Comissão Permanente de Sustentabilidade apresenta Plano de Logística Sustentável

17/08/2017 09:04

A Comissão Permanente de Sustentabilidade (CPS) entregou nesta terça-feira, 15, o Plano de Logística sustentável – PLS 2017 UFSC ao reitor Luiz Carlos Cancellier e solicitou o apoio ao Gabinete da Reitoria para que esse trabalho seja incentivado e promovido na UFSC.

De acordo com a CPS, o objetivo dos Planos de Logística Sustentável (PLS) é orientar as ações relacionadas à sustentabilidade em todos os setores, abrangendo questões ligadas à gestão, ensino, pesquisa e extensão. O relatório ainda destaca que o PLS é uma ferramenta de planejamento que permite à universidade definir ações, metas, prazos, indicadores e responsabilidades ligadas à temática da sustentabilidade. A realização dos PLS é obrigatória para Instituições Públicas Federais de acordo com o decreto nº 7.746/2012.

O primeiro PLS da UFSC foi elaborado em 2013 e a universidade foi a primeira do país a concluir esse plano. A partir de 2015, por meio da Comissão Permanente de Sustentabilidade da UFSC, foi iniciado o processo de monitoramento e revisão.  Essa construção participativa incluiu mais de trinta e sete reuniões, além da consulta pública, e resultou na atual versão do PLS UFSC 2017 com 57 metas e 435 ações. “Esse processo mostrou que muitas das ações propostas anteriormente não haviam sido atingidas, refletindo a necessidade de maior participação e divulgação do novo Plano”, explica o Coordenador da Comissão Permanente de Sustentabilidade,   professor Rogério Portanova.

Algumas das ações já realizadas  incluem a diminuição em 30% do consumo do papel utilizado para impressão nos departamentos da administração central, e a realização da destinação ambientalmente adequada de 100% dos resíduos de serviços de saúde que a UFSC fornece. Ainda existem metas de como aumentar a utilização do uso de bicicletas pela comunidade universitária,  além da elaboração de um plano cicloviário para o campus da UFSC na Trindade, que se encontra na fase de levantamento de dados sobre os deslocamentos dos usuários.

Marcus Vinícius/Estagiário de Jornalismo/GR

 

Agecom da UFSC participa em Natal do encontro de gestores de comunicação

15/08/2017 10:34

De 17 a 19 de agosto, a Universidade Feral do Rio Grande do Norte (UFRN), em Natal, sediará o 2º Encontro do Colégio de Gestores de Comunicação das Universidades Federais. No primeiro dia do evento, às 17h, a Agência de Comunicação (Agecom) da UFSC fará a exposição do case “Elaboração e implantação da Política Institucional de Comunicação”.

O temário do evento inclui também discussões sobre divulgação científica no contexto da comunicação pública, interiorização e divulgação, formação extracurricular e experiências discentes, comunicação das Ifes na interface dos sistemas de informação e radiodifusão e gestão das emissoras públicas.

A programação completa está disponível neste link.

‘Programa Escala de Gestores y Administradores’ recebe inscrições de TAEs até 20 de agosto

15/08/2017 07:29

A Secretaria de Relações Internacionais (Sinter) divulgou o EDITAL Nº 11/SINTER /2017 do Programa Escala de Gestores y Administradores, com seis vagas para servidores técnico-administrativos em educação (STAEs) da UFSC. As inscrições estão abertas até 20 de agosto.

Uma destas vagas está reservada para servidores da SINTER e as outras cinco para os demais setores da UFSC que atuam diretamente na potencialização do processo de internacionalização da UFSC.

Para participar é necessário fazer parte da instituição há pelo menos três anos. O candidato deverá enviar toda a documentação exigida, digitalizada no formato Portable Document Format (.pdf), para o e-mail . A UFSC oferecerá aos contemplados passagem aérea de ida e volta em classe econômica, sendo responsabilidade de cada universidade anfitriã organizar e oferecer, seguindo critérios próprios, hospedagem e alimentação, conforme descrito na Convocatória 2018.

Cronograma:

EVENTO PRAZO
Divulgação do Edital 02 de agosto de 2017
Inscrição dos candidatos 02 a 20 de agosto de 2017
Divulgação do resultado preliminar 23 de agosto de 2017
Interposição de recurso da fase preliminar 24 de agosto de 2017
Homologação do resultado preliminar 25 de agosto de 2017
Divulgação do resultado final pelas instituições anfitriãs e no site da AUGM. A partir do dia 10 de novembro de 2017

Mais informações na página da Sinter.

Nova direção do Núcleo de Desenvolvimento Infantil toma posse

11/08/2017 13:43

Eloísa Fortkamp (esq.), Marino Alexandre Marino Costa e Moema Albuquerque (dir.) realizam a sucessão da diretoria no NDI. Foto: Henrique Almeida/Agecom/UFSC

As professoras Moema Helena Koche de Albuquerque e Maria Raquel Barreto Pinto tomaram posse nesta quinta-feira, 10 de agosto, como diretora e vice-diretora do Núcleo de Desenvolvimento Infantil (NDI) da UFSC, eleitas para a gestão 2017/2019. Elas sucedem a professora Eloísa Helena Teixeira Fortkamp e a técnica-administrativa em Educação, Cristina Mellos de Souza. A entrega das portarias foi feita pelo pró-reitor de Graduação, Alexandre Marino Costa.

A nova diretora, Moema Albuquerque, ressalta que os projetos de ensino, pesquisa e extensão exercem um papel fundamental na efetivação e consolidação de práticas pedagógicas inovadoras, no processo de formação inicial e continuada dos professores que atuam na primeira etapa da educação básica, assim como, contribuem para elaboração e análise das políticas públicas para educação infantil, a exemplo a análise e parecer da Base Nacional Comum Curricular.

“Vivemos tempos difíceis, tempos de retirada de direitos, escassez do recurso público (não pela sua inexistência, mas prioritariamente pelos desvios exigidos no jogo das negociações), tempos de apropriação de um discurso em nome da coletividade para o alcance de interesses próprios (de cunho individual), uma lógica cruel que se instaura em todas as instâncias do nosso Estado Federativo.

Entretanto, segundo Moema, não se pode esmorecer,  perder o entusiasmo, “afinal somos professores, professoras da educação infantil e somos responsáveis em promover a educação e desenvolvimento das crianças das brasileiras. Por essa razão lutaremos cotidianamente pela contratação de professores qualificados e aprovados em concurso público legítimo, como também pela aquisição de recursos que possam contribuir com o trabalho desenvolvido no NDI.”

(mais…)

UFSC discute parceria com Israel para investimentos em startups

07/08/2017 09:02

Foto: Marcus Vinícius/GR

O Cônsul-Geral de Israel, Dori Goren, e o reitor Luiz Carlos Cancellier se encontraram nesta semana na UFSC para discutir uma possível parceria público-privada para implementação de startups.  “Israel é uma  referência nessa modalidade específica de empresa e temos muito interesse em trocar informações com a universidade”, disse Goren.  Ele mencionou uma experiência prévia com a Pontifícia Universidade Católica (PUC) que, segundo o cônsul, por possuir uma estrutura privada, realiza esse relacionamento de forma mais objetiva e com menos burocracia.

Cancellier sinalizou que a gestão está aberta a parcerias com a iniciativa privada e, que, legalmente não há nenhum impedimento. Reforçou também a relevância de tal iniciativa devido às incubadoras, instituições que auxiliam pequenas empresas nascentes oferecendo suporte técnico, gerencial e formação complementar, atuantes na UFSC. Estipulou-se através desse convênio a vinda de estudantes e profissionais das universidades israelenses para auxiliar na estruturação do projeto e realizar troca de experiências.

Por fim, ficou acordado uma possível visita do reitor a Israel em novembro deste ano para dar início às negociações. Em contrapartida, o Consul retornaria à UFSC para realizar palestras sobre História e Ciência Políticas.

A presidente da associação israelita catarinense, Rosita Schmid, o Secretário de Relações Internacionais da UFSC, Lincoln Fernandes, o Assessor Institucional Gelson Albuquerque e o analista Legislativo da Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (FIESC), Luiz Hames, também participaram da reunião.

Texto: Brenda Dilli/Estagiária de Jornalismo/GR

Fotos: Marcus Vinicius/Estagiário de Jornalismo/GR

Conselho Pleno da Andifes elege nova diretoria executiva

30/07/2017 19:43

FotoDivulgação

O Conselho Pleno da Associação Nacional dos Dirigentes de Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes) realizou na última sexta-feira (28) em Natal, na Universidade Federal do Rio Grande do Norte, a eleição e a posse da nova diretoria executiva, presidida pelo reitor Emmanuel Zagury Tourinho, da Universidade Federal do Pará (UFPA). O grupo ainda é composto pelo 1º vice-presidente José Arimathéia Dantas Lopes (UFPI), 2º vice-presidente José Roberto Soares Scolforo (UFLA), além dos suplentes Rui Vicente Oppermann (UFRGS) e Myrian Thereza de Moura Serra (UFMT).

Tourinho, doutor em Psicologia pela Universidade de São Paulo, se comprometeu em continuar a luta pela autonomia universitária. “Nossa liderança buscará o relacionament o com todos os setores do País dispostos a defender o atual sistema de universidades”, ressaltou.

Professor titular do curso de graduação em Psicologia e do Programa de Pós-Graduação em Teoria e Pesquisa do Comportamento da UFPA, ele já exerceu os cargos de pró-reitor de Pesquisa e de Pós-Graduação. Foi ainda presidente do Colégio de Pró-Reitores de Pesquisa e Pós-Graduação das Instituições Federais de Educação Superior (2012 a 2013) e de Coordenador Regional Norte do Fórum Nacional de Pró-Reitores de Pesquisa e Pós-Graduação (2011 a 2012).”Sou um acadêmico que defende a justiça, a igualdade e a democracia, e que vê as universidades públicas como agentes extraordinários de transformação da sociedade”.

Agora ex-presidente da Andifes, a reitora da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Angela Maria Paiva Cruz, empossou os sucessores com votos de boa sorte para o mandato com duração de um ano. “Desejo um trabalho profícuo em busca do fortalecimento e da unidade desta associação. Todos nós iremos contribuir para o cumprimento do papel de interlocução com a sociedade civil, as universidades e todos os movimentos democráticos”, finalizou.

Foto: Divulgação

Para o reitor Luiz Carlos Cancellier, presente na reunião do Conselho Pleno da Andifes, a expectativa com a nova gestão liderada por Emannuel Tourinho só ratifica o trabalho desenvolvido pela Associação em defesa dos interesses maiores das instituições federais brasileiras de ensino superior. “A própria gestão da professora Ângela Cruz, a quem o professor Tourinho sucede, é um claro sinal de que a entidade é o locus com a credibilidade e  a representatividade mais do que adequadas”.

A diretoria anterior apresentou o relatório de gestão 2016/2017, que destacou os desafios enfrentados diante da crise política e financeira do País. “Vivenciamos talvez o momento mais difícil das vidas das universidades, mas reatamos o diálogo com os ministérios em busca da consolidação dos projetos de cada instituição. Também seguimos na defesa da universidade pública, gratuita, laica e de qualidade, com autonomia e possibilidade de expansão”, frisou Angela Paiva, que citou o diálogo como ferramenta essencial para o êxito da gestão marcada por apoio aos diretórios regionais e aproximação a fóruns, colégios e comissões.

No mesmo encontro, foi aprovada também uma nota pública em defesa da autonomia universitária, ocasionada pela emenda aditiva que propõe a conversão da Universidade Federal da Integração Latino-Americana (Unila) em Universidade Federal do Oeste do Paraná (UFOPR). “A Unila é o resgate histórico da nossa geopolítica. Temos o papel de construir o conhecimento sob a perspectiva latino-americana”, defendeu o reitor da instituição, Gustavo Oliveira Vieira.

Leia a nota pública do Conselho Pleno da Andifes:

As reitoras e os reitores presentes na CLXV Reunião Ordinária do Conselho Pleno da Andifes, em Natal, RN, dias 27 e 28 de julho de 2017, vem manifestar sua total inconformidade com o conteúdo e a forma da Emenda Aditiva 55 à Medida Provisória 785 de 2017 que visa transformar a identidade e, por consequência, o nome da Universidade Federal da Integração Latino Americana (UNILA), aglutinando, sob consulta, dois campi da Universidade Federal da Paraná (UFPR). 

  1. A inconformidade quanto à forma da referida Emenda Aditiva, para além das suas inconstitucionalidades evidentes, promove a redefinição da identidade da UNILA sem qualquer debate prévio com a comunidade acadêmica e com a comunidade do território onde a instituição está situada. Além disso, propõe deslocar dois campi da UFPR sem consultar previamente a instituição ou fazer qualquer debate ou consulta anterior. 
  1. A Autonomia Universitária é condição de possibilidade para que a produção do conhecimento não esteja submetida às contingências políticas. O modo com que a Emenda Aditiva 55 à Medida Provisória 785/2017 se apresenta constitui uma evidente afronta à autonomia universitária, não apenas à UNILA e à UFPR, mas a todo o sistema de universidades federais brasileiras. 
  1. Tal iniciativa abre um precedente profundamente perigoso para o presente e o futuro da educação no Brasil, sob risco de colocar as universidades vulneráveis aos jogos políticos contingenciais. Enquanto dirigentes das universidades federais, compreendidas enquanto políticas de Estado, entendemos inaceitável que a estabilidade das políticas educacionais sofram ataques como o que passa atualmente a UNILA e a UFPR. 
  1. Desconstruir o projeto UNILA representaria uma perda qualitativa grave ao sistema de universidades brasileiras e latino-americanas. Cabe ressaltar que o projeto diferenciado da UNILA é resultado de uma política de estado que enriquece o sistema de universidades brasileiras e realiza, por meio de uma ação educacional, a previsão do artigo 4o, parágrafo único da Constituição da República Federativa do Brasil, pela integração dos povos da América Latina. Além de contribuir para a expansão universitária no Oeste do Paraná, trata-se de um projeto que visa promover uma nova geopolítica do conhecimento sob a perspectiva latino-americana, entendida como constitutiva e necessária para o cenário acadêmico nacional. 
  1. Também gera preocupação a pretensão de deslocar o campus de uma universidade para outra, sem qualquer diálogo prévio, como se isso pudesse ser realizado sem criar uma verdadeira amputação à UFPR, ou qualquer outra universidade que sofra ação similar. A formação de uma universidade como a centenária UFPR, e a expansão em campus como no caso de Palotina que tem 25 anos, avança como parte de uma história comum, com base numa comunidade e de uma identidade que constitui a própria história da UFPR e da região para onde a mesma se expandiu, tornando a Emenda Aditiva 55 à Medida Provisória 785 ainda mais inadmissível. 
  1. Num contexto de crise política e econômica, que reflete em contingenciamentos sobre os investimentos na Educação, esperamos do Congresso Nacional, dos representantes do povo brasileiro, maior empenho no apoio para que as Universidades cumpram mais e melhor o seu papel, protegendo o sistema educacional dos ataques despropositados como esse acima relatado. 

Com isso consideramos a Emenda Aditiva 55 à Medida Provisória 785/2017 profundamente equivocada em seu conteúdo e absolutamente inadmissível em sua forma. O conjunto das IFES brasileiras esperam empenho político coletivo para que iniciativas legislativas dessa monta sejam francamente repudiadas pelos governo e pelos congressistas, e que jamais voltem a ocorrer.

 

UFSC recepciona 169 intercambistas de 16 países neste semestre

28/07/2017 12:49

Recepção aos alunos internacionais da UFSC realizada no Auditório da Reitoria, em Florianópolis, no dia 29 de julho

A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) receberá 169 intercambistas de 16 países neste início de semestre letivo. A equipe da Secretaria de Relações Internacionais (Sinter) deu as boas-vindas oficiais ao grupo na manhã desta sexta-feira, 28 de julho, no Auditório da Reitoria, em Florianópolis. A palestra teve o objetivo de apresentar os serviços da Sinter, repassar orientações gerais sobre e matrícula, notas, frequência acadêmica e oportunidades para os estudantes estrangeiros na UFSC. Os alunos também foram informados sobre procedimentos de regularização da estada no Brasil com visto de estudante.

A vice-reitora, Alacoque Lorenzini, o pró-reitor de Graduação, Alexandre Marino Costa, e o responsável na UFSC pelo Incoming Exchange Program, Guilherme Carlos da Costa, participaram da cerimônia. “A demanda de estudantes internacionais para fazer intercâmbio na nossa Universidade nos fortalece e engrandece como instituição. Os avanços nas políticas de educação e internacionalização promovem o desenvolvimento humano, a formação de cidadãos e o exercício de uma cidadania planetária”, afirmou Alacoque. No contexto da globalização, a vice-reitora falou aos estudantes sobre a oportunidade de conhecerem diferentes realidades e de explorarem o que há de singular e relevante na UFSC, em Florianópolis e no Brasil.
(mais…)

UFSC realiza recepção de indígenas, quilombolas e negros das vagas suplementares

28/07/2017 10:27

A Universidade Federal de Santa Catarina e a Secretaria de Ações Afirmativas e Diversidades (SAAD) irão realizar a recepção dos calouros das vagas suplementares Indígenas, Quilombolas e Negros do segundo semestre de 2017. O evento ocorrerá no Auditório do Centro de Ciências Jurídicas na próxima terça-feira, 1º de agosto, às 18h.

O reitor Luiz Luiz Carlos Cancellier de Olivo; o pró-reitor de Graduação, Alexandre Marino Costa; o pró-reitor de Assuntos Estudantis, Pedro Luiz Manique Barreto; e a secretária de Ações Afirmativas e Diversidades (SAAD), Francis Solange Vieira Tourinho, estarão presentes. Os coordenadores e professores das fases iniciais também foram convidados à participar da recepção.

Os estudantes receberão as boas-vindas e serão orientados quanto a assuntos acadêmicos, procedimentos, auxílios permanência, locais de assistência, além de assistirem uma apresentação da Universidade de forma geral.

Mais informações na SAAD.

 

 

Sorteio retifica vagas reservadas para o Centro de Ciências Rurais da UFSC

28/07/2017 09:15

Um sorteio público retificará a distribuição de vagas a serem reservadas para candidatos com deficiência e candidatos negros do Centro de Ciências Rurais da Universidade Federal de Santa Catarina. O sorteio ocorrerá nesta sexta-feira, 28 de julho, às 14 horas, na Sala Calêndula, localizada no 3º andar, do Centro de Eventos da UFSC em Florianópolis.

Será retificado o sorteio das vagas reservadas, realizado dia 26 de julho, para os campos de conhecimento das áreas de medicina do Centro de Ciências Rurais, para a carreira do Magistério Superior.

O evento será transmitido por webconferência no endereço https://conferenciaweb.rnp.br/webconf/prodegesp, limitado a 100 (cem) acessos simultâneos (capacidade da sala virtual).

Mais informações na chamada pública: Edital nº 042/DDP/2017

Servidor da UFSC recebe medalha em Encontro Nacional de Cerimonial Universitário

17/07/2017 15:15

Foto: Divulgação

O servidor técnico-administrativo e chefe da Divisão de Eventos Institucionais, do Departamento de Cultura e Eventos (DECEven/UFSC), Pompílio Geraldo Fidelis Neto, recebeu a Medalha de Honra ao Mérito no X Encontro Nacional de Cerimonial Universitário, promovido pelo Fórum dos Organizadores de Cerimônias Universitárias e Acadêmicas das Instituições de Ensino Superior Brasileiras (Forcies). O evento foi realizado na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), em Natal, e a entrega foi feita pela reitora da UFRN, Angela Paiva.

O Forcies surgiu em Florianópolis, em 2007, como um espaço para a troca de experiências entre cerimonialistas de instituições de ensino superior e tem como objetivo representar, discutir e disciplinar as formas, rotinas e tratamentos dados nas cerimônias e eventos universitários.

O Fórum, do qual Pompílio Fidelis é o atual presidente do conselho consultivo, também promove congressos anuais, reunindo profissionais de instituições de ensino públicas e privadas. Em 2017, o encontro contou com a participação de representantes de 110 universidades brasileiras e abordou temas como colação de grau, inclusão e acessibilidade, gestão de pessoas em eventos e pós-produção.

UFSC e Secretaria de Segurança Pública assinam termo de cooperação técnica

12/07/2017 09:15

Foto: Marcus Vinícius/Estagiário de Jornalismo/GR/UFSC

O reitor Luiz Carlos Cancellier de Olivo, da UFSC, e o secretário de Segurança Pública do Estado de Santa Catarina, César Augusto Grubba, assinaram nesta terça-feira, 11 de julho, Termo de Cooperação Técnica com o objetivo de incentivar o intercâmbio técnico, científico, cultural e administrativo entre as duas instituições.

“O acordo também abrange o uso das instalações físicas, equipamentos e de recursos humanos entre a UFSC e a SSP-SC para o desenvolvimento de pesquisas e extensão, cursos de pós-graduação, além de capacitação e treinamentos”, destacou Cancellier.
(mais…)

Administração Central da UFSC recebe relatório de Auditoria da CGU/SC

03/07/2017 09:12

Foto: Divulgação

O reitor Luiz Carlos Cancellier de Olivo, a vice-reitora Alacoque Lorenzini Erdmann e a equipe de pró-reitores, secretários e diretores administrativos participaram, na manhã da sexta-feira, 30 de junho, de uma reunião com um grupo de auditores da Controladoria Regional da União no Estado de Santa Catarina.

Os auditores apresentaram as conclusões do Relatório Preliminar da Auditoria Anual de Contas, exercício de 2016, realizada no período de 10 de abril a 3 de maio de 2017.

O Relatório de Auditoria foi dividido em duas partes: os resultados dos trabalhos, com a síntese dos exames e as conclusões obtidas e Achados de Auditoria, que contém o detalhamento das análises realizadas. O documento é a base para fornecer subsídio ao julgamento das contas apresentadas pela Unidade ao Tribunal de Contas da União (TCU).
(mais…)

Servidores da UFSC ministram curso de Formação de Pregoeiros

03/07/2017 09:12

Foto: divulgação

Entre os dias 28 a 30 de junho de 2017, os servidores da UFSC, Diego Eller Gomes e Ricardo da Silveira Porto, ministraram para o IF Catarinense mais um curso de Formação de Pregoeiros, uma parceria solidificada desde 2014, com a temática do Regime Diferenciado de Contatações (RDC).

A formação compreende a troca de experiência entre as instituições e a oportunidade de difundir as práticas da UFSC. Este ano, contou com a participação de 20 servidores, sendo 17 do Instituto, três da UFSC – dois do Campus Blumenau e uma do Campus Curitibanos.

O Curso de Formação de Pregoeiro é requisito indispensável para um servidor atuar nesta importante função no âmbito da gestão universitária.
(mais…)

Palestra aborda implantação do Regime Diferenciado de Contratações na UFSC

23/06/2017 12:52

De 7 a 9 de junho, a UFSC sediou a 2ª Reunião do Fórum Nacional de Pró Reitores de Planejamento e Administração (Forplad) das Instituições Federais de Ensino Superior. Durante o evento o diretor do Departamento de Licitações (DLP) da Universidade, Ricardo da Silveira Porto, proferiu a palestra “A implantação do Regime Diferenciado de Contratações Pública – RDC na UFSC: Uma ação efetiva de gestão na política institucional de licitação”.

Na UFSC, o RDC foi adotado por uma iniciativa do Departamento de Licitações em 2013, como uma alternativa mais flexível e otimizada para contratação de obras e serviços de engenharia na Universidade. Desde então o número de processos finalizados cresceu proporcionalmente.

O RDC surgiu com a lei nº 12.462/11, e posteriores alterações, regulamentada pelos decretos nº 7.581/11, nº 8.080/13 e nº 8.251/14, para realização dos processos licitatórios de contratações para a Copa do Mundo de 2014 e dos Jogos Olímpicos de 2016.

Confira o vídeo da palestra no Youtube.

Novos contratos de manutenção devem agilizar os trabalhos da Imprensa Universitária da UFSC

16/06/2017 10:23

Vladimir Fey: garantia de manutenção. Foto: Ítalo Padilha/Agecom

Setor gráfico da UFSC que, além de atender a confecção dos impressos para os diversos setores da universidade e os campi na edição de trabalhos de pesquisa e obras originais de docentes, técnicos administrativos e alunos, a Imprensa Universitária trabalhará de uma forma mais ágil, graças a um trabalho de manutenção de suas máquinas gráficas e digitais.

“A imprensa é um setor industrial com uma verdadeira linha de produção. Só da Editora estamos com várias produções, que trabalhamos desde a pré-impressão ao acabamento”, explica o diretor-geral Paulo Márcio Ávila, que se reuniu nesta quarta-feira, dia 14, com o reitor Luiz Carlos Cancellier de Olivo e o secretário de Planejamento (Seplan) Vladimir Fey,  e conversou sobre as demandas da gráfica e os novos contratos de manutenção das máquinas gráficas e digitais.

Segundo Paulo, “estávamos com dificuldades para executar os nossos serviços e essa nova relação com a Seplan, uma secretaria com uma visão aberta para buscar soluções conjuntas, atende  aos dois lados”. Vladimir Fey lembrou as reuniões feitas no início da gestão atual e um pedido do reitor para que fosse dada uma atenção especial à Imprensa Universitária, resgatando a sua identidade.

“E o que a gente via era um conjunto de demandas e situações que comprometiam a operacionalidade regular da IU, dificultando o compromisso com determinados valores de produção, justamente por conta do quesito da manutenção”, observa  Fey.

Vladimir lembra que os trabalhos da gráfica normalmente têm prazos normalmente muito estreitos e que, portanto, o setor precisa ter a garantia de que, ao quebrar uma máquina, os técnicos sejam chamados e o conserto feito no menor tempo possível. “Daí a importância do atual contrato de manutenção”.

Cancellier: recuperar o tempo perdido. Foto: Ítalo Padilha/Agecom

Para Cancellier, há a percepção de que a Imprensa Universitária, junto com a Editora, a Agência de Comunicação e a própria TV UFSC, são os ramos da comunicação da universidade com um ponto em comum: trabalhar a imagem da instituição, interna e externamente.

“Só quem não conhece a instituição, quem não tem o carinho por ela, é que pode pensar em fechar ou ignorar setores como a gráfica. Quem viveu aqui, quem se formou aqui, tem a obrigação de recuperar o tempo perdido e recolocar esses quatro setores no seu devido lugar”, acrescenta.

Participaram do encontro, além de Luiz Cancellier, Vladimir Fey e Paulo Márcio Ávila, o Pró-Reitor de Administração, Jair Napoleão Filho, o coordenador de Apoio Administrativo da gráfica, César Murilo Natividade, o chefe da Divisão de Fotocomposição, Adriano H. Hedler, o Assistente de Administração, Luiz Henrique Vieira Silva, e o chefe da Divisão Técnica, Mauro Coelho.

UFSC e Ministério Público Federal assinam termo de cooperação técnica

09/06/2017 09:48

Fabre e Cancellier: parcerias. Foto: Marcus Vinícius/GR/UFSC

O reitor Luiz Carlos Cancellier recebeu nesta quinta, 8 de junho, o procurador-chefe da Procuradoria Federal de Santa Catarina, Roger Fabre, para assinatura de um Termo de Cooperação Técnica entre UFSC e MPF-SC. De acordo com o termo, a cooperação entre ambas instituições visa estabelecer uma sistemática de cooperação técnica, operacional e cientifica, voltada para o desenvolvimento de projetos ou atividades de interesses comuns no âmbito de suas respectivas competências.

Cancellier destacou que “parcerias como essas são de grande importância para a Universidade, uma vez que aproximam ainda mais instituições de Estado e ambas com foco na sociedade”. Uma das ideias é que a UFSC possa oferecer ao MPF resultados de pesquisas em diferentes áreas ligadas às várias atribuições do MPF, como Educação, Cidadania e Meio Ambiente, por exemplo.
(mais…)

Fortalezas da UFSC lança página no Facebook

07/06/2017 15:59

A Coordenadoria das Fortalezas da Ilha de Santa Catarina lança no Facebook a página Fortalezas da UFSC. A intenção é ampliar a visibilidade, conhecimento e a divulgação à comunidade interna e externa das fortalezas que estão sob a gestão da Universidade. A criação da página busca também atender a uma das diretrizes estabelecidas pela Carta do Recife, que recomenda a ampliação de estratégias de comunicação para a valorização e divulgação das 19 fortificações indicadas a Patrimônio Mundial, entre elas as fortalezas de Anhatomirim e Ratones, administradas pela UFSC.

Curta e acompanhe a página no Facebook:/fortalezas.ufsc/

Livro traz a trajetória do Serviço Social da UFSC junto aos servidores

07/06/2017 11:22

O livro “Serviço Social de Atenção ao Servidor da UFSC: percorrendo sua história”, idealizado pelas assistentes sociais da Divisão de Serviço Social – Atenção ao Servidor (DiSS), com a organização de Maria Alice Pereira Borges, será lançado no dia 23, às 10h, no auditório da Reitoria. A obra retrata o trabalho desenvolvido pelos profissionais que ao longo da formação da Universidade foram construindo suas trajetórias e, consequentemente, a história do Serviço Social na atenção aos servidores da UFSC.

A publicação teve o apoio da Reitoria da UFSC, por meio da Pró-Reitoria de Desenvolvimento e Gestão de Pessoas (Prodegesp), Departamento de Atenção à Saúde (DAS), DiSS. A impressão foi realizada pela Imprensa Universitária, com diagramação e capa do servidor Adriano Hermesdorff Hedler e revisão de texto de José Renato de Faria.

(mais…)

Reitor assina portaria que permite a promoção acelerada de docentes

07/06/2017 10:42

Reitor Luiz Carlos Cancellier. Foto: Marcus Vinícius/GR

O reitor Luiz Carlos Cancellier de Olivo assinou, nesta terça feira, 6 de junho, a Portaria Normativa nº 97/2017, que dispõe sobre o processo de promoção acelerada de docentes da UFSC. Também estiveram presentes na assinatura o procurador federal da UFSC, Juliano Scherner Rossi, o presidente da Comissão Permanente de Pessoal Docente(CCPD), Marcos Vinícius Mocellin Ferraro, além de professores da UFSC.

A portaria assinada pelo reitor determina que os docentes ocupantes de cargos da Carreira do Magistério Superior antes de 1º de março de 2013 em outras instituições federais de ensino, que tenham passado a ocupar cargo na mesma carreira na UFSC tenham direito ao processo de Promoção Acelerada, ainda que em estágio probatório. O Presidente da CPPD, Marcos Ferraro, explica que há um pequeno grupo que já atuavam em outras IFEs e que, quando prestaram concurso para a UFSC, acabaram tendo interrompida a progressão na carreira.
(mais…)

UFSC organiza reunião de planejamento e administração das Instituições Federais de Ensino Superior

06/06/2017 10:15

A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) é a organizadora da segunda reunião ordinária do Fórum Nacional de Pró-Reitores de Planejamento e de Administração das Instituições Federais de Ensino Superior (Forplad 2017), que será realizada de 7 a 9 de junho, em Florianópolis. A UFSC sediará a programação do dia 7 de junho, a partir das 13h30, no Auditório da Reitoria.

O evento reúne profissionais que ocupam cargos de planejamento e administração nas Instituições Federais de Ensino Superior (Ifes) com o objetivo de estudar e propor soluções para os problemas relacionados com as áreas de planejamento e administração nessas instituições.

A solenidade na UFSC iniciará às 14h, com os coordenadores locais, o pró-reitor de Administração Jair Napoleão Filho e o secretário de Planejamento e Orçamento Vladimir Arthur Fey. Na sequência, às 14h30, a apresentação institucional, com a participação do reitor Luiz Carlos Cancellier de Olivo.

A palestra de abertura abordará o tema “Situação atual das Fundações de apoio e relevância das fundações nos projetos de ensino, pesquisa, extensão e desenvolvimento institucional, ministrada por Fernando Peregrino, presidente do Conselho Nacional das Fundações de Apoio às Instituições de Ensino Superior e de Pesquisa Científica e Tecnológica (Confies).

A programação do evento segue nos dias 8 e 9 de junho (quinta e sexta-feira), nos períodos da manhã e da tarde, no Hotel Blue Tree Hotels, rua Bocaiuva, 2304, Centro, Florianópolis.

Confira a programação completa.

Módulo ‘Férias Web’ será implantado na UFSC no início de junho

29/05/2017 11:15

O servidor (professor e técnico-administrativo) não precisará mais de papel para requerer suas férias. No “Férias Web” do Sigepe (sistema de gestão de pessoas do Governo Federal), ele poderá programar, alterar e acompanhar o seu pedido. Na UFSC, o módulo entrará em funcionamento no início de junho de 2017, o que tornará o processo de concessão descentralizado e gestionado pelas unidades, visando mais autonomia e agilidade.

As férias são essenciais para a saúde do trabalhador. Só para citar alguns efeitos benéficos, reduz a pressão arterial, alivia o cansaço, melhora o sono e rejuvenesce o corpo.

Corpo e mente exigem um intervalo de tempo do trabalho diário para reequilibrar as energias e diminuir a tensão e o estresse. Passar meses desempenhando as mesmas atividades é exaustivo e aos poucos desestimula as boas ideias. Mesmo que não perceba, a fadiga influencia no fluxo criativo e, portanto, tirar férias pode renovar os seus pensamentos.

DICAS 

Aos servidores:

  • Conclua suas atividades antes de sair de férias, evitando deixar pendências
  • Informe à chefia imediata quem ficará com suas responsabilidades durante o período de suas férias;
  • Repasse a seu substituto as informações necessárias para que ele possa realizar suas atividades;
  • Configure uma resposta automática em seu e-mail avisando o período em que estará de férias e o contato da pessoa que estará lhe substituindo;
  • Evite telefonar para o trabalho e atender ligações do setor (exceto nos casos urgentes).

Às chefias:

  • Incentive que seus subordinados tirem férias;
  • Atente-se para a escala de férias de sua equipe, de modo a não prejudicar as atividades do setor;
  • Prepare alguém para substituir momentaneamente o servidor que estará em período de férias;
  • Implemente a regra em seu setor de que não se deve entrar em contato com o servidor em seu período de férias (exceto nos casos urgentes).

(mais…)

Reitor Luiz Carlos Cancellier apresenta balanço de um ano no ‘UFSC Entrevista’

19/05/2017 18:16

O programa “UFSC Entrevista”, da TV UFSC,  apresenta neste domingo, às 21h30,  uma conversa com o reitor Luiz Carlos Cancellier de Olivo, que faz um balanço  do primeiro ano de gestão, iniciado oficialmente no dia 11 de maio de 2016.  Na conversa, ele fala sobre a implantação do curso de Medicina em Araranguá, infraestrutura, a relação com as comunidades interna e externa e internacionalização, um dos principais projetos para o segundo ano de administração da Universidade Federal de Santa Catarina.

A TV UFSC opera no Canal 63.1 (digital em sinal aberto) e no Canal 15 da NET.

O que é preciso saber para iniciar a construção de um prédio na UFSC

16/05/2017 16:15

Você sabia que 65% dos resíduos sólidos produzidos nas cidades são entulhos de construções? Estima-se que cada metro quadrado construído no Brasil gere cerca de 150 kg de resíduos (Abrelpe, 2012). Por isso, novas edificações não tem apenas o custo da construção em si, mas englobam também os custos de infraestrutura, mobiliário, pessoal, operação, conservação e manutenção, além dos custos ambientais de destinação dos resíduos produzidos em todo seu ciclo de vida, que pode durar de 50 a 100 anos.

Cada nova edificação na UFSC deve estar compatível com o Planejamento de Desenvolvimento Institucional (PDI), e com o Orçamento da Universidade, além de obter viabilidade nos órgãos competentes (Prefeitura, Corpo de Bombeiros, Vigilância Sanitária, Casan, Celesc, Floram, dentre outros).

É um processo longo e complexo que demanda envolvimento de grandes equipes que produzem o vasto material necessário para a realização desses desejos. No infográfico ao lado, um resumo do processo.
(mais…)