PET Serviço Social promove minicurso ‘Introdução à Pesquisa’

13/03/2017 09:11

O Programa de Ensino Tutorial (PET) de Serviço Social irá realizar o minicurso “Introdução à Pesquisa”, na quarta-feira, 15 de março, buscando se preparar para um ano de produção teórica pelos integrantes do programa. O encontro será das 14h às 16h, na Sala 217 – Bloco D do Centro Socioeconômico (CSE), com a ministrante Keli Regina Dal Prá. Interessados podem participar gratuitamente.

5b5072_6011d0a4ce4d4117b47e0c6943fa3b0e-mv2

Projeto 12:30 inicia o ano com show de Fabiano Chiqueti e convidados

13/03/2017 08:54

O músico Fabiano Chiqueti volta a se apresentar no Projeto 12:30 com show em formato Power Trio. No vocal e contrabaixo, o compositor catarinense toca suas canções autorais e releituras do melhor do rock nacional e internacional, na companhia de Leonardo Romeu na guitarra e Edy Batera na bateria. O show, que acontecerá na quarta-feira, dia 15 de março, é gratuito, aberto à comunidade e será realizado às 12h30 em palco montado ao lado do Centro de Cultura e Eventos da UFSC, em Florianópolis.

O músico

Fabiano Chiqueti iniciou seu contato com a música em 1991, tendo como instrumento o violão. Posteriormente, já como contrabaixista, atuou na cena catarinense integrando bandas como Happly (Lages–SC, 1994), Trauma (Joinville–SC, 1995), Nigh Falls (1997 a 2001), Roadhouse (Tributo a The Doors, 1998 a 2004), Toy Storm (2010) e TonRock (2012 a 2016) e com estas tocou nas principais casas de Santa Catarina e também no Rio Grande do Sul, mas especialmente em Florianópolis, onde reside desde 1995.

As influências de Chiqueti são as mais diversas, estão entre elas o rock clássico, a bossa nova, tropicália, rock nacional dos anos 80, grunge, indie rock da virada do século, entre outras. A partir dessas influências, suas composições passeiam entre a MPB, o Rock Clássico e o Indie Rock.

Chiqueti lançou seu primeiro álbum intitulado De Cara em dezembro de 2015 pelo selo fluminense Astronauta Music e desde então tem se dedicado exclusivamente ao seu trabalho solo, tanto em shows acústicos como com banda de apoio.

Projeto 12:30

Realizado pelo Departamento Artístico Cultural (DAC) da Secretaria de Cultura e Arte (SeCArte) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), o Projeto 12:30 apresenta atrações culturais gratuitas, como música, dança e teatro, às quartas-feiras (no período letivo), no Campus da UFSC, na Trindade. Neste ano, o projeto deverá acontecer quinzenalmente.

Artistas e grupos interessados em se apresentar no projeto, dentro do campus da UFSC, em Florianópolis, devem entrar em contato com o DAC através dos telefones (48) 3721-9447 / 3721-3853 ou por e-mail, enviando mensagem para

Serviço

O quê: Show de Fabiano Chiqueti

Quando: 15 de março de 2017, quarta-feira, às 12h30.

Onde: Projeto 12:30, ao lado do Centro de Cultura e Eventos, Praça da Cidadania, Campus da UFSC, Trindade, Florianópolis

Quanto: Gratuito e aberto à comunidade.

Contato: Projeto 12:30 – Departamento Artístico Cultural (DAC) / Igrejinha da UFSC, Praça Santos Dumont. Telefones (48) 3721-2497, 3721-9447 ou 3721-3853 –www.dac.ufsc.br

Fabiano Chiqueti: E-mail: Facebook: facebook.com/chiquetimusic

Fonte: DAC: SeCArte: UFSC

Curso pré-vestibular recruta estudantes da UFSC para atuar como docentes

13/03/2017 08:03

O curso popular Einstein Floripa está com inscrições abertas para docentes voluntários, voltadas para alunos da Graduação da UFSC. O Einstein Floripa é um cursinho pré-vestibular gratuito, sem fins lucrativos, voltado para estudantes de baixa renda. A organização e o corpo docente são formados por estudantes de graduação que atuam de forma voluntária ajudando pessoas a ingressarem no ensino superior, além e se desenvolverem no processo.

As aulas são ministradas no Centro de Ciências da Saúde (CCS) da UFSC.

As inscrições podem ser realizadas site https://einsteinfloripa.xyz/ps-docentes/ até 26 de março.

Mais informações no site.

UFSC lança editais para preenchimento de 191 vagas remanescentes

10/03/2017 17:11

A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) lançou dois editais para o preenchimento de 191 vagas remanescentes (95 delas para candidatos autodeclarados negros) dos processos seletivos Vestibular e das vagas suplementares para negros. As inscrições são gratuitas e devem ser realizadas de 10 a 17 de março.

Para concorrer a uma das 96 vagas do Vestibular, os candidatos devem ter participado do Vestibular UFSC 2017, ter tido sua redação avaliada e obtido nota igual ou superior a 3,00 (na escala 0,00 a 10,00) nessa avaliação; ou ter participado do ENEM 2014, 2015 ou 2016, tendo obtido no mínimo 300 pontos na disciplina de redação e pontuação correspondente à nota mínima do ENEM acrescida de 10%, em cada uma das seguintes disciplinas: Ciências Humanas e suas tecnologias, Ciências da Natureza e suas tecnologias, Linguagens e códigos e suas tecnologias e Matemática e suas tecnologias. O site para inscrição é o www.vestibular2017.ufsc.br

Para concorrer a uma das 95 vagas suplementares, poderão inscrever-se candidatos pertencentes ao grupo etnicorracial negro, oriundos de qualquer percurso escolar, que tenham concluído o Ensino Médio e que tenham participado de pelo menos uma das edições do ENEM realizadas em 2014, 2015 ou 2016 e obtido a pontuação mínima especificada no edital. O site para inscrição é o www.suplementaresnegros2017.ufsc.br

Confira os editais, com as vagas disponíveis:

Vagas remanescentes do Vestibular.

Vagas suplementares para negros.

 

Livro organizado por professor da UFSC aborda as doenças transmitidas por artrópodes

10/03/2017 15:13

Eles estavam aqui muito antes de nós. Há 200 ou 300 milhões. Quando nós proliferamos, e tomamos conta das terras, começaram a sugar nosso sangue e a transmitir vários agentes patogênicos como vírus, bactérias protozoários, vermes, causando danos para o ser humano. Mudanças ambientais e climáticas, mobilidade das pessoas e animais domésticos resultaram em situações inesperadas como a zika, a chikungunya e a doença do sono.

Eles são os artrópodes, animais invertebrados que possuem exoesqueleto rígido e vários pares de apêndices articulados, cujo nome varia de acordo com a classe.  É um grupo numeroso e diversificado, formado, entre outros, por insetos e carrapatos, que convivem de perto conosco e são responsáveis por doenças como malária, leishmaniose e Doença de Chagas, sem falar nas mais midiáticas como chikungunya, febre amarela e dengue, transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti.

São os personagens principais de um livro organizado pelo professor Carlos Brisola Marcondes, intitulado Arthropod Borne Diseases (Doenças transmitidas por artrópodes), publicado na língua inglesa pela Editora Springer agora em 2017 e com 645 páginas que têm um objetivo essencial: compreender para prevenir. Foram convidados para escrever artigos os principais especialistas de diversos países como Estados Unidos, França, Inglaterra, Camarões, Argentina, do próprio Brasil, além de membros da Organização Pan americana de Saúde.

© Pipo Quint / Agecom / UFSC

Brisola: compreender para prevenir. Foto: Jair Quint/Agecom/UFSC

Do alto de sua graduação em Ciências Biomédicas pela Escola Paulista de Medicina em 1973, mestrado em Parasitologia em 1978 na Universidade Federal de Minas Gerais e doutorado em Entomologia no ano de 1997 na Universidade Federal do Paraná, o professor Brisola, nascido em São Paulo, é assertivo quando diz que é preciso compreender como vivem os insetos, entrar nas florestas, estudar o habitat em que vivem. “Não se pode esperar que morram macacos para se tomar providências  e então vacinar a população.”

“Deixar para depois”

Cada capítulo fala de uma ou duas doenças, o ciclo, o transmissor, o modo como transmite, o diagnóstico da doença, o tratamento etc. Quem é o parasito, como ele é transmitido, como pode ser tratado, quais os sintomas da doença, o diagnóstico, o tratamento, cobrir todos os aspectos relacionados. Como Brisola diz logo no começo, o objetivo é o de prevenir, evitar sofrimento e mortes. “A morte de um homem é uma tragédia; a de milhões é uma estatística.”

A obra fornece aos profissionais em saúde e ao público em geral informações para resolver problemas relacionados às doenças transmissíveis. Segundo Brisola, o crescente conhecimento de mecanismos patogênicos, diagnóstico, tratamento e profilaxia não são bem divulgados e muitos serviços de saúde pública permanecem mal informados, acreditando que essas doenças não ocorrem no dia-a-dia.

Mas essas são doenças que ocorrem em um monte de países. Existem vírus transmitidos por mosquitos no Canadá, nos Estados Unidos, que são países desenvolvidos e frios. “Não é porque é desenvolvido que não tenha as doenças”, ressalva o professor Brisola.

Ela cita o caso de cachorros pegando leishmaniose visceral na Finlândia. O animal contraiu a doença através de um mosquito na Espanha, retornou e contaminou outros cachorros. “Isso que é uma surpresa. Surpresa não é a leishmaniose visceral em Porto Alegre. Isso é falta de cuidado das autoridades de saúde.”

Brisola se refere à grande quantidade de cães positivos com leishmaniose visceral no Rio Grande do Sul, onde uma menina passou quatro meses com a doença e morreu. A leishmaniose visceral é uma doença de difícil identificação. Os sintomas incluem febre prolongada, emagrecimento e redução de glóbulos brancos.

“Não havia um caso humano em Porto Alegre. Ora, se o médico ler, estudar, pesquisar porque que a febre não cede, observar o número de cachorros positivos, colher material da medula óssea e fazer um exame sorológico pode diagnosticar com precisão. Uma criança morreu quando não podia ter morrido. É um absurdo isso. A pessoa precisa estudar, ter acesso à literatura. Então, esse livro facilita a compreensão sobre essas doenças para prevenir, para evitar mortes”, reafirma Carlos Brisola.

Aqui, em Santa Catarina, Brisola ressalta que havia pesquisadores muito bons que nas décadas de 70 e 80 estudavam o barbeiro, responsável pela Doença de Chagas, e tiveram que ir para outras áreas, como biologia molecular, por falta de dinheiro. “De repente surge um surto da doença no caldo de cana. Pegou todo mundo desprevenido. Mas se eles tivessem tido condições de subir na palmeira, procurar o barbeiro e ver que lá é perigoso, o surto não teria ocorrido. Ou seja, é fundamental dar condições para se desenvolver pesquisa, pessoas estudarem, prestarem atenção. Essa é a lacuna que o livro tenta preencher.”brisola

E por que não se faz isso? “Porque impera a cultura do sempre deixar para depois. Agora não dá, não tem isso ou aquilo. Se falar com o pessoal da saúde pública, eles vão dizer que a bola da vez é o Aedes e que não há tempo para mais nada. Ordens superiores de Brasília para só mexer com dengue”, lamenta.

Enquanto isso as outras doenças vão proliferando. “Tem que evitar um incêndio antes que ele comece. Não adianta correr para formar Bombeiros e pedir socorro depois que o fogo tiver começado”, avisa Carlos Brisola Marcondes, aposentado há um ano e meio, mas ainda voluntário no Departamento de Microparasitologia da UFSC.

Arthropod Borne Diseases está disponível no site da Editora Springer (www.springer.com) em formato de e-book. Pode-se comprar os capítulos separadamente por cerca de vinte dólares cada ou o livro inteiro por cerca de duzentos euros.

Artemio Reinaldo de Souza/Agecom/UFSC

 

 

 

 

Programa Avançado em Matemática promove palestra nesta segunda-feira

10/03/2017 13:54

Programa Avançado em Matemática (PAM) promove uma palestra de divulgação nesta segunda-feira, 13 de março, às 18h30, no auditório do EFI. O PAM é oferecido pelo departamento de Matemática para os estudantes da UFSC que desejam ter uma formação mais sólida nos cursos básicos de Matemática (Cálculo e Álgebra Linear) com um viés mais técnico e teórico, em especial aos estudantes do CTC, CFM e CSE.

Para ingressar no PAM, os estudantes deverão participar de aulas preparatórias no início do semestre. Após esse período, poderão fazer a prova de seleção e os classificados terão direito a participar do curso.

As aulas ocorrerão nas segundas, das 18h30 às 21h, na sala CTC 207, e quartas-feiras, das 18h30 às 21h, na sala 201 do CTC.

Mais informações pelo telefone (48) 3721-3581 ou na página do programa (www.pam.mtm.ufsc.br).

Prorrogadas as inscrições para o FAM 2017

10/03/2017 12:10

FAM2017-Banner-600x600pxA organização do 21º Florianópolis Audiovisual Mercosul – FAM 2017 – prorrogou até o dia 15 de março as inscrições dos filmes para serem submetidos a seleção do Festival. São cinco Mostras competitivas e podem participar documentários de longa e média-metragem, filmes de temática infantojuvenil em todas as metragens, curtas de todos os gêneros, com até 30 minutos de duração, e videoclipes de até cinco minutos.

Pela primeira vez a categoria videoclipe ganha uma mostra especial no FAM e visa destacar a música autoral. “Sempre fazemos parcerias com músicos, tivemos lançamentos de videoclipes no palco do Festival e este ano estabelecemos uma mostra específica destas obras audiovisuais no FAM”, ressalta a diretora de programação Marilha Naccari.

Os filmes inscritos irão concorrer nas seguintes categorias: Mostra de Curtas Mercosul e Catarinense, DOC – FAM, Mostra Infantojuvenil e Mostra Videoclipe. As inscrições são gratuitas no site www.famdetodos.com.br.

O FAM é um  espaço de formação de público, difusão da produção latino-americana e regional, além da reunião de profissionais do setor. Já são mais de duas décadas de dedicação ao desenvolvimento da cinematografia dos países membros do Mercosul.

O 21º Florianópolis Audiovisual Mercosul será realizado de  20 a 25 de junho, no Centro de Cultura e Eventos da Universidade Federal de Santa Catarina, em Florianópolis.

Exigências

Ficou mais fácil realizar a inscrição dos filmes no FAM. Nas categorias Curtas Mercosul, Curtas Catarinenses e Infantojuvenil, não há obrigatoriedade de legenda no momento da inscrição, sendo exigido apenas a lista de diálogos. Na Mostra Doc-FAM, os filmes deverão ter legenda embutida no arquivo de vídeo.

Outra novidade é que os filmes selecionados para o Festival não precisam ter a classificação indicativa. O FAM se responsabiliza de submeter as obras ao Sistema de Classificação Indicativa Brasileiro, sem custo para os realizadores.

Podem participar filmes finalizados a partir de 2015 e o ineditismo é desejável, porém não é critério de desclassificação, mas sim de desempate.         O regulamento completo e a ficha de inscrição estão disponíveis no site www.famdetodos.com.br

Florianópolis Audiovisual Mercosul
Consolidado como um dos principais eventos de cinema do Brasil e da América do Sul o Florianópolis Audiovisual Mercosul já exibiu mais de 2 mil filmes, para um público de mais de 300 mil pessoas. Em 2017, o FAM chega na Vigésima Primeira Edição, sempre com dedicação total para o desenvolvimento da cinematografia dos países membros do  Mercosul. O Festival é um grande encontro daqueles que pensam, produzem, criam e amam o cinema.

 

UFSC realiza testes gratuitos de rastreamento a Hepatites Virais dia 13, segunda-feira

10/03/2017 11:24

Cartaz Hepatite HU-01 (1) A Coordenadoria de Promoção e Vigilância em Saúde (CPVS) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), vinculada ao Departamento de Atenção à Saúde (DAS) da Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (Prodegesp), convida alunos, técnicos-administrativos em Educação (TAEs) e docentes a realizarem os testes gratuitos de Hepatites Virais que ocorrerão no hall de entrada do Hospital Universitário (HU) no dia 13 de março, das 8h às 12h e das 13h às 17h. É necessário apresentar o cartão de vacinação.

A professora do Departamento de Gastroenterologia do Departamento de Clínica Médica da Universidade, Janaína Schiavon, ministrará uma palestra às 11h no miniauditório. Mais informações pelos telefones (48) 3721-4262 e (48) 3721-4274.

Coordenadoria de Inclusão Digital fecha nos dias 14 e 15 de março para realização de validação de renda

10/03/2017 10:57

A Coordenadoria de Inclusão Digital (Coid) da Secretaria de Ações Afirmativas e Diversidades (Saad) estará fechada nos dias 14 e 15 de março para realização da validação dos candidatos aprovados na modalidade cotas “escola pública, renda familiar bruta mensal igual ou inferior a 1,5 salários mínimos per capita/PPI (autodeclarados pretos, pardos ou indígenas)”. A Coid está localizada ao lado da entrada da Biblioteca Central (BU). Mais informações pelo telefone (48)3721-4632.

Campus UFSC Blumenau dá as boas-vindas aos calouros

10/03/2017 10:54

Vice-reitora Alacoque Lorenzini recepciona novos estudantes no campus UFSC Blumenau. (Foto: Divulgação/UFSC Blumenau)

Os corredores da Sede Acadêmica da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em Blumenau ganharam vida, nessa segunda-feira, dia 6, com o retorno do ano letivo e a recepção aos calouros de graduação. Com cerca de 250 novos alunos dos cursos de Licenciatura em Matemática e Química e das Engenharias de Controle e Automação, Têxtil e Materiais, o campus Blumenau agora conta com mais de 1000 estudantes matriculados regularmente.

Com uma programação que se dividiu entre a manhã e a noite, os novos membros da comunidade acadêmica foram saudados pela vice-reitora da universidade, Alacoque Lorenzini Erdmann; pelo pró-reitor de Pesquisa, Sebastião Roberto Soares; pelos diretores do campus, João Luiz Martins e Ana Julia Dal Forno; pelos chefes dos Departamentos, Luiz Rafael dos Santos (CEE) e Alex Sandro Roschildt Pinto (ENG); e pelos coordenadores dos cursos, André Vanderlinde da Silva (MTM), Lidiane Meier (QMC), Rita de Cassia Siqueira Curto Valle (ETX), Johnny De Nardi Martins (EMT) e Ebrahim Samer El Youssef (ECA). Participaram ainda os representantes dos Centros Acadêmicos (CAs), Diretório Central dos Estudantes (DCE), do Núcleo de Apoio Estudantil (NAE), do Núcleo Pedagógico (NUPE) e da Biblioteca Setorial.
(more…)

Ensino superior brasileiro é tema de conferência no campus UFSC Blumenau

10/03/2017 09:43

Palestra sobre o ensino superior brasileiro reúne comunidade universitária de Blumenau. (Foto: Divulgação/UFSC Blumenau)

No mesmo ano em que a UFSC iniciou seu processo de interiorização com a criação dos campi de Joinville, Araranguá e Curitibanos, Santa Catarina ganharia uma nova instituição de ensino superior federal com a criação da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), em setembro de 2009. Nessa época, se estabelecermos um rápido paralelo com os estados vizinhos, os catarinenses tinham menos opções de acesso à educação nesses estabelecimentos: o Rio Grande do Sul já contava com cinco universidades públicas federais e o Paraná, duas.

Entretanto, a expansão promovida pelo governo federal não supriu um déficit histórico na educação brasileira. Em conferência proferida no campus Blumenau, o professor aposentado da Universidade Federal de São Carlos e da Universidade Metodista de Piracicaba, Valdemar Sguissardi, um dos mais destacados pesquisadores na área do ensino superior brasileiro, demonstrou aos presentes, na tarde do dia 7/3, que estamos em um patamar ainda longe do ideal. Autor de um dos mais completos diagnósticos sobre as políticas de expansão e acesso ao ensino público superior, Sguissardi produziu, em 2014, a pedido da Organização dos Estados Ibero-americanos (OEI), em parceria com o Conselho Nacional de Educação (CNE), um “raio-x” do desenvolvimento das universidades federais no período de 2002 – 2012.

Palestrante Valdemar Sguissardi (dir.). (Foto: Divulgação/UFSC Blumenau)

Crítico e questionador, o convidado deu início ao tema afirmando que “Estado não é sinônimo de público”. Para ele o hibridismo dos interesses públicos e particulares que permeiam a definição das leis (se referindo especialmente Congresso Nacional) faz com que, muitas vezes, universidades públicas estatais tenham menos serviço ao público do que instituições privadas: “observa-se universidades comunitárias ou confessionais, que possuem caráter privado, desenvolvendo pesquisas e projetos que atendem muito mais à região onde estão inseridas dos que as federais”, exemplificou. O pesquisador diferenciou também dois aspectos nas políticas de expansão do ensino superior no Brasil. Para ele o Programa Universidade para Todos (Prouni) e o Programa de Financiamento Estudantil (Fies) democratizaram o acesso, mas não a permanência. Esses fatores somados à crescente propagação de grupos empresariais do ramo educacional sobre o ensino superior, encarado como um mercado a ser explorado, tornam cada vez mais desafiador o cenário para as universidades federais. Segundo os dados coletados, a educação encontra-se entre os quinze ramos mais lucrativos da bolsa de valores no Brasil. Num intervalo de sete anos, de 2007 a 2014, 31% do ensino brasileiro já se encontrava sob a gerência de cinco grupos educacionais. Hoje, aproximadamente 70% das matrículas do ensino superior encontram-se em instituições com fins lucrativos. “São 1 milhão e 300 mil alunos nas federais. Se o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) – autarquia federal vinculada ao Ministério da Justiça  - autorizar a compra do grupo Estácio de Sá pela Kroton Educacional eles englobarão um universo de 1 milhão e 500 mil estudantes”, apresentou (saiba mais sobre o caso aqui e aqui). Quando questionado sobre as tendências para o futuro, Valdemar ressaltou a rápida expansão do capital aberto no ramo universitário. Com precisão, apresentou estatísticas dos últimos Censos da Educação Superior, que demonstram a crescente predominância de matrículas na rede privada. Segundo ele, um reflexo das políticas definidas na década de 90 de estímulo à disseminação dessas instituições e que levaram, como consequência, a um maior sucateamento das universidades públicas. Além disso, o diagnóstico do professor aponta para uma Educação Superior como mercadoria, cuja disputa econômica tende a se constituir em monopólio. A conferência contou com a presença do Diretor do campus Blumenau, João Luiz Martins, com condução dos Professores Drª Gestine Cássia Trindade e Dr. Julio Faria Corrêa.

 

Texto e fotos: Comitê de Comunicação / Campus UFSC Blumenau

DAC abre inscrições para oficinas de arte a partir de 13 de março

10/03/2017 09:25

Oficinas de Arte, foto WEB1000O Departamento Artístico Cultural (DAC), da Secretaria de Cultura e Arte (SeCArte), da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) oferece neste primeiro semestre de 2017 várias oficinas de Arte que são abertas à participação de alunos, servidores técnicos-administrativos e docentes da UFSC, e pessoas da comunidade.

Serão oferecidas 11 oficinas com 244 vagas. As oficinas serão ministradas por instrutores e artistas da comunidade. As inscrições acontecerão de maneira presencial, por ordem de chegada, conforme calendário de inscrição da oficina selecionada, na Coordenação de Cursos e Oficinas de Arte, na sede do DAC (Teatro/Igrejinha da UFSC), na Praça Santos Dumont, Trindade, em Florianópolis.

Os interessados devem preencher a Ficha de Inscrição, que deverá ser entregue na coordenação das Oficinas Livres de Arte do DAC, quando será emitido um Boleto Bancário com data de vencimento para pagamento da taxa de matrícula. A matrícula será efetivada mediante a apresentação do comprovante de pagamento da taxa. Havendo vagas remanescentes, as inscrições poderão ser efetuadas durante a semana, nos dias seguintes aos dias da oficina divulgada, até o início das aulas.

A relação completa dos Cursos e Oficinas de Arte do DAC, com informações sobre dias e horários, ementa/resumo, currículo dos coordenadores e ministrantes, e também as demais informações e procedimentos para as inscrições estão disponíveis no site. Não haverá mensalidade, a inscrição fica condicionada ao pagamento da taxa única de inscrição, cujo valor varia de acordo com a oficina escolhida. É possível matricular-se em mais de uma oficina, desde que não haja choque de horário.

As oficinas acontecerão somente se for atingido o número mínimo de alunos.

Serviço:

Inscrições para Cursos e Oficinas de Arte do Departamento Artístico Cultural (DAC/SeCArte) da UFSC para o primeiro semestre de 2017.
Aberto à comunidade.
Data: de 13 a 16 de março, conforme o calendário de inscrição de cada oficina.
Local: Departamento Artístico Cultural (DAC), Igrejinha da UFSC, Praça Santos Dumont, Trindade, Florianópolis-SC
Valor: Taxa de inscrição única, conforme a oficina. Sem mensalidade.

OFICINA DATA HORÁRIO
VIOLÃO 13/03/2017 10:00 às 17:00 horas
CERÂMICA 13/03/2017 10:00 às 17:00 horas
HISTÓRIA DA ARTE 13/03/2017 10:00 às 17:00 horas
FOTOGRAFIA 14/03/2017 10:00 às 17:00 horas
AQUARELA 14/03/2017 10:00 às 17:00 horas
DESENHO – RETRATO ILUSTRADO 14/03/2017 10:00 às 17:00 horas
DANÇANDO OS ARQUÉTIPOS FEMININOS 14/03/2017 10:00 às 17:00 horas
DOCUMENTÁRIO 15/03/2017 10:00 às 17:00 horas
PINTURA MURAL 15/03/2017 10:00 às 17:00 horas
DANÇAS INDIANAS 15/03/2017 10:00 às 17:00 horas
DANÇAS CIRCULARES 16/03/2017 10:00 às 17:00 horas

Obs: As inscrições para oficinas de teatro serão realizadas posteriormente.

 

Mais informações:
Departamento Artístico Cultural (DAC): (48)3721-2498 / 3721-9447 / 37216493
www.dac.ufsc.br

Fonte: [CW] DAC:SeCArte:UFSC, com informações da coordenação das oficinas.

DIVULGA UFSC – 10/03/2017 – edição 838

10/03/2017 08:55

Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)

www.divulga.ufsc.br – 10/03/2017 – Edição semanal 838

 

UFSC mantém nota máxima na avaliação do Enade 2015

O Ministério da Educação (MEC) divulgou, na quarta-feira, dia 8, os resultados do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) realizado em 2015. O teste avalia as redes de ensino públicas e privadas, por meio de provas aplicadas aos estudantes do primeiro e último anos de cada curso. Dentre as 12  universidades que tiraram nota 5, a UFSC ficou na 7ª posição com IGC contínuo de 4,0935. No Enade anterior, de 2014, dentre as 12 universidades com a nota 5, a UFSC havia ficado na 6ª posição com IGC contínuo de 4,1294. Continue a leitura>>.

Núcleo de Estudos Medievais promove palestra com professor alemão

O Núcleo Interdisciplinar de Estudos Medievais (Meridianum) promove, nesta sexta-feira, 10 de março, a palestra “Perspectivas da Digital Humanities e a Medievística: considerações entusiásticas de um usuário”,  com o professor Gerhard Lubich, da Ruhr-Universität Bochum,  Alemanha. O evento será a partir das 18h30, no mini auditório do Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFH). As inscrições são gratuitas e a participação dá direito a certificado de quatro horas. Mais informações: Site do Meridianum.


Pós em Ciência dos Alimentos abre seleção para bolsa de pós-doutorado

O Programa de Pós-Graduação em Ciência dos Alimentos abriu a seleção para uma bolsa de pós-doutorado (PNPD-CAPES). A bolsa tem o valor de R$ 4,1 mil mensais e após a seleção, a implementação será imediata. As inscrições se encerram às 12h do dia 10 de março. Mais informações no edital de Seleção http://pgcal.pos.ufsc.br/ e anexos.

Seminário internacional na pós em Recursos Genéticos Vegetais

O Programa de Pós-Graduação em Recursos Genéticos Vegetais (PGRGV/CCA) promove o seminário “Persistent effects of pre-Columbian plant domestication on Amazonian forest composition”, com a doutoranda Carolina Levis (INPA). O evento será nesta sexta-feira, dia 10 de março de 2017, às 16 h, no auditório da PGRGV. Informações: (48)3721-5333.

Curso em Gênero e Diversidade na Escola forma 140 especialistas

Um espaço e momento de aceitação, diversidade, amor, respeito e alegria. Assim foi a entrega de certificados aos 140 formandos no curso de Especialização em Gênero e Diversidade na Escola (GDE), promovido pelo Instituto de Estudos de Gênero da UFSC, na noite de sexta-feira, 3 de março, no auditório Garapuvu, de Centro de Cultura e Eventos. Continue a leitura » ».

Equipe de futsal feminina promove seletiva nos dias 13, 15 e 17 de março

O Centro de Desportos (CDS) está com inscrições abertas para a seletiva da equipe de futsal feminino da UFSC. Para participar, basta ser acadêmica da UFSC. As seletivas serão realizadas no Ginásio 1 do Centro de Desportos: 13/03, das 20h às 21h30; 15/03, das 20 às 21h30; e 17/03, das 19h às 20h. Informações com Fernando Teixeira, pelo e-mail Descrição: Esta imagem contém um endereço de e-mail. É uma imagem de modo que spam não pode colher. ou no Facebook.

Escola de Extensão abre inscrições para curso “O que é gordofobia?”

A Escola de Extensão da UFSC informa que estão abertas as inscrições para o curso “O que é gordofobia?”, coordenado pela professora do Departamento de Sociologia Política da Universidade, Marcia da Silva Mazon. Os encontros serão realizados às segundas-feiras, das 18 às 22h, de 13 de março a 10 de abril, no miniauditório do Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFH). Inscrições aqui.

Aula inaugural do curso de Jornalismo aborda produção de grandes reportagens

Jornalista e ex-aluno da UFSC, Vitor Hugo Brandalise é o convidado para a aula inaugural do curso de Jornalismo neste semestre. O evento ocorre na segunda-feira, 13 de março, às 9h, no auditório Henrique Fontes do Centro de Comunicação e Expressão (CCE). Vitor Hugo abordará o processo de produção de grandes reportagens e falará sobre seu livro “O último abraço – uma história real sobre eutanásia no Brasil”.

Pós-graduação em Literatura promove aula inaugural na segunda-feira

“A escuta selvagem” é o tema da aula inaugural promovida pelo programa de pós-graduação em Literatura (PPGLit/UFSC) na próxima segunda-feira, 13 de março, às 15h. A palestra será proferida pelo professor Raul Antelo, desdobrada em dois momentos: “A história universal da contingência” e “Logos, pathos, saber”. O evento será realizado no auditório Henrique Fontes do Centro de Comunicação e Expressão (CCE) e é aberto a toda a comunidade. Mais informações pelo e-mail Descrição: Esta imagem contém um endereço de e-mail. É uma imagem de modo que spam não pode colher. ou telefone (48) 3721-3799.

Aula Inaugural do Programa de Pós em Educação aborda Modernidade, Pós-Modernidade e Educação no dia 13

A Aula Inaugural do Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE/CED), será ministrada pelo coordenador do Grupo de Pesquisa em Currículo e Contemporaneidade da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Alfredo Veiga-Neto, com o tema “Modernidade, Pós-Modernidade e Educação: Deslocamentos e Continuidades”. O evento será realizado no dia 13 de março, às 9h, no Auditório do Colégio de Aplicação. Mais informações pelo telefone (48) 3721-2251 e no site do PPGE.

Clube Universitário de Judô realiza seletivas para atletas com e sem experiência na modalidade

O Clube Universitário de Judô abriu inscrições, nos naipes masculino e feminino, para os treinamentos do primeiro semestre de 2017. A primeira convocatória, no dia 13 de março, às 19h45, é para judocas com experiência (eles devem se apresentar com judogui completo, chinelos e garrafinha para água). Uma segunda convocatória será realizada no dia 15 de março para alunos sem experiência e que desejam aprender esta modalidade esportiva. Os treinos são gratuitos e acontecem no Dojô de Artes Marciais bloco 6 CDS, nas segundas, quartas e quintas, às 19h45. Informações: (48) 98425-4463 e 99103-9697,   .

Abertura de nova turma no NuHAS

O Núcleo de Humanização, Arte e Saúde (NuHAS) abre vagas para novos membros. As inscrições serão realizadas na segunda-feira, 13 de março, a partir das 12h no hall do Centro de Ciências da Saúde (CCS). Não é necessário ter vínculo com a UFSC para participar. As 40 vagas serão preenchidas presencialmente e por ordem de chegada. As atividades promovidas pelo NuHAS visam contribuir para a humanização e para ressignificar práticas de cuidado e atenção à saúde em diversos contextos, através de manifestações artísticas e culturais. O núcleo possui três projetos: Terapeutas da Alegria, Humanizarte e Apoio pedagógico ao curso de Enfermagem da UFSC. Informações: http://nuhas.paginas.ufsc.br/.

DAC abre inscrições para oficinas de arte a partir de 13 de março

O Departamento Artístico Cultural (DAC/SeCArte) oferece neste primeiro semestre de 2017 várias oficinas de Arte que são abertas à participação de alunos, servidores técnicos-administrativos e docentes da UFSC, e pessoas da comunidade. Serão oferecidas 11 oficinas com 244 vagas. As oficinas serão ministradas por instrutores e artistas da comunidade. As inscrições acontecerão de maneira presencial, por ordem de chegada, conforme calendário de inscrição da oficina selecionada, na Coordenação de Cursos e Oficinas de Arte, na sede do DAC (Teatro/Igrejinha da UFSC), na Praça Santos Dumont, Trindade, em Florianópolis.

Acompanhe outras notícias da UFSC
noticias.ufsc.br

Confira a programação da TV UFSC
tv.ufsc.br

Siga a UFSC nas redes sociais
Facebook
TwitterFacebook


Contatos com a produção deste informativo:

Coordenadoria de Comunicação Organizacional e Novas Mídias – Agecom
Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).
Campus Reitor João David Ferreira Lima. Trindade. Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.

/ +55 (48) 3721-2824 / 3721-2825

Acesse nossa Política Editorial

Para deixar de receber nossos boletins, clique aqui.

 

 

Programa de Pós-Graduação em Filosofia promove aula magna no dia 20 de março

10/03/2017 08:00

O Departamento de Filosofia e o Programa de Pós-Graduação em Filosofia promovem aula magna no dia 20 de março com o professor Denis Coitinho (Unisinos/CNPq). O encontro será no auditório do Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFH), às 19h, e contará com o lançamento do livro Contratos & virtudes Por uma teoria moral mista. Antes, das 14h30 às 17h, haverá discussão do livro.

Mais informações no site.

 

Glauco Olinger e Newton da Costa são os convidados da Aula Magna do primeiro semestre

10/03/2017 07:21

A UFSC promove nesta terça-feira, às 9h30min, no Auditório Garapuvu, no Centro de Cultura e Eventos, a Aula Magna do primeiro semestre. Os convidados são Glauco Olinger e Newton Carneiro Affonso da Costa com mediação do professor Áureo Mafra de Moraes.

Glauco Olinger (Foto: Diário Catarinense)

Glauco Olinger (Foto: Diário Catarinense)

Olinger nasceu em Lages em 17 de setembro de 1922, é engenheiro agrônomo formado pela Universidade Rural de Minas Gerais, economista rural formado pelo ISEO e mestre em Ciências Sociais pela UFSC. Fundou a antiga Acaresc, atual Epagri, e o Centro de Ciências Agrárias da UFSC, da qual é professor emérito. É consultor da FAO da Organização das Nações Unidas (ONU) e foi condecorado por diversas instituições, além de ter conquistado premiações importantes na área de pesquisa e extensão rural. É autor de diversos livros.

Newton Costa (Foto: GGN)

Newton Costa (Foto: GGN)

Newton da Costa nasceu em 16 de setembro de 1929. É matemático, lógico e filósofo brasileiro, conhecido por seus trabalhos em lógica. Obteve três graduações pela Universidade Federal do Paraná: em 1952 formou-se em Engenharia Civil, e em 1955 e 1956 obteve o bacharelado e licenciatura em Matemática, ambos pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras.

Especializou-se em licenciatura de Matemática em 1957 e concluiu o doutorado em Análise Matemática e Análise Superior em 1961, orientado por Edison Farah. Newton da Costa foi também professor catedrático da Universidade Federal do Paraná, professor titular de Matemática e de Filosofia na Universidade de São Paulo e professor titular na Unicamp de Campinas. Foi ainda professor visitante em diversas entidades de pesquisa nas Américas e Europa. Atualmente é professor visitante do Departamento de Filosofia da UFSC. Tem livros editados no Brasil, na França e na Universidade de Oxford.

 

 

 

Grupo de Pesquisa em Performance, Artes Cênicas e Tecnologia promove segunda edição do Live Flux

09/03/2017 17:54

O Grupo de Pesquisa em Performance, Artes Cênicas e Tecnologia (PACT) do Curso de Cinema da UFSC, em parceria com a Fundação Catarinense de Cultura (FCC) e o Museu da Imagem e do Som de Santa Catarina (MIS/SC), promove a segunda edição do evento Live Flux, de 14 a 17 de março. A programação conta com três apresentações de cinema live: Psychonautic Live Cinema, com Bruno Bez; Artéria, com Calixto Bento e Letícia Gomes; e Cores ao Avesso, com Carol Serafim, João Peralta e Nícolas Haverroth. Além das apresentações, serão realizadas uma oficina sobre o processo da performance Cores ao Avesso e uma roda de conversa sobre Pós-Cinemas, mediada por Carlos Castro.

Psychonautic Live Cinema é uma experiência narrativa não-linear onde a convergência dos fatos e o fluxo cerebral criativo são usadas para levar o espectador a uma abstração livre de significado.  Apresenta uma perspectiva dinâmica de imagens mixadas em tempo real por Bruno Bez, dialogando com a percussão ao vivo de Marcio Bicaco. Com suporte visual de Ben Ridgway – Inner Space Art, Martin Stebbing, Ian Clemmer // phizikl, Android Jones, Julius Horsthuis, Tatyana Zabanova e Jean-Baptiste Di Marco, além da trilha sonora base de B. Ashra e Jay Haze. Psychonautic Live Cinema combina visuais produzidos através de algoritmos de fórmulas matemáticas e músicas composta por técnicas científicas, como a de hemi-sync, que influencia a atividade de ondas cerebrais.

Artéria é performada pelo duo Cinelante, Calixto Bento e Letícia Gomes. Investiga a transdução de estímulos biológicos em parâmetro de controle na performance audiovisual. Artéria é composto pelo retorno dos elementos, o fluxo oxigenado suprindo de energia toda a malha, irrigando toda a capilaridade. O controle apropriado como estratégia na performance é obtido através de hack dos batimentos cardíacos no momento da apresentação, como parte do coeficiente numérico que altera os parâmetros de controle.

Cores Ao Avesso une dança e live cinema numa composição em três partes que articulam elementos para se pensar a sociedade: suas relações de poder, o peso da rotina, os ciclos de vida e morte. Sob o prisma de Cores Ao Avesso, o  movimento cotidiano dos sujeitos urbanos é transfigurado a um espectro sinestésico que instiga a uma experiência entre o intimismo do indivíduo e a agitação ruidosa da cidade. O movimento estabelecido e padronizado é explodido para servir de elemento primordial de criação na busca pela desuniformidade das cores. A performance é resultado da pesquisa aplicada dos integrantes do PACT,  Carol Serafim, João Peralta e Nícolas Haverroth.

A programação será realizada no Centro Integrado de Cultura (CIC), entre os dias 14 e 17 de março, às 19h, com entrada gratuita.

A curadoria do evento é feita pelo professor Rodrigo Garcez.

Programação:

Dia 14, às 19h, Caixa de idéias MIS – Oficina sobre o processo da performance Cores ao Avesso.
Dia 15, às 19h, Cinema do CIC – Psychonautic Live Cinema.
Dia 16, às 14h, Caixa de idéias MIS – Conversa aberta com os convidados mediada por Carlos Castro sobre Pós-Cinemas.
Dia 16, às 19h, MIS – Artéria.
Dia 17, às 19h, MIS – Cores Ao Avesso.

Mais informações no Facebook ou pelo telefone: (48) 3664-2651.

unnamed (1)

Curso de Extensão de Design de Joias abre período de inscrições

09/03/2017 17:14

O Curso de Extensão de Design de Joias está com inscrições abertas para o primeiro módulo. Estão sendo ofertadas 30 vagas para o curso prático, que envolve desenho e ilustração colorida de joias. Os trabalhos são feitos à mão e com materiais como canetas hidrocor, guache, pincéis, papel vegetal, entre outros.

As aulas serão realizadas todas as segundas-feiras, das 19h às 21h45. O curso terá 32 horas de duração, com início no dia 20 de março.

O valor total é de R$195,00, que deve ser pago por boleto bancário.

Os interessados devem se inscrever pela página.

 

Projeto da UFSC recebe Chancela da Sociedade Brasileira de Computação

09/03/2017 16:10

O projeto “Computação na Escola”, coordenado pelo Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia para Convergência Digital (Incod/UFSC) em parceria com o Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC), foi um dos selecionados para receber Chancela da Sociedade Brasileira de Computação (SBC). O reconhecimento é dado à projetos que promovem o contato de crianças, adolescentes, idosos com a computação.

A iniciativa busca inserir o ensino de computação no Ensino Fundamental e Médio por meio da criação de unidades instrucionais de acordo com diretrizes de currículo e adequadas às respectivas faixas etárias. Dentre as atividades oferecidas pelas unidades de ensino do Computação na Escola estão: oficinas em família, com crianças de 7 a 14 anos, a fim de aumentar o incentivo e apoio dos pais de forma que também compreendam a importância da computação; integração interdisciplinar com disciplinas de outras áreas, como Artes, História e Língua Portuguesa, que permitem aos alunos uma experiência de computação através de diferentes campos de conhecimento; desenvolvimento de jogos, aplicativos e programação de robôs interativos com softwares de baixo custo e/ou software livre, como Arduino e Scratch, que promovem o acesso de alunos de baixa renda ao ensino de computação nas escolas públicas brasileiras.

unnamed

 

Núcleo de Humanização, Arte e Saúde oferece vagas para novos membros

09/03/2017 15:51

O Núcleo de Humanização, Arte e Saúde (NuHAS) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) abre vagas para novos membros, com inscrições no dia 13 de março, a partir das 12h no Centro de Ciências da Saúde (CCS). As atividades promovidas pelo NuHAS visam contribuir para a humanização e ressignificar práticas de cuidado e atenção à saúde em diversos contextos, através de manifestações artísticas e culturais. Não é necessário ter vínculo com a UFSC para participar. As 40 vagas serão preenchidas presencialmente e por ordem de chegada.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

(more…)

Cursos Extracurriculares oferecem nova data para teste de nivelamento em Inglês

09/03/2017 15:05

O Departamento de Língua e Literatura Estrangeiras informa que haverá um novo teste de nivelamento de Inglês na próxima quinta-feira, 16 de março. As inscrições estão abertas no site dos Cursos Extracurriculares e a prova será online através da plataforma Moodle. Para fazer o teste, é indicado que sejam alunos que já tenham algum conhecimento da língua inglesa, e que não gostariam de iniciar no 1° nível.

Inscrições abertas para Vestibular dos cursos de graduação a distância da UFSC

09/03/2017 14:40
O processo seletivo para os cursos de graduação a distância oferecidos pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), por meio do programa Universidade Aberta do Brasil (UAB), do Ministério da Educação, oferece 1.390 vagas, distribuídas em 19 polos para sete cursos de graduação, sendo cinco licenciaturas e dois bacharelados. As inscrições devem ser realizadas de 3 a 23 de março. As provas serão aplicadas no dia 23 de abril.
Os cursos de licenciatura são Ciências Biológicas, Filosofia, Física, Letras-Português e Matemática. Já os cursos de bacharelado são Administração e Administração Pública.
Mais informações:
Cartaz_Print_Vestibular-EAD-UFSC-2017-01-05

Pesquisadores da UFSC instalam primeira boia meteo-oceanográfica em Santa Catarina

09/03/2017 13:22

REBIO_ARVOREDOUma boia meteo-oceanográfica, a SiMCosta SC-01, está fundeada desde o dia 22 de fevereiro nas proximidades da Ilha do Arvoredo, interior da Reserva Biológica (Rebio) Marinha do Arvoredo, em Florianópolis. A instalação e manutenção da boia instrumentalizada é fruto de uma parceria entre o Sistema de Monitoramento da Costa Brasileira (SiMCosta), a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio). “Esta parceria é fundamental para o sucesso do programa de monitoramento de longo prazo na Rebio Marinha do Arvoredo”, salienta o coordenador nacional do SiMCosta e pesquisador do programa de pós-graduação em Oceanografia da UFSC (PPGOceano), Carlos Alberto Eira Garcia.

De acordo com Ricardo Castelli Vieira, chefe da Rebio do Arvoredo, “os dados obtidos pela boia servirão para dar continuidade ao monitoramento de parâmetros oceanográficos realizado pela UFSC ao longo de 2014, 2015 e 2016, no âmbito do Projeto de Monitoramento Ambiental da Rebio Arvoredo e entorno (MAArE)”. Andrea Freire, coordenadora da área de Oceanografia do MAArE, reforça a importância da instalação da boia para o desenvolvimento da pesquisa em oceanografia no estado: “Santa Catarina tem sido um lugar de muitas ocorrências de desastres naturais, todos relacionados à variabilidade oceanográfica e meteorológica. Agora teremos a possibilidade de observar essas variações.”

A pesquisadora salienta que a instalação da boia SiMCosta SC-01 é inédita: “É a primeira vez que o estado tem uma boia tão eficiente. Já existiam boias com essas características em vários lugares, mas não em Santa Catarina.” Outra vantagem, segundo Andrea, é o fato de o equipamento estar instalado dentro de uma reserva biológica. “Nenhuma outra boia está instalada dentro de uma unidade de conservação no Brasil. Os dados coletados serão muito importantes.” A reserva Biológica Marinha do Arvoredo (Rebio do Arvoredo), onde atuou o MAArE, está localizada na região central do litoral catarinense, incluindo quatro ilhas — Arvoredo, Deserta, Galés e Calhau de São Pedro — e o ambiente marinho associado. A reserva engloba águas dos municípios de Florianópolis, Governador Celso Ramos, Porto Belo, Bombinhas e Tijucas, em Santa Catarina. É a única Rebio marinha existente nas regiões Sul e Sudeste do País.

Na boia estão acoplados vários instrumentos e sensores que fornecem dados meteorológicos (vento, pressão atmosférica, temperatura, radiação solar, precipitação, umidade relativa e concentração de CO2) e oceanográficos (temperatura, salinidade, turbidez, concentração de CDOM, concentração de clorofila-a, oxigênio dissolvido e pH). Os dados obtidos pela SiMCosta SC-01 são transmitidos via satélite (meteorológicos) e por telefonia celular (oceanográficos), numa frequência horária, para servidor localizado na Universidade Federal do Rio Grande (Furg), instituição coordenadora do SiMCosta. Em seguida, os dados são disponibilizados on-line e gratuitamente no Portal SiMCosta.

Sobre o SiMCosta

O SiMCosta é um projeto que visa o monitoramento contínuo de propriedades meteorológicas e oceanográficas para fornecer informações ambientais e, ao longo do tempo, prover dados para estudos de impactos das mudanças climáticas ao longo da costa brasileira. O SiMCosta é coordenado pela Subrede Zonas Costeiras da Rede Clima e INCT para Mudanças Climáticas, com sede na Furg, e financiado pelo Fundo Nacional sobre Mudança do Clima (Fundo Clima), Ministério do Meio Ambiente (MMA) e Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI).

Mais informações no site do SiMCosta e do ICMBio ou pelos telefones (48) 37213530 | (48) 37218517

UFSC mantém nota máxima na avaliação do Enade 2015

09/03/2017 12:52

O Ministério da Educação (MEC) divulgou, na quarta-feira, dia 8, os resultados do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) realizado em 2015. O teste avalia as redes de ensino públicas e privadas, por meio de provas aplicadas aos estudantes do primeiro e último anos de cada curso. Dentre as 12  universidades que tiraram nota 5, a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) ficou na 7ª posição com IGC contínuo de 4,0935. No Enade anterior, de 2014, dentre as 12 universidades com a nota 5, a UFSC havia ficado na 6ª posição com IGC contínuo de 4,1294.

O conceito Enade é o principal indicador do Índice Geral de Cursos (IGC) avaliados da instituição, que monitora a qualidade dos cursos de graduação e divide as instituições por totais contínuos que vão de 0 a 5 pontos, com divisão por casas decimais, e em faixas que vão de 1 a 5. Avaliações abaixo de três são consideradas insatisfatórias pelo MEC. Para estarem em um nível aceitável de prestação de serviços de educação, é preciso tirar de 3 a 5 (5 é a nota máxima).

O MEC também divulgou o Conceito Preliminar de Curso (CPC), um indicador de qualidade que avalia os cursos superiores, calculado no ano seguinte ao da realização do Enade de cada área, com base na avaliação de desempenho de estudantes, corpo docente, infraestrutura, recursos didático-pedagógicos e demais insumos. O CPC, assim como o Conceito Enade, também é calculado por Unidade de Observação e é divulgado anualmente para os cursos que tiveram pelo menos dois estudantes concluintes participantes e dois estudantes ingressantes registrados no Sistema Enade. Os cursos que não atendem a esses critérios não têm seu CPC calculado, ficando sem conceito.

O Inep divulgou, ainda, os conceitos médios de Graduação, Mestrado e Doutorado das instituições (ver tabela abaixo) e dados adicionais sobre as instituições e estudantes pesquisados (ver link).

Confira a avaliação:

UFSC – Conceito 5

IGC contínuo – 4,0935

Indicadores das 12 melhores do Enade 2015

Nome da IES Sigla da IES UF da IES Nr. de Cursos com CPC no Triênio Conceito médio da Graduação Conceito Médio do Mestrado Conceito Médio do Doutorado IGC (Contínuo) IGC (faixa)
UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS UNICAMP SP 48 2,9393 4,8599 4,9233 4,3714 5
UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL UFRGS RS 55 3,2858 4,8871 4,9475 4,2854 5
UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS UFMG MG 58 3,3889 4,8475 4,9382 4,2079 5
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO UNIFESP SP 30 3,1258 4,5660 4,8285 4,1427 5
UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO UFRJ RJ 65 3,1720 4,8001 4,9270 4,1191 5
FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC UFABC SP 18 3,8763 4,3106 4,4842 4,1080 5
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA UFSC SC 60 3,2460 4,7611 4,9010 4,0935 5
UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA UFV MG 60 3,4252 4,6690 4,9105 4,0525 5
UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS UFLA MG 23 3,4585 4,6466 4,8486 4,0410 5
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS UFSCAR SP 46 3,2674 4,5126 4,8257 3,9809 5
UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA UNB DF 57 3,4277 4,5526 4,7124 3,9767 5

Conceito Enade  e Conceito Preliminar de Curso (CPC) 2015 dos cursos da UFSC

O Enade avalia cursos relacionados a áreas específicas, e, nesta edição, avaliou os seguintes cursos em todo o Brasil: Bacharelados em Administração; Administração Pública; Ciências Contábeis; Ciências Econômicas; Comunicação Social – Jornalismo; Comunicação Social – Publicidade e Propaganda; Design;  Direito; Psicologia; Relações Internacionais; Secretariado Executivo; Teologia e Turismo; além dos tecnológicos Comércio Exterior, Design de Interiores; Design de Moda; Design Gráfico; Gastronomia; Gestão Comercial; Gestão da Qualidade; Gestão de Recursos Humanos; Gestão Financeira; Gestão Pública; Logística; Marketing; Processos Gerenciais.

Foram avaliados 15 cursos na UFSC:

Código do Curso Código da Área Área de Enquadramento Município do Curso CPC Contínuo CPC Faixa Conceito Enade (Contínuo) Conceito Enade Faixa)
314238 18 PSICOLOGIA FLORIANÓPOLIS/SC  -  -  -  -
116530 26 DESIGN DE PRODUTO FLORIANÓPOLIS/SC Curso não-reconhecido até 31/12/2015
14213 1 ADMINISTRAÇÃO FLORIANÓPOLIS/SC 3,1307 4 4,2631 5
14223 2 DIREITO FLORIANÓPOLIS/SC 3,1407 4 4,0894 5
14222 803 JORNALISMO FLORIANÓPOLIS/SC 3,5379 4 4,6076 5
14219 22 CIÊNCIAS CONTÁBEIS FLORIANÓPOLIS/SC 3,1721 4 3,6468 4
116526 26 DESIGN FLORIANÓPOLIS/SC 3,1452 4 3,3537 4
82368 67 SECRETARIADO EXECUTIVO FLORIANÓPOLIS/SC 3,4101 4 3,7496 4
116532 81 RELAÇÕES INTERNACIONAIS FLORIANÓPOLIS/SC 2,7923 3 3,6010 4
123582 100 ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA FLORIANÓPOLIS/SC 3,6404 4 3,3782 4
1130129 1 ADMINISTRAÇÃO (A DISTÂNCIA) FLORIANÓPOLIS/SC 3,0727 4 2,5054 3
14220 13 CIÊNCIAS ECONÔMICAS FLORIANÓPOLIS/SC 2,5935 3 2,3182 3
113465 13 CIÊNCIAS ECONÔMICAS (A DISTÂNCIA) FLORIANÓPOLIS/SC 2,7742 3 1,2517 2
113467 22 CIÊNCIAS CONTÁBEIS (A DISTÂNCIA) FLORIANÓPOLIS/SC 2,8487 3 1,6828 2
116528 26 DESIGN DE ANIMAÇÃO FLORIANÓPOLIS/SC 1,8417 2 1,2560 2

 

Fonte:
Informações disponíveis no site do Inep
compiladas por Mayra Cajueiro Warren/Agecom/UFSC

Equipe do Centro Tecnológico de Joinville ministra workshop sobre foguetemodelismo em evento em São Paulo

09/03/2017 12:02
Kosmos Campus Party 3

Foto: Divulgação

A Equipe Kosmos Foguetemodelismo, do Centro Tecnológico de Joinville da UFSC, ministrou um workshop sobre a construção de minifoguetes na Campus Party, em São Paulo, no dia 3 de fevereiro. A Campus Party Brasil une jovens em torno de um festival de inovação, criatividade, ciências, empreendedorismo e universo digital.

O workshop foi realizado no Espaço Ciência pelos alunos Martin Schultz, Patrick Ericson da Silva Melo e Jessé Marcos Poffo. Os participantes tiveram a oportunidade de aprender a criar um projeto e fazer simulações com o uso do software OpenRocket, para construir, na prática, o que fizeram no ambiente virtual. De acordo com a organização, 110 pessoas passaram pelo workshop da Kosmos, o que fez dele o maior das últimas edições da Campus Party Brasil. O evento contabilizou com mais 700 horas de conteúdo, com palestras, workshops e apresentações. A edição de 2017 contou com a presença do cofundador da Netflix, Mitch Lowe, e da astronauta da Nasa, Duilia de Melo.

Com informações do Departamento de Engenharias da Mobilidade da UFSC

Aula Inaugural do Programa de Pós em Educação da UFSC aborda Modernidade, Pós-Modernidade e Educação dia 13

09/03/2017 10:45

A Aula Inaugural do Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE) da UFSC, vinculado ao Centro de Ciências da Educação (CED), será ministrada pelo coordenador do Grupo de Pesquisa em Currículo e Contemporaneidade da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Alfredo Veiga-Neto, com o tema “Modernidade, Pós-Modernidade e Educação: Deslocamentos e Continuidades”. O evento será realizado no dia 13 de março, às 9h, no Auditório do Colégio de Aplicação, em Florianópolis.

Mais informações pelo telefone (48) 3721-2251 e no site do PPGE.