o ondógrafo”, avisa.

A esfera de aço vai ficar flutuando no mar, presa por um sistema de cabos, permitindo medir o balanço do mar (as ondas). O ondógrafo direcional permite calcular mais de um campo de onda. Ele é dotado de censores eletrônicos,que medem a elevação e o deslocamento da superfície do mar. Um sistema de rádio registra os dados e, para garantir a chegada deles ao Lahimar, está está sendo instalada uma estação receptora,no Laboratório de Peixes de Água Doce, Biologia e Cultivo de Peixes (Lapad/UFSC), situado na Lagoa do Peri.

“O ondógrafo mede o tamanho das ondas, através do balanço que as mesmas provocam nele. Com isso, nós podemos analisar a informação básica e calcular, através de programas de computador, medições precisas de parâmetros oceanográficos”, explica José Henrique. A proposta é de, numa segunda etapa do projeto, também realizar a medição de águas rasas, o que vai permitir conhecer informações sobre o estado do mar ao largo da costa e não só em águas profundas.

Assumir vocação

O Lahimar atua no campo de uso e proteção de ambientes costeiros, e trabalha com hidráulica marítima, uma área da oceanografia física que estuda os processos físicos da água do mar. A expectativa da equipe é de que a UFSC possa assumir decididamente a sua vocação marítima. “Estamos imersos no ambiente costeiro, não temos como fugir dessa realidade”, diz Felipe Pimenta, mestre em Oceanografia Física e outro integrante do projeto.O grupo de estudiosos espera mais apoio institucional e da comunidade local para consolidar uma grande área de estudos oceanográficos.

“O projeto é apenas mais um passo na direção de realizar a vocação que a UFSC tem, naturalmente, para estudos do mar e ambientes costeiros,” diz o professor Elói Melo. “A região é um laboratório natural e um meio de vida de muita gente. Todo investimento em produção de conhecimento científico e técnico pode ser convertido para beneficiar a comunidade”, complementa José Henrique.

(Por Raquel Moysés)

Informações com os pesquisadores Elói Melo (331-9992) e José Henrique Alves (9115-5370)

Adiada reunião do Conselho Universitário

26/11/2001 16:59

A Administração da Universidade Federal de Santa Catarina, através do comunicado abaixo, informa que fica transferida para sexta-feira, dia 30, a reunião do Cun – Conselho Universitário – marcada para discutir a hipótese de adiamento do Vestibular 2002.

Considerando a expectativa de fatos decisivos para o movimento de paralisação docente, no dia de amanhã, 27/11 em Brasília, com repercussão para as IFES, fica transferida para 30/11, no mesmo horário, a reunião extraordinária do Conselho Universitário, para discussão do Concurso Vestibular.

A pauta da reunião incluirá também a discussão dos temas “GED” e “Autonomia” em atenção ao solicitado pelo Comando Local de Greve dos docentes, em reunião com o Magnífico Reitor na última sexta-feira.

Professor Rodolfo Joaquim Pinto da Luz

Presidente do Conselho Universitário

Reitor da UFSC”

Abertas inscrições para Centro de Educação Infantil na UFSC

26/11/2001 16:41

Estão abertas as matrículas para o Centro de Educação Infantil Flor do Campus. A escola, que funciona na UFSC e é aberta à comunidade em geral, atende crianças de 4 meses até 6 anos. Os documentos necessários para inscrição são a certidão de nascimento e cartão de vacinação da criança. A taxa de matrícula é de R$ 50,00, mais uma mensalidade de R$ 160,00.

O Flor do Campus funcionada dentro da Universidade, sendo administrada por uma associação de pais. São cerca de 20 pais envolvidos nas comissões administrativa, de divulgação e de materiais. Atualmente são atendidas 141 crianças, mas há a disponibildiade de atender 165 alunos. O projeto pedagógico está baseado no sócio-interacionismo. Informações pelos telefones 3319376.

Integrantes do `SÁBADO NO CAMPUS` ganham 3 medalhas de ouro

23/11/2001 14:00

O projeto de extensão Sábado no Campus: Esportes Adaptados, desenvolvido pelo Centro de Desportos da UFSC, voltou da Copa Brasil de Natação e Atletismo , realizada no Rio de janeiro de 16 a 18 deste mês, com três medalhas de ouro e uma de prata. Paulo Roberto Homem, que competiu na natação na modalidade B3 (atleta com 20% de visão), ficou com a medalha de ouro nos 50 metros costa, além de prata nos 50 metros livre. Jairo da Silva ficou com ouro nos 50 metros costa, na modalidade B2 (para deficientes com 5% da visão). No Atletismo, arremesso de peso, Luis Carlos Cristoforine ficou com a medalha de ouro, com a marca de 8,18m. No início do ano, Cristoforine bateu o record Brasileiro, alcançando 8,49m no arremesso. Com esta marca, o atleta está a 30cm de ir para o Mundial na França, em 2002, que exige índice de 8,79m.

Socialização e Qualidade de Vida

Proporcionar a socialização e a melhoria da qualidade de vida através do esporte é um dos principais objetivos do projeto Sábado no Campus, desenvolvido desde 1997 pelo Departamento de Educação Física, através do Núcleo de Atendimento Desportivo a Pessoa Portadora de Deficiência do Centro de Desportos da UFSC. O projeto desenvolve práticas desportivas com pessoas portadoras de deficiência física, mental, visual, auditiva e múltipla. Para o próximo há a expectativa de incluir o handebol, voleibol e o remo adaptado. “O projeto atende o compromisso da Universidade Pública com o cidadão, buscando resgatar a dignidade e a auto-estima de pessoas que normalmente são marginalizadas pela sociedade” , destaca o professor Luciano Lazzaris Fernandes, coordenador do projeto. Segundo ele, outro objetivo do projeto é oportunizar aos professores e acadêmicos do Curso de Educação Física da UFSC o desenvolvimento de pesquisas e procedimentos didáticos/pedagógicos para o ensino e treinamento dos esportes adaptados. Mais informações com professor Luciano Lazzaris, fone 331-9462 – R 20 ou pelo Email:

Reitores fazem proposta para encerrar greve dos professores

23/11/2001 10:44

A Andifes – Associação dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior – apresentou nesta quinta-feira, 22, ao Sindicato Nacional dos Professores, uma proposta alternativa para suspender o impasse e pôr fim à greve, que ultrapassa os três meses de duração.

Pela sugestão dos Reitores, o reajuste seria concedido com base na titulação dos docentes. O doutorado, por exemplo, representaria 72% sobre o salário; um mestrado, 36% e a especialização acrescentaria 18%. Além disso, a atual GID, gratificação paga aos professores de 1º e 2º graus, seria equiparada à GED, paga aos professores de ensino superior. Os aposentados receberiam 60% da gratificação.

A proposta será agora analisada pelas assembléias de professores em cada Universidade. Se for aprovada, será encaminhada ao Congresso, para ser incluída no orçamento de 2002.

Na UFSC, a assembléia acontece na segunda-feira.

UFSC promove curso sobre Lei de Responsabilidade Fiscal

22/11/2001 14:58

A Universidade Federal de Santa Catarina está oferecendo cursos de controle de custos para pequenos municípios, objetivando adequar as contas públicas à nova lei de responsabilidade fiscal. O tema é dirigido tanto para gestores públicos, tais como prefeitos, secretários, vereadores, como para economistas, contabilistas, advogados, entre outros profissionais interessados no assunto.

As aulas serão ministradas por Flávio da Cruz, professor da área de Finanças Públicas da UFSC e autor do livro “ Auditoria Governamental”; e pelo contabilista Orion Platt. Os encontros serão nos dias 28 e 29 de novembro, no período das 9 às 17 horas. As inscrições podem ser feitas na Fundação de Estudos e Pesquisas Sócio-Econômicas da UFSC. São 38 vagas disponíveis,ao custo de R$ 200,00 por participante.

O curso também pode ser ofertado para turmas fechadas em municípios, bem como através do ensino à distância pela internet. A promoção é do Núcleo dos Indicadores Contábeis Brasileiros, vinculado ao Departamento de Ciências Contábeis da Universidade, em parceria com os Conselhos Regionais de Contabilidade e de Administração de Santa Catarina. Mais informações pelo telefone 234.3407 ou no site www.fepese.ufsc.br/nicb.

UFSC difunde tecnologia para produtos lácteos

22/11/2001 14:23

Em sintonia com a busca de soluções para os problemas do leite em Santa Catarina, o Departamento de Ciência e Tecnologia de Alimentos do Centro de Ciências Agrárias da UFSC vem desenvolvendo pesquisas que buscam agregar valor ao produto de origem láctea. Entre estas pesquisas estão as que empregam tecnologias avançadas de filtração com membranas, permitindo o melhor reaproveitamento do soro do leite. Para difundir estas tecnologias em Santa Catarina, será realizado o curso ‘Agregação de Valor a Produtos Lácteos’, programado para os dias 6 e 7 de dezembro.

De acordo com o professor Antônio José Hamad, um dos organizadores, o curso vai ensinar uma tecnologia avançada, que permite a concentração e separação do soro em suas diferentes partes. “A partir da tecnologia pode-se separar proteínas, lactose ou sais, que podem ser reaproveitados em sucos, em produtos energéticos, pães de queijo ou requeijão”, exemplifica o professor.

O equipamento que será empregado no curso foi cedido à UFSC para pesquisas por uma empresa francesa, e tem custo superior a 80 mil dólares. Durante o curso, um dos diretores técnicos da empresa estará em Florianópolis, participando da difusão da tecnologia. O curso contará também com a presença do pesquisador francês Michel Mahaut, do I’INRA (Centro de Ensino Superior de Pesquisa Agronômica de Rennes, França), um dos expoentes mundiais nas pesquisas envolvendo a agregação de valor a produtos lácteos. Mais informações com professor Antônio José Hamad, no fone 334 4888 ou no 9972 6576.

SAIBA MAIS

– Em Santa Catarina, cerca de 70 mil famílias contam com renda proveniente do leite, e entre estas, 90% são formadas por pequenos produtores que produzem, em média, 50 litros por dia.

– Também em Santa Catarina, numa produção de 1,5 milhão de litros de leite ao dia, 40 a 50% são transformados em queijo. Nesta transformação, cada 10 litros de leite geram 1 kg de queijo. Os 9 litros restantes são de soro, em sua maioria ainda não reaproveitados e despejados no meio ambiente.

UFSC oferece curso de Negociação Internacional

21/11/2001 16:08

Com o objetivo de aprofundar os conhecimentos sobre negociações internacionais no âmbito jurídico, econômico e administrativo, o curso de Pós-Graduação em Direito e Negócios Internacionais da UFSC promove nos dias 22 e 23 deste mês, um curso de Negociação Internacional, com o professor Roger Volkema, da American University (EUA).

O evento é dirigido para estudantes e profissionais de Direito, Administração, Economia e Relações Internacionais que desejam buscar fundamentos na análise de casos e contratos internacionais.

O curso será ministrado na Junta Comercial de Florianópolis, dia 23 das 19 às 21h30min e no dia 24 das 9 às 11h30min. As inscrições podem ser feitas na Fundação José Boiteux, nos valores de R$ 25,00 para estudantes da UFSC; R$ 35,00 para estudantes de outras instituições; e R$ 55,00 para profissionais.

Informações pelos telefones 2343211 ou no site do Instituto de Relações Internacionais da UFSC, no endereço eletrônico www.iribr.com.

Fórum Catarinense de Ciência será lançado nesta sexta-feira

21/11/2001 15:59

Com apoio de pesquisadores da UFSC, entre outras universidades de Santa Catarina, será lançado nesta sexta-feira (23/11, às 14h30min, na Assembléia Legislativa de Santa Catarina, o Fórum Catarinense de Ciência e Tecnologia. O fórum pretende ser um instrumento para discutição e formulação de propostas de políticas nacionais e estaduais de Ciência e Tecnologia. O objetivo é que esta instância represente a opinião daqueles que atuam como agentes diretos da pesquisa e da inovação, das associações científicas e tecnológicas, dos centros de pesquisa, empresas e outros órgãos que possam colaborar para a discussão. O fórum se propõe também a alcançar um melhor funcionamento da Fundação de Ciência e Tecnologia de Santa Catarina (Funcitec). Mais informações pelo 234 2844.

Colégio de Aplicação abre inscrições

19/11/2001 15:04

Iniciam nesta segunda-feira (19/11) e prosseguem até quinta-feira (22/11) inscrições para ingresso de novos alunos na 1a série do ensino fundamental do Colégio de Aplicação da UFSC. Interessados devem procurar a secretaria do colégio no horário das 8h às 11h e das 14h às 17h. O sorteio será realizado dia 27/11, no pátio da escola.

São necessários para a realizar a inscrição fotocópia da certidão de nascimento e pagamento da taxa de inscrição no valor de R$ 5,00. É condição primordial para a inscrição que o candidato tenha nascido de 1994 até 31/07/1995. Para as demais séries do ensino fundamental e médio, caso sobrem vagas, será estabelecido edital complementar ao final do calendário escolar de 2001. Mais informações no telefone 331-9561 ou 331-9525.

Abertas inscrições para curso na área de laticínios

19/11/2001 15:02

Estão abertas na UFSC as inscrições para o curso de atualização tecnológica Agregação de Valor a Produtos Lácteos, que acontece nos dias 6 e 7 de dezembro. O objetivo é difundir técnicas de filtração com membranas que visam melhorar o rendimento e agregar valor a produtos lácteos. O público alvo é constituído por profissionais da área de laticínios e estudantes da área de alimentos. Entre os ministrantes está o professor francês Michel Mahaut. O curso será realizado no auditório Hélcio João Moreira da Silveira e na Usina de Produtos Lácteos do Departamento de Ciência e Tecnologia de Alimentos, do Centro de Ciências Agrárias da UFSC. A promoção é da secretaria regional da Sociedade Brasileira de Ciência e Tecnologia de Alimentos e do Departamento de Ciência e Tecnologia de Alimentos da UFSC. Informações 334 4888 ou

UFSC recebe antropólogo do Museu Nacional da UFRJ

12/11/2001 10:48

O Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social da UFSC promove nesta sexta-feira, às 15h, no auditório do CCE (prédio novo), uma palestra com o antropólogo Gilberto Velho, professor titular de Antropologia do Museu Nacional do Rio de Janeiro. O professor é fundador da antropologia urbana no Brasil, um dos campos mais importantes de estudos no país. Quando se pensa em uma escola de antropologia brasileira, seu nome aparece de modo incontestável, inspirando pesquisas que resultam em etnografias ousadas, que revelam um Brasil heterogêneo. Entre os livros publicados pelo antropólogo estão `A Utopia Urbaba`, que trata do bairro Copacabana; `Nobres Anjos`, sobre grupos de usuários de drogas e `Mediação e Cultura Política`, uma obra teórica que aponta a necessidade de que os estudiosos deixem de pensar somente extremos da cultura brasileira, (como ricos e pobres, zona sul e zona norte), voltando o enfoque para os agentes sociais que transitam entre os pólos. Informações 331 9714.

UFSC abre inscrições para Colóquio de Poesias

05/11/2001 15:51

Estão abertas na UFSC as inscrições para o colóquio ‘Poesia: Passagens e Impasses’, que acontecerá de 11 a 14 de dezembro. Entre os temas a serem debatidos estão as tarefas dos tradutores, a experiência de poesia, fantasmas do modernismo na poesia contemporânea e periódica poesia. Interessados em apresentar comunicações para 20 minutos de apresentação, devem enviar resumos até o dia 9 de novembro para o Núcleo de Estudos Literários e Culturais da UFSC. A promoção do evento é do Núcleo, com apoio do programa de Pós-Graduação em Literatura da UFSC e CAPES. Informações 331 6602 ou www.cce.ufsc.br/~nelic