Egressos da UFSC arrecadam recursos para documentário sobre espécie de tubarão

13/01/2017 08:35

_MG_1925Dois ex-alunos da UFSC estão produzindo um filme sobre o Tubarão Mangona (Carcharias taurus), que está desaparecido do Brasil. Edson Faria Junior e Renato Morais Araújo cursaram graduação em Ciências Biológicas e mestrado em Ecologia. O documentário contará a história da espécie nas águas brasileiras, por meio de entrevistas com pescadores, mergulhadores e pesquisadores. Ambientes em que a espécie ainda pode ser avistada e estratégias para sua manutenção também serão foco da produção.

De acordo com o diretor, Edson Faria – que trabalhou como cinegrafista para a Globo e a British Broadcasting Corporation (BBC) –, foi criada uma ação no site Catarse com o objetivo de arrecadar fundos para conclusão do trabalho. Há uma parceria com o professor do Departamento de Ecologia e Zoologia (ECZ) do Centro de Ciências Biológicas (CCB), Renato Hajenius, que atua como consultor. “A ideia é que, com o desenrolar do projeto, consigamos absorver mais parceiros, muitos deles alunos da UFSC”, afirma Edson.

Confira o vídeo sobre o documentário no youtube.

 

UFSC e MS desenvolvem pesquisa sobre resistência da bactéria da gonorreia a medicamentos

12/01/2017 16:47

Os índices de resistência da gonorreia a certos medicamentos preocupam o mundo. Recentemente, a Organização Mundial da Saúde (OMS) deixou de considerar a ciprofloxacina uma opção viável para o tratamento dessa infecção sexualmente transmissível (IST). Um estudo inédito coordenado pelo Departamento das IST, do HIV/Aids e das Hepatites Virais (DIAHV), vinculado à Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, em parceria com o Laboratório de Biologia Molecular e Microbactérias da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), revelou altas taxas de resistência aos antimicrobianos em todas as regiões do país. O estudo nacional de vigilância da resistência das cepas de gonorreia circulantes no Brasil foi desenvolvido entre 2015 e 2016.

Os resultados corroboram a atual recomendação terapêutica da OMS, lançada em 2016, de substituir a ciprofloxacina pela ceftriaxona ou cefixima, na terapia dupla, com azitromicina, como opção de tratamento para infecções gonocócicas. Ainda, segundo a OMS, um agente antimicrobiano não deve ser usado quando, em estudos de vigilância in vitro, mais de 5% das culturas gonocócicas demonstrarem resistência a esse antimicrobiano em questão.
(more…)

Evite o ‘Aedes aegypti’: UFSC intensifica campanha durante verão

12/01/2017 14:36

Para evitar focos do mosquito Aedes aegypti na UFSC durante o verão, quando aumenta a probabilidade de desenvolvimento do mosquito,  a Universidade relança a “Campanha de prevenção e controle da dengue nos campi da UFSC”. O Aedes aegypti também é o transmissor dos vírus causadores da febre Chikungunya e da febre Zika o que reforça a necessidade de medidas preventivas. A melhor forma de erradicar a doença é eliminando a água parada limpa ou suja, são nesses locais que as larvas do mosquito desenvolvem-se. campanha-aedes_redes_sociais-04

Caso você encontre algum local na UFSC propício ao desenvolvimento do mosquito, informe pelo e-mail:   Para locais externos à UFSC comunicar pelo e-mail , no município de Florianópolis a ocorrência deve ser comunicada também a ouvidoria municipal pelos telefones: (48) 3239-1537 ou 3239-1569.

Medidas preventivas podem ser acessadas nos no site da Fundação Oswaldo Cruz e no site da Vigilância Sanitária de Santa Catarina.

Mais informações sobre a campanha, a doença, medidas de prevenção e o plano de ação da Universidade no combate à doença podem ser consultadas no Plano de Prevenção e Controle da Dengue.

O cartazes da campanha estão disponíveis na página da Coordenadoria de Gestão Ambiental.

Ônibus elétrico: UFSC adota tecnologia do futuro em sua rotina acadêmica

12/01/2017 11:32

A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), a Eletra – empresa brasileira especializada em tração elétrica –, a Marcopolo, a WEG e a Mercedes-Benz estão juntas no Projeto de Energia Fotovoltaica, que conta com o primeiro ônibus elétrico brasileiro a ter recargas em uma estação de energia solar. O veículo ficou pronto em 2016 e circula desde o início de dezembro entre o campus de Florianópolis (Trindade) e o Centro Integrado de Pesquisa em Energia Solar, no Sapiens Parque (Cachoeira do Bom Jesus), trajeto de 50 quilômetros, ida e volta.

onibus eletrico

Foto: Jair Quint/Agecom/UFSC

O veículo fará o percurso quatro vezes ao dia, em horários regulares programados conforme as aulas, para a comunidade universitária (alunos e servidores), sem cobrança de tarifa. Além de facilitar o transporte de estudantes e pesquisadores, o ônibus otimiza a utilização do tempo, pois oferece a possibilidade de ser ambiente de trabalho. “O conceito do projeto não é apenas resolver nossa questão, é mostrar a possibilidade de utilização de fonte não poluente de energia, para então ser produzido em escala”, explica Ricardo Rüther, professor do Departamento de Engenharia Civil da UFSC e coordenador do projeto.

A energia para abastecer o veículo é o excedente da quantidade produzida pela cobertura de células fotovoltaicas do próprio Centro Integrado de Pesquisa em Energia Solar. O consumo é de 2,4 kW/h por quilômetro, equivalente a 60 kW por percurso entre o campus e o Sapiens. Os recursos para o projeto são do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI).
(more…)

Laboratório de Moluscos Marinhos comercializa sementes de vieiras excedentes

12/01/2017 10:24

O Laboratório de Moluscos Marinhos (LMM) que integra o Departamento de Aquicultura do Centro de Ciências Agrárias (CCA/UFSC) comunica a disponibilidade de pré-sementes de vieiras excedentes. Em atendimento a Portaria Normativa No 68/2016/GR, de 23 de fevereiro, que regulamenta essa atividade no âmbito da UFSC, torna pública, então, a oferta para comercialização do excedente que não foram aproveitados pelas unidades universitárias.

Está disponível para venda um lote de 130 mil pré-sementes de vieras ao valor de R$ 35,00 cada milheiro. O valor do milheiro é baseado no histórico de custos do Laboratório de Moluscos Marinhos e no preço praticado por laboratório privado no Rio de Janeiro.

As sementes foram produzidas pela unidade de pesquisa, extensão e ensino, situada na Estação de Maricultura Prof. Elpídio Beltrame, na Servidão dos Coroas, 503, Barra da Lagoa, Florianópolis.

Interessados devem entrar em contato com Claudio Blacher pelos telefones (48) 3721-2709 ou 9 9972-2791, ou pelos e-mails ou

O pagamento deve ser efetuado por meio de Guia de Recolhimento da União (GRU). As entregas dos produtos deverão ser agendadas com antecedência para que possa ser providenciada a Guia de Transporte Animal (GTA). O transporte só acontecerá com a apresentação de comprovante de pagamento.

 

Os 10 primeiros classificados do Vestibular da UFSC foram o ponto alto da cerimônia oficial

10/01/2017 12:23

Um dos dias mais esperados pelos novos calouros da UFSC, começou cedo, por volta das 9h, no auditório da Reitoria da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), no Campus Florianópolis, bairro Trindade. As portas se abriram e os sorrisos tomaram conta. Em seguida iniciou-se a cerimônia oficial de divulgação do Vestibular UFSC 2017, onde anunciaram o nome dos dez primeiros colocados gerais.

DSC_5303

Cerimônia oficial de divulgação do resultado do Vestibular 2017. Foto: Ítalo Padilha/Agecom/UFSC

Ao todo foram 33.789 inscritos, sendo 20.064 na classificação geral, 12.740 optantes pelas Políticas de Ações Afirmativas (PAA) e 985 candidatos por experiência. Houve 5.363 solicitações de isenção da taxa de inscrição sendo concedidas somente 3.850. Ao todo, a UFSC oferece 101 cursos/turnos distribuídos nos cinco campi – Florianópolis, Araranguá, Blumenau, Curitibanos e Joinville. Foram oferecidas 4.593 vagas (70%) pela prova do vestibular e 1.935 (30%) pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu).

A presidente da Comissão Permanente do Vestibular (Coperve), Maria Luiza Ferraro, iniciou o discurso anunciando que tudo ocorreu dentro do planejado e ressaltando que a realização do Vestibular foi fruto do envolvimento de um grande número de pessoas, entre elas: elaboradores, avaliadores, fiscais, seguranças, carregadores de malotes. “Contamos com 4.200 pessoas e agradeço a disponibilidade de atuarem em prol do vestibular. Agradeço à equipe da Coperve, composta por 16 pessoas que atuam o ano todo para o sucesso do concurso. Parabenizo os aprovados. Aqueles que não conseguiram neste ano, não desistam dos seus sonhos. Continuem que a hora chega.”
(more…)

Obra da EdUFSC mostra SC como um laboratório natural para a pesquisa científica

05/01/2017 13:20

unnamedAlgas, plantas marinhas, esponjas, cnidários, briozoários, ctenóforos, poliquetas, moluscos, crustáceos, equinodermos, tunicados, peixes, aves marinhas, mamíferos e tartarugas. A lista pode ser de tirar o fôlego, mas funciona como uma ferramenta perfeita para a identificação de 436 espécies de algas, plantas, invertebrados, peixes, aves, tartarugas e mamíferos marinhos. Trata-se de A Vida Marinha de Santa Catarina, livro organizado pelo professor Alberto Lindner, do Departamento de Zoologia da UFSC, agora em sua segunda edição revisada.

Com apoio e colaboração de diversas instituições locais, nacionais e internacionais, os 75 autores catalogaram 436 espécies que povoam os 400 quilômetros da costa catarinense. Todo colorido e abrindo cada capítulo com uma foto de página inteira, o livro disponibiliza, em forma de mosaico, 491 imagens legendadas.

Além da introdução, a obra é enriquecida por dois artigos de caráter científico e pedagógico: “O Mergulho em Santa Catarina” e “O Mar como Sala de Aula”, igualmente ilustrados com fotos. Inclui ainda um índice remissivo e a lista dos autores e suas respectivas entidades ou instituições.  Para Alberto Lindner “Esse conjunto de espécies com diferentes padrões de distribuição faz de SC um laboratório natural para a pesquisa científica, bem como uma região privilegiada para contemplação da vida marinha”.
(more…)

Semana Nacional de Ciência e Tecnologia define o tema para 2017

03/01/2017 11:30

14ª-SNCT“A Matemática está em tudo” foi escolhido como o tema da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT) 2017, que será realizada de 23 a 29 de outubro em todo o país. A escolha baseia-se no fato de que dois dos maiores eventos com este tema ocorrerão no Brasil nos próximos anos. Juntos, eles formam o Biênio da Matemática 2017-2018 e reforçam a SNCT 2017.

Em 2017, o país vai sediar, pela primeira vez, a Olimpíada Internacional de Matemática, uma competição que reúne os melhores estudantes do mundo. No ano seguinte, é a vez de o Congresso Internacional de Matemáticos trazer ao Brasil pesquisadores de alto nível, também pela primeira vez no país.

A pesquisa matemática no Brasil teve o seu primeiro grande impulso com o matemático maranhense Joaquim Gomes de Souza; por isso, a SNCT de 2017 vai homenageá-lo. Atualmente o país tem uma grande instituição de referência internacional, o Instituto de Matemática Pura e Aplicada (IMPA) no Rio de Janeiro, com um papel de vanguarda no Brasil e na América Latina, tanto pela excelência da sua pesquisa, como pelo seu papel na formação de jovens cientistas e na difusão da Matemática.
(more…)

Competição ‘Cavalos de Ferro’ testa habilidades de alunos com modelos de trens

23/12/2016 09:53

No dia 8 de dezembro foi realizada a competição do curso de Engenharia Ferroviária e Metroviária “Cavalos de Ferro”. Por uma hora, modelos de locomotivas movidas à bateria ou energia elétrica construídos pelos próprios alunos foram postos a prova em uma série de testes, desde o deslocamento de um pequeno vagão até percorrer o trilho de dois metros em uma série de níveis de aclive. O primeiro lugar ficou com a equipe Prototype, seguida por Frank Locomotiva em segundo e, em terceiro, equipe Capinzete. A competição foi realizada no hall do bloco E do campus de Joinville e contou com a presença de alunos e professores.

Cavalo-de-Ferro-2016-400x225

Foto: divulgação

Estudantes de Licenciatura em Educação do Campo da UFSC lançam vídeo sobre ocupação

22/12/2016 09:38

O pequeno documentário sobre a Ocupação conjunta do Centro de Ciências da Educação (CED/UFSC), iniciada em 3 novembro de 2016,  foi apresentado no VI Seminário do Curso de Licenciatura em Educação do Campo, da UFSC. O encontro reuniu quase todos os docentes e estudantes do curso. “Esta experiência de auto-organização, de coletivo, essa energia e rebeldia vivenciada por alguns dos estudantes precisava ser transmitida aos demais estudantes e professores que não participaram deste processo por estarem inseridos em turmas interiorizadas nas suas comunidades”, explica o comunicado do Coletivo Acadêmico de Licenciatura em Educação do Campo.

O VI Seminário de Socialização das Atividades do Curso de Licenciatura em Educação do Campo – Área de Ciências da Natureza e Matemática ocorreu entre 30 de novembro e 2 de dezembro, nos espaços do CSE, CED e EFI. No evento anual, os estudantes apresentaram os produtos finais dos trabalhos realizados ao longo do ano em suas comunidades, e também, compuseram conjuntamente com seus docentes um balanço anual das práticas do curso.

Confira o documentário

De bolsista a cientista: o longo caminho da produção científica na Universidade

21/12/2016 16:40

Bolsista-3d

Resgatar a história de uma das mais importantes iniciativas institucionais da Universidade no sentido de fortalecer a pesquisa e contribuir para a formação das novas gerações de pesquisadores. Esse o objetivo do livro De bolsista a cientista – a experiência da UFSC com o Programa de Iniciação Científica no processo de formação de pesquisadores, publicado pela Editora da UFSC.

A obra, escrita por Airton Costa e Adilson Luiz Pinto, compreende um período que vai de 1990 a 2012 e busca respostas em questionamentos como onde estão os egressos da iniciação científica da UFSC, qual o percentual dos que alcançaram o mestrado e o doutorado, onde obtiveram suas pós-graduações e quantos efetivamente podem ser considerados pesquisadores. “Partindo-se do pressuposto de que a iniciação científica se propõe, acima de tudo, a formar pesquisadores, é de se questionar se o programa tem cumprido esse papel”, argumentam os autores.
(more…)

Jornal on-line ‘Qorpus’ lança último número de 2016

20/12/2016 08:56

O jornal on-line Qorpus lançou mais um número em novembro, com textos preparados especialmente para esta edição, encerrando 2016 oferecendo aos leitores um variado leque de textos assinados por diferentes colaboradores deste jornal.

ortophone

“Optophone I”, 1922, Francis Picabia

Destacam-se os dois ensaios da professora e tradutora Aurora Bernardini, especialista em literatura russa: um deles sobre Stanislavski e o outro sobre poesia brasileira, ambos publicados na janela “Como é”. Nessa mesma janela, Piotr Kilanowski assina um artigo sobre Wisława Szymborska e Valteir Vaz fala sobre “Sagarana”, de Guimarães Rosa. Outros textos igualmente importantes, publicados nessa janela, falam sobre Guimarães Rosa em espanhol e o dramaturgo alemão Karl Valentin. “Como é” inclui também a tradução de um ensaio de Philip Bither sobre a coreógrafa e dançarina Trisha Brown, além de outros textos sobre poesia e tradução.

Au-dessus des nuages marche la minuit, 1920, Max Ernst

“Au-dessus des nuages marche la minuit”, 1920, Max Ernst

Em “… à procura de um autor”, o Qorpus oferece aos leitores duas entrevistas: uma com o poeta, ensaísta e professor da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Sérgio Alcides, que discorre sobre seu novo livro, “Armadilha para Ana Cristina”; a outra com a tradutora alemã Swetlana Geier.

shi

“Shi”, 1924, Tomoyoshi Murayama

Na janela “Teatro na Praia”, os destaques são a peça sonora “Alice no País das Maravilhas”, que reinventa a obra de Lewis Carroll, e dois poemas em prosa de Ivan Conte.

alice

Na agenda cultural, o destaque é 6º Festival do Conto, único festival dedicado às narrativas breves da América do Sul. O evento terá a participação de 16 contistas e acontecerá no Teatro Sesc Prainha, em Florianópolis, com entrada gratuita.

O leitor que abrir a janela “Insulto ao público” encontrará à sua disposição peças teatrais de Ionesco, Karl Valentin e Samuel Beckett.

Nesta edição, a última em que a professora Maria Aparecida Barbosa participa como coordenadora editorial, o Qorpus passa a contar com o apoio da professora Aurora Bernardini na coordenação editorial.

Membros do Comitê de Inovação Tecnológica da UFSC são empossados

19/12/2016 11:42

Os membros do Comitê de Inovação Tecnológica da UFSC foram empossados na sexta-feira, 16 de dezembro, na Sala dos Conselhos. Criado pela Portaria 2806/2016/GR, o Comitê de Inovação tem como função assessorar a Secretaria de Inovação (Sinova) nas suas atividades de proteção da propriedade intelectual e de incentivo à inovação.

Posse dos membros do Comitê de Inovação. Foto: Divulgação

Posse dos membros do Comitê de Inovação Tecnológica. Foto: Divulgação

O reitor Luiz Carlos Cancellier de Olivo ressaltou o empenho da atual gestão em integrar os trabalhos dos Centros de Ensino, Sinova e Procuradoria Federal para aumentar a celeridade dos processos de parcerias sem comprometer a segurança jurídica, tornando a Universidade ainda mais propícia para a inovação.

Conheça os membros do Comitê de Inovação.

Núcleo de Estudos Literários Latino-Americanos lança nova edição da revista ‘Landa’

19/12/2016 10:11

O Núcleo Juan Carlos Onetti de Estudos Literários Latino-americanos, da Universidade Federal de Santa Catarina, lançou mais um número da revista Landa, publicação eletrônica semestral. Nesta edição, trata-se de “outras línguas’. Um problema de ordem primordialmente política, além de ética e estética, linguística e antropológica: não apenas escrever e traduzir desde outras línguas, desde a condição do estrangeiro, mas também de experimentá-las em forma de atos de fala da alegria e da agonia dos aborígenes brasileiros”.

A revista Landa publica textos e imagens de pesquisadores que reflitam sobre assuntos relacionados ao trinômio “literatura, arte e pensamento” no mundo contemporâneo; além de incluir sessões de trabalhos científicos, ensaios, imagens, narrativa, poesia e entrevistas, além de um dossiê temático.

Mais informações na página da revista.

Pós em Engenharia e Ciências Mecânicas de Joinville realiza primeira defesa de mestrado

19/12/2016 09:35
Foto: divulgação

Foto: divulgação

O Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Ciências Mecânicas (Pós-ECM), criado em 2015, no Centro Tecnológico de Joinville (CTJ) da UFSC, teve a realização de sua 1ª defesa de Dissertação de Mestrado no dia 16 de dezembro, com a apresentação da pesquisa do acadêmico Eder Marlon Ramos, sobre o tema “Estudo de Filmes Finos de TixOy Depositados em Aço-Carbono para Aplicação Anticrustrante”. A pesquisa foi orientada pelos professores Viviane Soethe e Rafael Gallina Delatorre.

Divulga Ciência – Especial 56 anos da UFSC

16/12/2016 13:06

Edição Especial nº 12 – Dezembro de 2016

imagem_edicaoespecial_divulgaciencia-01

Não é por acaso que a 12ª edição do Divulga Ciência foi publicada em data próxima de a UFSC completar 56 anos. Para o seu aniversário – 18 de dezembro -, o desejo não é apenas oferecer mais um produto comunicativo, mas comemorá-lo com um material especial, com importância para a Universidade e a todos que a cercam.

Produzir com mais frequência material de divulgação científica é uma necessidade a ser suprida pela UFSC, para retornar à sociedade o que ela espera de uma universidade federal, pública e gratuita.

Em tempos atuais, o meio eletrônico é o caminho mais viável para se divulgar. O propósito do boletim é levar ao grande público o conhecimento produzido na UFSC sobre ciência, tecnologia e inovação, de forma clara e objetiva.

A UFSC é um local privilegiado, se respira, se alimenta e se engrandece por meio da ciência. Nesta pequena cidade, em que circulam em média 60 mil pessoas, são desenvolvidos trabalhos pioneiros, fantásticos, e muitas vezes invisíveis. Aos poucos, tenta-se explorar e desmistificar este universo, cumprir com a nobre missão de informar.

Por trás de cada matéria, há um trabalho de muitas mãos, de muitas mentes e por que não dizer de muitas vozes. Cada detalhe foi pensado com muito carinho e respeito pelo leitor que tem a instituição como uma referência no ensino, pesquisa e extensão. A UFSC alcançou grandes distâncias, dentro e fora do Brasil. Dar visibilidade a tudo que aqui acontece nessa área é um longo caminho, mas cada pequeno passo é uma grande conquista.


 

Laboratório e Projeto Amanhecer da UFSC atuam com o controle da dor

“Mais de 80% das doenças que acometem o ser humano têm como sinal ou sintoma a dor. Do ponto de vista da Neurobiologia, ela tem caráter de proteção, no caso da dor aguda. Se a dor for ativada por muito tempo, deixa de ter esse caráter e é tratada como doença”, esclarece o coordenador do Laboratório de Neurobiologia da Dor e Inflamação (Landi) da UFSC. Leia mais.

Colégio de Aplicação colhe frutos do Projeto Lixo Zero

Iniciado em 2014 com a criação e o apoio do Núcleo de Educação Ambiental (NEAmb) do Centro Tecnológico (CTC) da UFSC, o projeto de extensão Lixo Zero, do Colégio de Aplicação (CA) evoluiu e agora passa a ser utilizado como exemplo para escolas do município de Florianópolis. Leia mais.

Trabalhos da UFSC ajudam a elaboração de novas recomendações da Espen

Dois estudos realizados na UFSC foram selecionados para criar uma recomendação específica sobre o uso de ácidos graxos ômega-3. Esses estudos correspondem à pesquisa de mestrado de Juliana de Aguiar Pastore Silva e à tese de doutorado de Michel Carlos Mocellin, ambos do Programa de Pós-Graduação em Nutrição (PPGN). Leia mais.

Artigo de pesquisadores da UFSC determina nova ação de antibiótico contra tuberculose

Para buscar novos meios de ação de antibióticos contra a tuberculose, os pesquisadores Lívia Harumi Yamashiro e André Luiz Barbosa Báfica, do Laboratório de Microbiologia, Imunologia e Parasitologia (MIP) da UFSC, desenvolveram um artigo científico analisando a forma de agir do antibiótico Isoniazida. Leia mais.

Grupo de pesquisa do Campus de Joinville recebe prêmio na Bélgica

O Grupo de Pesquisa em Manufatura Auxiliada por Computador (GPCAM) do Campus de Joinville da UFSC recebeu o prêmio PMI Award 2017, de melhor artigo do Congresso de Inovação em Molde e Polímeros – PMI 2016, realizado na Bélgica. Leia mais.

Pesquisadores da UFSC descobrem cinco novas espécies de fungos

Estima-se que no mundo inteiro haja de um a cinco milhões de espécies de fungos, e apenas 100 mil delas foram descritas. Um dos trabalhos dos pesquisadores do Laboratório de Micologia (Micolab) da UFSC é coletar, analisar e registrar esses cogumelos ou fungos que ainda não foram descobertos. Leia mais.

Fóssil de cogumelo mais antigo do mundo é brasileiro

O fóssil de cogumelo mais antigo do mundo é brasileiro e estava no Centro de Pesquisas de História Natural da Universidade de Illinois, nos Estados Unidos. Durante o 8º Congresso Brasileiro de Micologia, realizado na UFSC de 3 a 6 de outubro, o fóssil foi entregue à Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Leia mais.

Antonio Carlos Wolkmer: por um Direito plural, crítico e transformador

“O professor Antonio Carlos Wolkmer é um dos nomes mais representativos da teoria jurídica crítica latino-americana.” Essa é a primeira frase do capítulo sobre o pesquisador na obra El pensamiento filosófico latinoamericano, del Caribe y “latino” (1300-2000), publicada no México, em 2011.” Leia mais.

Sugestão de leitura: ‘Ética e direito dos animais’

A coletânea traz diversos artigos sobre o uso benevolente dos animais, por que os animais não têm direitos e como isso afeta os direitos dos seres humanos incapazes, abolicionismo animal, validade da distinção entre animais racionais e irracionais, breves considerações sobre o status moral de animais não humanos, uso danoso de animais de outras espécies, direito e justiça na perspectiva ética e bioética ambiental. Leia mais.

Série Consciência: pele artificial

A série Consciência, da TV UFSC, mostra nesta edição o trabalho dos Laboratórios da UFSC de Tecnologias Integradas (Intelab) e de Células-Tronco e Regeneração Tecidual (Lacert), que ampliam e aprofundam os estudos sobre possíveis substitutos para a pele humana. Assista.

Sobre

Divulga Ciência é um boletim eletrônico produzido pela Agência de Comunicação (Agecom) com o objetivo de informar sobre a produção científica vinculada à UFSC.
Outras matérias de Jornalismo Científico publicadas no portal da UFSC neste link.

Edição: Rosiani Bion de Almeida
Coordenadoria de Divulgação e Jornalismo Científico

Acompanhe outras notícias da UFSC no Portal 
Confira a programação da TV UFSC

Contatos com a produção deste informativo:
Agência de Comunicação (Agecom)
Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)
Campus Reitor João David Ferreira Lima. Trindade. Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.
/ (48) 3721-9601

Acompanhe a UFSC nas redes sociais:
Facebook
TwitterInstagram

Laboratório de Experimentação Remota recebe professores da Suécia

16/12/2016 09:08

O Laboratório de Experimentação Remota, localizado no Centro Araranguá da Universidade Federal de Santa Catarina, recebeu a visita de dois professores vindos da Suécia, Kristian Nilsson e Johan Zackrisson, entre os dias 13 e 15 de dezembro. Os professores são participantes do projeto VISIR+, do qual o RExLab também faz parte.

Suecos visitam laboratório em Araranguá. Foto: Divulgação

Suecos visitam laboratório em Araranguá. Foto: Divulgação

O nome “VISIR+” é uma sigla para “Módulos Educacionais para Teoria e Prática de Circuitos Elétricos e Eletrônicos seguindo uma Metodologia de Ensino e Aprendizagem baseada em Inquérito suportada por VISIR”. O projeto destina-se a definir, desenvolver e avaliar um conjunto de módulos educacionais que compreende experimentos práticos (hands-on), virtuais e remotos – este último, apoiado por um laboratório remoto chamado Virtual Instruments Systems in Reality (VISIR).

O projeto é financiado pelo “Programa Erasmus+” da Comissão Europeia, com a participação de universidades de diversos países, como Brasil, Portugal, Espanha, Argentina, Suécia e Áustria.

Mais informações em http://rexlab.ufsc.br/projects/visir

 

 

Gestão da UFSC empossa 70 novos servidores técnico-administrativos em Educação

14/12/2016 12:31

A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) empossou 70 novos servidores técnico-administrativos em Educação na manhã desta quarta-feira, 14 de dezembro, no auditório da Reitoria. Eles foram aprovados no concurso público edital nº 15/2016, com quase 20 mil inscritos (que concorreram a 149 vagas distribuídas em 39 cargos), e passam a integrar o quadro funcional da Universidade. Em novembro, um primeiro grupo de servidores já havia sido empossado.

Do total, 80% irão para unidades de ensino e atuar junto aos estudantes e professores, nos departamentos, coordenadorias e secretarias.

O reitor da UFSC, Luiz Carlos Cancellier de Olivo, salientou que a maioria dos novos servidores irá “trabalhar no essencial da Universidade, junto aos alunos, a razão de ser da nossa instituição. Nossa função é retribuir à sociedade, temos compromisso público, o que nos diferencia do setor privado”. Ele também lembrou que a UFSC “forma cidadãos, e, numa época de muita intolerância, devemos combater os preconceitos e abraçar as diversidades”.
(more…)

Alunos da UFSC são premiados em encontro do Conselho de Arquitetura e Urbanismo de Santa Catarina

14/12/2016 11:53

Os alunos do Departamento de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) Carolina Rodrigues Dal Soglio, com orientação da professora Themis da Cruz Fagundes, e Marcelo Carlos Monteiro, orientação pelo professor Samuel Steiner dos Santosforam premiados no 4º Prêmio para estudantes de Arquitetura e Urbanismo de Santa Catarina, que ocorreu no dia 9 de dezembro. No concurso foram analisados trabalhos de conclusão de curso do segundo semestre de 2015 e do primeiro de 2016. Seis participantes foram escolhidos com os melhores do ano, sendo que cinco deles receberam um incentivo de R$ 3 mil para continuarem a pesquisa. O evento ocorreu no Museu da Escola Catarinense em Florianópolis durante o 4º Encontro Anual do Conselho de Arquitetura e Urbanismo de Santa Catarina (CAU/SC).

O trabalho de Carolina estuda a implementação de um parque agroecológico e um assentamento da reforma agrária destinado a 70 famílias, com espaços de produção de alimentos, comercialização de produtos e equipamentos comunitários. Já o projeto de Marcelo envolve a revitalização da área central de Florianópolis, o antigo bairro da Pedreira.

O concurso é organizado pelo Instituto de Arquitetos e Urbanistas de Santa Catarina em parceira com o CAU/SC e com a Coordenação da Comissão de Ensino e Formação. Nesta edição do prêmio foram inscritos 20 trabalhos, desenvolvidos sob a orientação de 22 professores das 11 escolas de arquitetura e urbanismo credenciadas para o concurso. A comissão julgadora do concurso foi composta pelos arquitetos e urbanistas Elisabete França, Alexandre Pedrozo e Nelson Teixeira Netto.

Seminário de Integração do Laboratório de Oceanografia Costeira destaca alunos por desempenho em 2016

14/12/2016 10:25

A quarta edição do Seminário de Integração do Laboratório de Oceanografia Costeira (LOC) da UFSC foi realizada no dia 9 de dezembro e destacou alunos com o melhor desempenho acadêmico em 2016.

O evento é realizado anualmente e avalia o progresso das pesquisas discentes e reforça afinidades temáticas e metodológicas dentro do grupo, buscando assim aumentar a integração entre professores e alunos, facilitar o compartilhamento de resultados e promover maior desenvolvimento e participação do grupo nas atividades do laboratório.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Neste ano, o evento reuniu 39 participantes que representaram o andamento de suas pesquisas e os principais resultados alcançados em 2016. Foram realizadas 30 apresentações orais, envolvendo alunos de Iniciação Científica, TCC, Mestrado, Doutorado e Pós-Doutorado orientados pelos professores Jarbas Bonetti , Carla Bonetti e Antonio Klein.

As apresentações foram divididas em seis sessões temáticas: Geofísica e Métodos em Sísmica; Geoacústica Submarina; Modelagem Numérica; Proxies do Quaternário; Suscetibilidade Costeira; Geomorfologia e Morfodinâmica. Na sessão de encerramento foram premiados por seu desempenho acadêmico em 2016 o aluno Mateus dos Santos Martins e a Charline Dalinghaus.

Mais informações no site do LOC.

MArquE recebe currículos para o programa ‘Ação Saberes Indígenas na Escola’

14/12/2016 09:06

O Museu de Arqueologia e Etnologia (MArquE) da UFSC abriu o processo de recepção de currículos para eventuais vagas de formador no programa de formação continuada de professores indígenas do MEC “Ação Saberes Indígenas na Escola” para desenvolvimento de atividades durante 2017, em Santa Catarina, junto às populações indígenas Guarani, Kaingang e Laklãnõ-Xokleng.

Os interessados deverão ter titulação de graduação, especialista, mestre ou doutor e ter experiência de trabalho junto a povo indígena.

Os currículos serão recebidos por Maria Dorothea Post Darella (), com cópia para Carlos Guerola () e Ana Cláudia Colombera (), junto com carta de motivação na qual os candidatos fundamentem o seu interesse de participação, até 19 de dezembro.

Mais informações nos próprios endereços eletrônicos ou pelo telefone (48) 3721-6472.

Reitora da UFMT passa mal em evento e é internada na UTI em Cuiabá

11/12/2016 10:18

A reitora da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Myrian Serra, se encontra na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Santa Rosa, de Cuiabá, sob avaliação e cuidado da equipe médica de intensivistas e de neurologistas. Ela teve um um quadro neurológico agudo, sofrido durante um evento no Teatro Universitário nesse sábado, 10, e recebeu os primeiros atendimentos no próprio teatro por médicos que estavam no local.

Logo após, foi levada pelo Samu (Serviço de Atendimento Médico de Urgência) e foi submetida a um exame de tomografia computadorizada de crânio, que constatou o diagnóstico de hemorragia subaracnóide (acidente vascular cerebral hemorrágico). O reitor da UFSC, Luiz Carlos Cancellier de Olivo, enviou mensagem à presidência da Andifes – Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior -, manifestando preocupação e solidariedade.

Vestibular 2017: campanha deste ano afirma ‘Aqui tem diversidades’

10/12/2016 09:00

A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) compartilhou por meio das redes sociais, durante o período de inscrições do Vestibular 2017, depoimentos de estudantes de graduação sobre suas experiências.

Todas as informações sobre o Vestibular estão disponíveis no link. Confira, abaixo, cada depoimento dos alunos e alunas da UFSC. Clique no nome para ler o relato completo.

DANILLO_Vestibular_2017 JESSYKA_Vestibular_2017
“Como instituição, a UFSC é um lugar acolhedor – e muito diverso também. Me sinto representado aqui. É uma oportunidade muito importante estar na UFSC, ser uma representação para a comunidade negra, ajudar a gerar mudança social.” Danillo Florêncio - Estudante de Design
 “A UFSC me proporciona vivências muito maiores do que eu teria num espaço privado. Esses contatos com várias pessoas, perceber o que o outro sente, o que o outro passa, que pode ser completamente diferente da minha realidade, gera um conhecimento muito maior que o acadêmico.” Jessyka Zanella Costa - Estudante de Direito
NELSON_Vestibular_2017
YARA_Vestibular_2017
“Eu vejo que os anos passaram, mas eu estou vivendo uma segunda juventude. Estou com 61 anos, mas junto com essa gurizada da Universidade eu sinto que não envelheci espiritualmente, só fisicamente.” Nelson Costa - Estudante de Educação Física “Toda a dedicação vale a pena quando você vê seu nome na lista de aprovados. É muito boa a sensação de passar numa universidade como a UFSC, com seu próprio esforço. E também porque depois de entrar na universidade você muda muito e cresce. Começa a ver as coisas de um outro jeito e é sempre um aprendizado, uma mudança boa que a gente faz. Estudar e se esforçar nunca vai ser demais porque depois todo esse esforço vai ser recompensado.” Yara Reynaldo – Estudante de Medicina Veterinária – UFSC Curitibanos
TXULUNH_Vestibular_2017 LUIZ_Vestibular_2017
“Eu via a nutrição como uma coisa superficial, não via muitos caminhos. Mas chegando ao curso eu me surpreendi. Tem ótimos professores e uma metodologia voltada para questões comunitárias, uma saúde mais humanizada, fiquei bem feliz por ter encontrado isso.” Txulunh Gakran - Estudante de Nutrição

“A gente não percebe o nosso próprio potencial, mas dentro da Universidade podemos desenvolver isso e ver que podemos causar diferenças no planeta. Hoje vejo que eu não estou sozinho. Fazendo parte do movimento de empresas júnior, que congrega muitas dessas filosofias, existe uma missão de transformar o Brasil em um país melhor.” Luiz Henrique Terhorst Estudante de Ciências Biológicas 

MEIRE_Vestibular_2017

OTAVIO_Vestibular_2017

“Como eu já fiz uma graduação tenho outra maturidade para o curso, não é que eu aprenda muito mais, mas eu já tenho um conhecimento anterior. Estou aqui para aprender, porque eu sei da necessidade disso aqui no trabalho.” Meirielle de Souza - Estudante de Letras Português

“Acho que o nome social é fundamental para as pessoas trans, que têm uma identidade de gênero que não corresponde com o que está em seu documento. A UFSC dá uma base com o nome social para você não sofrer em várias instâncias ou passar por algum problema vexatório. Justamente porque existe essa política de acolhimento, de integração, a partir do nome social. Isso é fundamental.” Otávio Rodrigues - Estudante de Filosofia

MATEUS_Vestibular_2017 INGRID_Vestibular_2017
“Eu sou o primeiro de quatro irmãos a ter acesso à universidade pública. É muito gratificante, eu tenho certeza que vou sair daqui carregado de muito mais conhecimento, desenvolvimento, experiências. Eu estou fazendo isso não para reproduzir um sistema de consumo, de ganhar dinheiro, mas para poder levar uma ideia diferente para as escolas.” Matheus Cunha - 
Estudante de Licenciatura em Educação do Campo
“A pessoa com deficiência não só pode fazer o vestibular como deve fazer. Aqui não é um lugar para poucos, é para muitos e principalmente para quem precisa. Eu que necessito de um atendimento especializado, tenho que procurar uma melhoria para mim. E se aqui tem esses recursos, eu tenho que estar aqui, tenho que usufruir desses recursos.” Ingrid Medina Estudante de Serviço Social
ANGELA_Vestibular_2017 JOINVILLE_Vestibular_2017
“Eu tenho um perfil diferente de outros alunos, que entram na universidade sem se perceber como negro, eu já sabia que era negra. Então eu cheguei me impondo, algumas pessoas ficam com medo disso. Às vezes eu sinto o racismo nos olhares, ou nas atitudes, como ignorar as coisas que eu falo. É uma coisa sutil, um racismo à brasileira. Mas ao mesmo tempo eu me sinto muito fortalecida porque existem os grupos de estudantes negros, LGBT, que eu participo. Isso fortalece, porque você divide as suas experiências e um vai ajudando o outro. O que me manteve na universidade foi a relação com esses grupos.” Angela Medeiros -  Estudante de Psicologia  “O vestibular da UFSC foi o único que eu fiz, que eu realmente tive vontade. Viajei de São Paulo a Joinville de ônibus para fazer a prova. Foi um grande desafio vir pra UFSC, mas eu queria novos desafios. Queria sair, conhecer novas pessoas, novos lugares. Entrei no Bacharelado Interdisciplinar (BI) aqui em Joinville, na época todos os cursos eram integrados. Hoje estou na Engenharia Mecatrônica.” Matheus Santana - Estudante de Engenharia Mecatrônica – UFSC Joinville

 

Equipe responsável:
Coordenação: Audrey Schmitz Schveitzer
Programação Visual: Leonardo Reynaldo
Edição de textos: Mayra Cajueiro Warren
Entrevistas: Mayra Cajueiro Warren e Giovanna Olivo
Fotografia: Henrique Almeida, Jair Quint e Ítalo Padilha

Aluno da UFSC recebe menção honrosa no Prêmio Mercosul de Ciência e Tecnologia

07/12/2016 11:00

[Imagem: Divulgação]

Foto: Divulgação

Ângelo Paggi Matos, aluno de doutorado do Programa de Pós-Graduação em Ciência dos Alimentos da UFSC, recebeu do secretário de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação do MCTIC, Álvaro Toubes Prata, uma menção honrosa do Prêmio Mercosul de Ciência e Tecnologia, na categoria Jovem Pesquisador. Foram 399 projetos participantes dos países Argentina, Bolívia, Brasil, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela.

A entrega da premiação ocorreu no dia 1° de dezembro, em solenidade no Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), em Brasília (DF), com participação do presidente do CNPq, Mário Neto Borges.

Com o título “Avaliação bioquímica da biomassa de microalgas cultivadas em águas residuais dessalinizadas: De escala de laboratório à produção de algas em escala piloto no Semiárido do Nordeste do Brasil”, a pesquisa de Ângelo envolve resultados inéditos de sete anos de pesquisa, orientado pelo professor Ernani Sebastião Sant’Anna.
(more…)