Grupo de estudos promove ciclo de palestras sobre AVC em Araranguá

23/10/2017 11:11

O Grupo de Estudos no AVE (GEAVE) do Centro de Araranguá da Universidade Federal de Santa Catarina está organizando um ciclo de palestras, no dia 25 de outubro, como parte do evento “Araranguá na Campanha Nacional de Combate ao AVC 2017”. O objetivo do evento é debater, com alunos e comunidade, o AVC, uma das maiores causas de morte e incapacidade no mundo, podendo acometer qualquer indivíduo, em qualquer idade, afetando a todos: sobreviventes, familiares e amigos, ambientes de trabalho e comunidades.
(mais…)

16ª Sepex: estandes para prevenção de doenças realizam testes com visitantes

20/10/2017 19:50

O estande de doenças silenciosas na 16ª Sepex, parte de um projeto de extensão que trata da prevenção de doenças crônicas não transmissíveis, como depressão, problemas respiratórios, câncer, osteoporose, diabete, obesidade.

Estas doenças custam mais do que 70% dos gastos do Sistema Único de Saúde (SUS), e grande parte delas poderia ser evitada com prevenção e bons hábitos. No estande são realizadas medidas antropométricas e um questionário. Após a Sepex os dados serão analisados e enviados por e-mail. No exame sera constatado se o paciente está em algum grupo de risco ou não.

Com intuito parecido, o estande ‘Qual idade tem seu coração’, analisa se o paciente tem tendência de desenvolver alguma doença cardiovascular nos próximos 10 ou 30 anos. O procedimento para o teste consiste em realizar um exame de sangue, medições e questionário. O estilo de vida mais saudável, cuidando do colesterol, diminuindo o estresse, já contribui para diminuir os fatores de risco. De acordo com o professor Roberto Ferreira de Melo, as pessoas devem encaixar as atividades físicas e hábitos alimentares melhores na rotina, como o trabalho, a aula etc.

16ª Sepex: palestra apresenta a matemática em flores, furacões e outros fenômenos da natureza

20/10/2017 19:48

Foto: Henrique Almeida/Agecom/UFSC

O que há em comum entre uma samambaia, um floco de neve e uma bacia fluvial? Pela perspectiva da matemática, a estrutura dessas e de diversas outras manifestações da natureza seguem um mesmo padrão: são todos “fractais”. Isto é: figuras de grande beleza geradas por uma fórmula matemática. A pesquisadora Carolina de Araújo, do Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (IMPA), apresentou na palestra “Matemática na Natureza” como essa ciência pode explicar certos fenômenos naturais que à primeira vista parecem pertencer a um mundo muito distante dos números, fórmulas e equações.
(mais…)

16ª Sepex: UFSC Sustentável e Gestão de Resíduos apresentam alternativas ecológicas

20/10/2017 19:02

O UFSC Sustentável é um programa que visa unir e incentivar iniciativas de sustentabilidade dentro da universidade. No estande da Semana de Ensino, Pesquisa e Extensão (Sepex), a equipe apresenta diversos materiais. Um deles foi o Escritório Sustentável, com dicas que orientam a economia de energia no uso de eletrônicos, a utilização de envelope reutilizável, papéis reciclados para substituir post-its, lixeiras específicas para cada tipo de resíduo (reciclável, orgânico e rejeito). Também estavam expostos os copos biodegradáveis, parte da campanha “Adote uma caneca”. A intenção da campanha é diminuir o uso de copos gradativamente, mas há lugares em que o uso é necessário. Uma solução para diminuir o impacto do plástico é a adoção desses copos, que se decompõem em até 60 dias na compostagem. Outro material apresentado é a madeira plástica. Para fazer 700 kg dessa madeira, é necessário cerca de 180 mil sacolas plásticas, sem utilização de água e química. Os bancos na frente da Biblioteca Universitária já são feitos dessa madeira.

Ao lado do estande do UFSC Sustentável está o da Gestão de Resíduos. Dentro do campus são realizadas diversas atividades, que geram todo tipo de resíduos. Entre eles, os convencionais, laboratoriais (químicos), lâmpadas, pilhas e baterias. No estande, são apresentados dados relativos à implantação da Coleta Seletiva Solidária no primeiro semestre deste ano. Esta etapa da Coleta Seletiva visa a segregação dos resíduos em recicláveis e rejeitos. Em uma etapa posterior, os resíduos orgânicos também serão aproveitados por meio da compostagem e outros processos. Outro trabalho apresentado é o Projeto de Gestão de Resíduos Químicos e Especiais, que tem como objetivo o enfrentamento das questões relativas aos resíduos e rejeitos classificados como perigosos. A Gestão Ambiental faz a coleta de resíduos químicos infectantes, basta solicitar no site.

Lavínia Beyer Kaucz/Estagiária de Jornalismo da Agecom/UFSC

Fotos: Henrique Almeida/Agecom/UFSC

16ª Sepex: Sala Verde traz jogos, produz cadernos e divulga educação ambiental

20/10/2017 18:11

A Sala Verde UFSC está presente na 16º Semana de Ensino, Pesquisa e Extensão (Sepex), com jogos e criatividade para falar de educação ambiental. Nesta edição a equipe da Sala Verde trouxe quebra-cabeça, sudoku com animais de pelúcia, produção de ecocadernos (cadernos feitos com o verso de folhas já utilizadas e que iriam para o lixo), entre outras atividades. A coordenação espera que a Sepex ajude a divulgar o trabalho da Sala Verde e a educação ambiental.

16ª Sepex: grupo de teatro do CAPS apresenta adaptação cômica da obra de Machado de Assis

20/10/2017 18:08

Libertação é a palavra que define a apresentação do Grupo de Teatro, Cinema e Terapia para Usuários do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS), na 16ª Sepex. “É pra ser um caos mesmo, a gente nunca sabe o que vai rolar, é pra contagiar mesmo”, afirma o professor e coordenador do projeto, Marcos Eduardo Rocha Lima (Marquito).

O grupo apresentou uma adaptação cômica da obra de Machado de Assis “O Alienista”. O tema central é o poder psiquiátrico. O objetivo é mostrar que “O Alienista”, publicado em 1881/82, continua bem atual.

O grupo é um projeto de extensão do Departamento de Psicologia da UFSC. Os atores são usuários do CAPS e também, alunos do curso de Psicologia da UFSC. O grupo é formado por pessoas que geralmente são diagnosticadas com psicose, e o projeto serve como tratamento terapêutico.

 

16ª Sepex: história do Sistema Defensivo da Ilha de Santa Catarina atrai o público infantil

20/10/2017 17:00

Crianças observam maquete da Ilha de Anhatomirim. Foto: Henrique Almeida/Agecom/UFSC

Réplicas de canhão, trajes militares, panfletos, banners, maquete e desenhos para pintar são alguns dos recursos usados para contar a história das Fortalezas da Ilha de Santa Catarina para os visitantes que passam pela 16ª Semana de Pesquisa, Ensino e Extensão (Sepex) da UFSC.

Pessoas de diferentes idades visitam o estande, mas as crianças são as que mais se entretém. Já que, além de divulgar o trabalho desenvolvido pela Coordenadoria das Fortalezas da Ilha de Santa Catarina, o objetivo é informar e aproximar a comunidade universitária com a história das fortificações. E é neste aspecto que os pequenos despertam a curiosidade. Eles questionam e se encantam com as informações passadas pelas estagiárias e servidores do setor responsável por gerenciar as fortificações.

A coordenadoria já atua no âmbito da educação patrimonial com a execução do projeto “Aprender sobre história também é coisa de Criança”. Esta iniciativa é voltada para estudantes da educação infantil e do primeiro, segundo e terceiro ano do ensino fundamental. O projeto objetiva aproximar os participantes dos conhecimentos relacionados à história das fortalezas de Santa Cruz de Anhatomirim, Santo Antônio de Ratones e São José da Ponta Grossa, e sua vinculação com a história de Florianópolis. E também sensibilizá-las para a importância de valorizar e preservar o Patrimônio Histórico Nacional.

Quem passa pelo estande também pode participar do sorteio de um exemplar do livro “As defesas da Ilha de Santa Catarina e do Rio Grande de São Pedro em 1786”.

(mais…)

16ª Sepex: Grupo de Artes Marciais Medievais expõe armas e armaduras da Idade Média

20/10/2017 16:24

Anderson explica aos visitantes funcionalidades e especificações das armaduras e armas Foto: Henrique Almeida/Agecom/UFSC

Se você andar pelos estandes da 16ª Semana de Ensino, Pesquisa e Extensão (Sepex) e ver alguém vestindo armaduras do período medieval, fique tranquilo! São os integrantes do Sistema de Combate e Artes Marciais Medievais (Scam), projeto de extensão que faz parte do Departamento de História da UFSC, marcando presença no evento.

No estande do Scam os visitantes podem conhecer trabalhos acadêmicos sobre a temática, armas e armaduras, além de fotos e vídeos das atividades desenvolvidas no projeto de extensão. “O que mais ouvimos aqui são pessoas perguntando se é de verdade e se podem tocar”, diz o campeão panamericano de espada longa e integrante do projeto Anderson Tsukiyama. Ele enfatiza a importância dessa ação, pois melhor que conhecer apenas a teoria é poder visualizar isso na prática.
(mais…)

Plínio de Arruda Sampaio Júnior abre Semana Nacional de Ciência e Tecnologia com palestra na UFSC Blumenau

20/10/2017 14:14

Em tempos onde os radicalismos se afloram no país e em que o diálogo vê seu espaço tomado pelo discurso de ódio, a compreensão da estreita – e por vezes questionável – relação entre a esfera econômica e o poder estatal parece se perder em becos conceituais sem saída. Nesse contexto há urgência para análises de conjuntura que consigam transpor a dicotomia política superficial.

Dentro dessa perspectiva, para a abertura da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia 2017, a UFSC Blumenau, por meio de seu Núcleo Pedagógico (NuPe), convida a comunidade acadêmica e a sociedade para palestra com o pesquisador e economista Plínio de Arruda Sampaio Jr. O evento será no dia 24 de outubro (terça-feira), às 18h30, no auditório da sede acadêmica no bairro Velha. Plínio falará sobre os “Rumos da sociedade brasileira na contemporaneidade”. A palestra é gratuita e basta realizar inscrição pelo site: http://l.ufsc.br/palestraarrudajr.
(mais…)

16ª Sepex: Projeto apresenta características e curiosidades do Polvo para visitantes

20/10/2017 13:33

Estande do Projeto Polvo na 16ª Sepex. Foto: Henrique Almeida/Agecom/UFSC

O estande do projeto Polvo – Inovação na Aquicultura objetiva apresentar o trabalho de viabilização do cultivo realizado no laboratório de camarões marinhos do curso de Engenharia de Aquicultura da UFSC. Além disso, o visitante que passa pela 16ª Semana de Ensino, Pesquisa e Extensão (Sepex) pode conhecer mais sobre polvos, suas características e curiosidades no estande 46.

Os polvos possuem consciência de cada braço, e com eles realizam diversas atividades ao mesmo tempo. Este invertebrado possui alto poder de camuflagem. Segundo a participante do projeto, Caroline Rodrigues, eles conseguem mudar de cor em menos de um segundo. Essa função é viabilizada pelos cromatóforos, – células responsáveis por sintetizar e armazenar pigmentos.
(mais…)

16ª Sepex: saúde expõe gestação, parto, amamentação e cuidados com o bebê

20/10/2017 13:14

Saúde expõe gestação, parto, amamentação e cuidados com o bebê. Créditos: Jair Quint/Fotógrafo da Agecom/UFSC.

As estudantes do segundo ano do ensino médio da EEB Wanderley Júnior, de São José, Nathália Galleassi e Letícia Muz, de 16 anos, estiveram pela primeira vez na 16ª Semana de Ensino, Pesquisa e Extensão (Sepex) da UFSC. Um dos primeiros estandes a visitarem foi do Grupo de Gestantes e Casais Grávidos da UFSC que mostrou as etapas de gestão, nascimento e pós-parto.

Para elas, essa foi uma experiência interessante porque pretendem seguir uma profissão na área da saúde. “O professor de filosofia nos trouxe e estamos gostando muito, são vários projetos interessantes, principalmente porque eu quero fazer o curso de medicina”, relata Nathália.
(mais…)

16ª Sepex: animais peçonhentos despertam curiosidade sobre intoxicação e envenenamento

20/10/2017 12:13

Aranhas, serpentes, lagartas e escorpiões envidraçados não causaram medo nas crianças de 5 e 6 anos do Núcleo de Desenvolvimento Infantil (NDI) da UFSC. A curiosidade tomou conta da turma que mexia, entusiasmada, nos vidros distribuídos pela equipe do Centro de Informação e Assistência Toxicológica de Santa Catarina (CIATox/SC). O estande do CIATox trouxe para a 16ª Semana de Ensino, Pesquisa e Extensão (Sepex) da UFSC informação ilustrativa sobre intoxicação e envenenamento.
(mais…)

Laboratório de Vibrações e Acústica da UFSC realiza primeira ‘Escola de Primavera em Aeroacústica’

20/10/2017 11:28

O Laboratório de Vibrações e Acústica da UFSC, em colaboração com o Instituto Tecnológico Real da Suécia (KTH), realizará, entre os dias 23 e 26 de outubro, a Primeira Escola de Primavera em Aeroacústica. O evento ocorrerá no Costão do Santinho será constituído de aulas, palestras e mesas-redondas sobre aeroacústica e contará com a participação de pesquisadores de diversas instituições nacionais e internacionais.

Mais informações no site do evento.

16ª Sepex: estandes defendem a imagem de cobras, sapos, tubarões e raias

20/10/2017 11:13

Desmistificar a má-fama de répteis, tubarões e raias é o objetivo de dois estandes na 16ª Semana de Pesquisa, Ensino e Extensão (Sepex) da UFSC. Lado a lado, o Laboratório de Ecologia de Anfíbios e Répteis (Lear), com o projeto “Mitos e Curiosidades da Herpetofauna”, e o Laboratório de Biologia de Teleósteos e Elasmobrânquios (Labitel) explicam a importância destes animais no ecossistema.
(mais…)

16ª Sepex: estande de saúde realiza testes rápidos de HIV e Sífilis

20/10/2017 09:00

Durante a realização da 16ª Semana de Ensino, Pesquisa e Extensão da UFSC são ofertados aos visitantes diversos serviços gratuitos na área da saúde. Um deles é o teste rápido de HIV e Sífilis, um trabalho do Laboratório de Biologia Molecular, Microbiologia e Sorologia (LBMMS/UFSC) em parceria com o Ministério da Saúde que visa validar os testes que serão, em seguida, disponibilizados à população brasileira.

Somente na manhã do primeiro dia de Sepex, 19 de outubro, foram coletados 50 testes. O objetivo até o final do evento é atingir 200 testes. Segundo a professora Maria Luiza Bazzo, fazer o teste rápido para HIV é importante porque integra uma política nacional. “Pretende-se identificar até 2020 o maior número possível de pessoas infectadas pelo HIV para que o tratamento comece imediatamente”, explica Bazzo, dizendo também que hoje o país vive uma epidemia de Sífilis que é mundial.

O teste rápido é aplicado em visitantes com idade superior a 18 anos. Jenn Lopez, estudante do curso de Letras/Espanhol da UFSC foi um dos participantes. Para ele, iniciativas como essas são fundamentais e precisam ser prestigiadas. “Como militante LBGT eu acompanho as campanhas e acho importante para qualquer cidadão realiza-los. Também, acho importante dar margem, estatísticas, para as pesquisas. Nós temos que aproveitar essas oportunidades para dizer que esse projeto é importante  e não pode acabar”.

MAIS

A oferta de testagem para HIV faz parte da política de acesso ao diagnóstico que objetiva identificar o maior número possível de pessoas infectadas para ofertar imediatamente o tratamento. Essa política de tratar rapidamente tem por objetivo preservar o sistema imunológico do indivíduo e diminuir o risco de transmissão da infecção. Sabe-se que pessoas com carga viral indetectável do HIV têm pouca chance de transmitir a infecção.

A oferta de teste rápido para sífilis tem por objetivo identificar os casos e tratar os indivíduos para conter a infecção, que atualmente está evoluindo para caráter epidêmico. Além disso, evita as consequências da sífilis não tratada, incluindo a congênita. No estande haverá a participação de um médico que vai tratar os casos de sífilis e encaminhar os possíveis casos de infecção pelo HIV para realizar o exame de carga viral e atendimento na Rede Básica de Atenção à Saúde.

O Programa de Avaliação Externa da Qualidade para Testes Rápidos (AEQ-TR) é uma parceria entre o Departamento de Vigilância, Prevenção e Controle das IST, do HIV/Aids e das Hepatites Virais do Ministério da Saúde (DIAHV/MS) e o Laboratório de Biologia Molecular, Microbiologia e Sorologia da Universidade Federal de Santa Catarina (LBMMS/UFSC).

O objetivo do programa AEQ-TR é atuar como uma ferramenta educativa, que visa avaliar como o teste é executado e interpretado individualmente pelos profissionais que estão realizando a testagem.

Você pode cadastrar a instituição de saúde clicando AQUI.

Nicole Trevisol/Jornalista da Agecom/UFSC

Palestra nesta sexta com Carolina de Araújo, do IMPA e destaque da exposição ‘Elas na matemática’

20/10/2017 08:00

A exposição “Elas na matemática” estará aberta ao público até este sábado, 21 de outubro, no hall da Reitoria da UFSC. A Universidade, em parceria com o Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC), destaca o perfil de oito pesquisadoras brasileiras que atuam na área da matemática. O objetivo é encorajar as mulheres interessadas em atuar nesse campo de pesquisa.

Nesta sexta-feira, 20 de outubro, às 14h, no auditório da Reitoria, haverá a palestra “Matemática na Natureza” com Carolina B. de Araújo, do Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (IMPA), que é um dos destaques da exposição “Elas na matemática”.

Professor da UFSC entre os finalistas do Prêmio Literário da Biblioteca Nacional 2017

19/10/2017 17:10

Entre os finalistas do Prêmio Literário da Biblioteca Nacional 2017, Sérgio Medeiros, professor de Literatura da UFSC, na categoria poesia, com a obra “A idolatria poética ou a febre de imagens”, publicada neste ano pela Editora Iluminuras de São Paulo. O resultado sairá em novembro.

Conheça os finalistas do Prêmio Literário Biblioteca Nacional.

 

 

16ª Sepex: estudantes do Colégio de Aplicação apresentam projeto ‘Cheiro Verde na Escola’

19/10/2017 12:06

Os responsáveis pelo “Projeto Cheiro Verde na Escola” estão entre os mais jovens expositores da 16ª Semana de Pesquisa, Ensino e Extensão (Sepex) da UFSC. Estudantes do 1º e 6º anos do Colégio de Aplicação, com idades entre 6 e 11 anos, apresentam diversas pesquisas e trabalhos realizados durante o ano no contexto do meio ambiente.

Um deles é o relógio do corpo humano, composto de ervas medicinais e relacionado com a medicina tradicional chinesa. Aluno do 6º ano, Pedro Henrique Gomes de Almeida, 11 anos, tinha na ponta da língua todas as informações para os interessados. Ele já havia comparecido à Sepex como visitante e estava compenetrado em sua primeira vez como expositor.

Outra parte do estande apresentava as pesquisas do 1º ano sobre abelhas, incluindo a mascote Bely, uma abelhinha de pelúcia, “sem ferrão”, como explicou Lucas Orfeu, 7 anos. Ele mostrava os ciclo de vida da abelha, entre outras curiosidades.

Lucas explica as curiosidades das abelhas. Foto: Jair Quint/Fotógrafo da Agecom/UFSC

A professora Mariza Konradt de Campos diz que sempre trabalha a questão ambiental ao trazer mascotes para a sala de aula; em 2017, foi uma abelha. “As crianças estão super entusiasmadas, com o conteúdo na ponta da língua. Afinal, foram eles que pesquisaram tudo”.

No final, Lucas não deixou de oferecer pedaços de hambúrgueres de cenoura e beterraba que os alunos aprenderam a fazer numa aula de culinária com a voluntária Cléa. “Tudo orgânico”, propagandeou Lucas, que ainda entregou cópias das receitas de cada quitute.

O estande “Cheiro Verde na Escola” está no espaço destinado aos projetos relacionados com o meio ambiente. Confira a lista completa aqui.

Mais informações no site da Sepex.

Caetano Machado/Jornalista da Agecom/UFSC

 

16ª Sepex apresenta projetos de ensino, pesquisa e extensão à comunidade

19/10/2017 10:41

16ª Semana de Ensino, Pesquisa e Extensão (Sepex) da UFSC. Créditos: Pipo Quint / Agecom / UFSC.

Às 9 horas em ponto os dois acessos para a 16ª Semana de Ensino, Pesquisa e Extensão (Sepex) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) foram abertos. Por eles entraram membros da comunidade, na sua maioria crianças e adolescentes, que, com os olhos brilhantes, se surpreendiam com a gama de projetos apresentados logo nos primeiros estandes.

Nestes três dias de Sepex a UFSC apresenta cerca de 130 projetos de ensino, pesquisa e extensão e promove mais de 150 minicursos gratuitos à sociedade. Trata-se da maior mostra científica catarinense e visa mostrar uma parcela do que acontece na universidade.

Durante a abertura do evento, na manhã desta quinta-feira, 19 de outubro, a reitora em exercício Alacoque Lorenzini Erdmann demonstrou a satisfação em realizar mais uma edição da Sepex. “É uma honra abrir a 16ª Sepex, um evento que promove a oportunidade da comunidade verificar in loco as produções que são realizadas na nossa instituição e mostrar à sociedade o que caracteriza o ensino, a pesquisa e a extensão da universidade para o desenvolvimento humano, sociocultural, econômico e estratégico”.
(mais…)

Pesquisadora da UFSC desenvolve ‘nariz eletrônico’ para identificar infecções bacterianas letais

18/10/2017 17:57

Desenvolver sensores eletrônicos para a detecção e discriminação rápida de compostos voláteis microbianos é o que farão, conjuntamente, pesquisadoras da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e da Universidade Nova de Lisboa. Chamados de “narizes eletrônicos”, os sensores são especialmente importantes diante da ameaça global de bactérias resistentes a antimicrobianos que se espalham a ritmo alarmante, pois a detecção precoce auxilia o controle de uma propagação.

A bióloga brasileira Regina Celis Lopes Affonso concluiu o doutorado em maio e em outubro foi selecionada na chamada pública que o European Research Council (ligado à Comissão Europeia) promoveu com entidades como a FAPESC (Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina). “Considerando minha experiência em biologia celular e biologia vegetal, estarei contribuindo com o grupo europeu, da renomada pesquisadora Ana Cecília Roque, da Faculdade de Ciências e Tecnologia (Universidade Nova de Lisboa)”, disse Regina. “Focaremos especificamente na detecção microbiana rápida. Este projeto tem alta aplicabilidade na área da saúde, considerando que o desenvolvimento de sensores, rápidos e seguros, de voláteis de bactérias patogênicas são ferramentas importantes para o controle de infecções bacterianas, especialmente tratando-se de infecções hospitalares.”
(mais…)

16ª Sepex: estandes da área de Saúde oferecem serviços à comunidade

18/10/2017 16:10

Foto: Luna Mariah/Agecom/UFSC

A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) realizará, entre os dias 19 a 21 de outubro de 2017, a maior mostra científica do estado: a Semana de Ensino, Pesquisa e Extensão (Sepex), com o tema “A Matemática está em tudo”. As atividades da Sepex são gratuitas e podem ser visitadas das 9h às 19h, na quinta e sexta-feira, e das 9h às 12h, no último dia, sábado.

A Sepex possui uma variada programação com projetos desenvolvidos na UFSC, além das atrações artísticas e culturais para todas as idades.

São cerca de 130 estandes nas áreas de Comunicação, Cultura, Educação, Tecnologia, Ambiente, Trabalho, Direito, Saúde, entre outras.

Na área de Saúde, confira alguns dos serviços prestados:

Centro de Informações Toxicológicas de Santa Catarina (CIT/SC)

Apresentação do CIT, mostra da coleção biológica/didática, relatos de casos, estatísticas, entrega de material informativo.

Horto Didático de plantas medicinais do Hospital Univeristário (HU/UFSC)

Divulgação de trabalhos, fotos, plantas. Servirão chás aromáticos.

Grupo de gestantes e casais grávidos da UFSC

Apresentação do grupo de extensão por meio de flyers, banners dos trabalhos de pesquisa do grupo, vídeos. Exposição sobre parto humanizado, boneco para demonstração do parto, materiais sobre aleitamento materno, mama cobaia, banheiras para demonstração de banho do recém-nascido.

Banco de Sangue do HU

Conscientização do verdadeiro significado da doação de sangue, orientações e esclarecimentos de dúvidas; vídeo e cartazes da campanha – elaborados pelo curso de Design da UFSC -; demonstração de uma bolsa de sangue utilizada nas coletas; tipagem sanguínea feita em lâmina, manual do uso racional do sangue, educação para os riscos de doenças transmissíveis.

Doenças silenciosas

Entrega de flyers, tabelas de avaliação e folderes com informações do projeto de extensão “Princípios Básicos de um Viver Saudável”, avaliação antropométrica, questionário do estilo de vida e previsão da idade biológica.

Teste rápido para HIV e Sífilis

Testagem rápida para HIV e Sífilis aos participantes da Sepex, com idade superior a 18 anos, e comparação dos resultados com uma opção de teste combinado que detecta no mesmo dispositivo de testagem anticorpos anti-HIV e anti-treponema pallidum e, se for uma boa opção, facilitará as rotinas de maternidades, Atenção Básica, CTAs e outros locais que realizam testes rápidos.

A oferta de testagem para HIV faz parte da política de acesso ao diagnóstico que objetiva identificar o maior número possível de pessoas infectadas para ofertar imediatamento o tratamento. Essa política de tratar rapidamente tem por objetivo preservar o sistema imunológico do indivíduo e diminuir o risco de transmissão da infecção. Sabe-se que pessoas com carga viral indetectável do HIV têm pouca chance de transmitir a infecção.

Por sua vez, a oferta de teste rápido para sífilis tem por objetivo identificar os casos e tratar os indivíduos para conter a infecção, que atualmente está evoluindo para caráter epidêmico. Além disso, evita as consequências da sífilis não tratada, incluindo a congênita.

No estande haverá a participação de um médico que vai tratar os casos de sífilis e encaminhar os possíveis casos de infecção pelo HIV para realizar o exame de carga viral e atendimento na Rede Básica de Atenção à Saúde.

Venha conhecer a idade do seu coração

Avaliação de risco cardíaco. Entrevista com o visitante, onde serão avaliados aspectos como tabagismo, pressão arterial, diabetes etc. Coleta de sangue para dosar alguns fatores, como a glicose. As informações coletadas são analisadas para calcular a previsão de risco cardíaco em 10 e 30 anos, dependendo da idade da pessoa. Se a pessoa possuir mais de 30 anos é possível saber a idade do coração. Conscientização para a mudança de hábitos.

Residência Multiprofissional em Saúde da Família

Mostra de plantas medicinais resultante dos trabalhos dos residentes (Enfermagem, Farmácia, Odontologia, Nutrição, Serviço Social e Educação Física) nas unidades básicas de saúde. Auricoloterapia.

Museu de Anatomia Patológica (SAP/HU)

Espaço didático para aulas práticas da área da Saúde. Exibição de vídeos ilustrativos e peças para divulgação do museu.

 

Outubro Rosa UFSC: caminhada conscientiza sobre prevenção do câncer de mama

18/10/2017 12:38

A cor rosa percorreu, por 40 minutos, os corredores e arredores da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) na manhã desta quarta-feira, 18 de outubro. Cerca de 80 pessoas, entre servidores e comunidade, realizaram a caminhada ‘Todos na UFSC rumo à prevenção do câncer de mama’. O evento iniciou às 9h, no hall da Reitoria, com a apresentação do Coral do Núcleo de Estudos da Terceira Idade (Neti) e a presença da Associação da Mulher Catarinense Portadora de Câncer (AMUCC).

Nalzira Rosa dos Santos, durante a caminhada. Foto: Jair Quint/Agecom/UFSC

Entusiasmada e sorridente antes da caminhada, Nalzira Rosa dos Santos, de 77 anos, falou sobre a sua experiência de diagnóstico e tratamento do câncer de mama. Segundo ela, o que nunca lhe faltou foi humor para passar pelo tratamento. “No dia 8 de dezembro de 1999 os médicos falaram o meu diagnóstico: um pequeno caroço na mama esquerda. Eles demoraram uma hora para me contar”, recorda ela.
(mais…)

16ª Sepex: maior mostra científica do estado inicia-se nesta quinta

18/10/2017 12:00

A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) realizará, entre os dias 19 a 21 de outubro de 2017, a maior mostra científica do estado: a Semana de Ensino, Pesquisa e Extensão (Sepex). Desde 2009, o evento ocorre na terceira semana de outubro, concomitante com a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, promovida pelo Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC).

Com o tema “A Matemática está em tudo”, a Sepex possui uma variada programação com projetos desenvolvidos na UFSC. Serão aproximadamente 150 estandes nas áreas de Comunicação, Cultura, Educação, Tecnologia, Ambiente, Trabalho, Direito, Saúde, entre outras.

A mostra, entretanto, vai muito além do debate científico e acadêmico, com atrações artísticas e culturais para todas as idades. As atividades da Sepex são gratuitas e os estandes podem ser visitados das 9h às 19h, nos dias 19 e 20, e das 9h às 12h, no último dia, 21. O caráter democrático, tanto em temas, quanto em formatos e públicos, é característico do evento desde a sua concepção.
(mais…)

16ª Sepex: estande do núcleo da Terceira Idade terá exposições, sessões de cinema e mesas-redondas

18/10/2017 11:02

O Núcleo de Estudos da Terceira Idade (Neti) da UFSC participa da 16ª Semana de Ensino, Pesquisa e Extensão (Sepex) nos dias 19, 20 e 21 de outubro, em estande próprio montado no pavilhão da Sepex, na Praça da Cidadania, Campus Florianópolis da UFSC.

Confira a programação que o Neti preparou:

19/10 – quinta-feira

9h – 19h – Exposições Permanentes: O tema da matemática como uma proposta de letramento na Educação de Jovens e Adultos (EJA) e Centro de Educação de Jovens e Adultos (CEJA)
9h – 19h – Atividade Interativa Permanente: Acróstico: criação de versos: A matemática na fonoaudiologia
9h – 11h – Sessão Senior de Cinema no Teatro da UFSC: Apresentação e discussão do filme “O Abraço Partido”, Direção Daniel Burman/Argentina, 2003
10h – 12h – Atividade Interativa: Jogos Interativos de Matemática – professor Pasqual Testa
14h – 16h
Apresentação do Grupo de Canto Vozes da Ilha do Ceneti
Mesa-Redonda: “O cuidado no envelhecimento humano”. Coordenação: Jordelina Schier.
Professores convidados: Angela Maria Alvarez; Josiane Steil Siewert.
Debate com cuidador.
Local: Auditório Garapuvu/Centro de Cultura e Eventos da UFSC

20/10 – sexta-feira

9h – 19h – Exposições Permanentes: O tema da matemática como uma proposta de letramento na EJA e CEJA, Tenda de Contação de Histórias
10h – 19h – Atividade permanente: Dominó: fechando o jogo, abrindo a memória “A Matemática na Fonoaudiologia”
10h30 – 12h – Atividade Interativa: Oficina de Yoga no Templo Ecumênico/UFSC – professora Elsa Casalett/Neti
16h – Palestra: Interações Energéticas entre Pessoas e Ambientes no Auditório do Centro de Ciências Jurídicas (CCJ) da UFSC – professora Alessandra Serafim – IIPC

16ª Sepex: três dias de atrações artístico-culturais gratuitas na UFSC

18/10/2017 10:03

Boi-de-Mamão do NDI

A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) realizará nesta quinta-feira, sexta e sábado, 19 a 21 de outubro de 2017, a Semana de Ensino, Pesquisa e Extensão (Sepex), com uma variada programação artístico-cultural, no palco do Pavilhão, na Praça da Cidadania, campus Florianópolis, bairro Trindade.

Confira as apresentações dos três dias:

19/10 (quinta-feira)

9h – Abertura do Pavilhão da Sepex e visita aos 150 estandes

10h – Boi-de-Mamão do NDI

Uma das mais tradicionais manifestações folclóricas da Ilha de Santa Catarina. Apresentação de música e dança com crianças do período matutino do Núcleo de Desenvolvimento Infantil (NDI) da UFSC. Coordenação: arte-educadora Vânia Maria Broering e professora Juliane Mendes Rosa La Banca.

Sarau em Libras – CCE

11h – Sarau em Libras

Sarau em Língua Brasileira de Sinais, em que poetas surdos apresentam suas poesias, as quais refletem a sua emoção e os seus sentimentos: alegrias, tristezas, formas de percepção do mundo e sonhos. Trata-se de um gênero da Literatura Surda que mescla vários recursos e poéticas. Coordenação: professora Fernanda de Araújo Machado.
(mais…)