Departamento de Psicologia promove roda de conversa ‘Povos Indígenas no Brasil: Como a Psicologia Social se envolve?’

25/05/2017 15:36

O Departamento de Psicologia da UFSC, em parceria com a Associação Brasileira de Psicologia Social (Abrapso), irá promover a roda de conversa “Povos indígenas no Brasil: como a psicologia social se envolve?”, no dia 29 de maio, às 19h. O evento será realizado na sala 10 do Departamento de História da UFSC e pretende debater a relação entre os povos indígenas e a psicologia social.

Estarão presentes Simoniel Patté, estudante de Engenharia Civil, do Povo Xokleng; Tschucambang Ndilli, estudante de Psicologia, do Povo Xokleng; Iclícia Viana, mestranda em Psicologia; Diógenes Cariaga, doutorando em Antropologia Social; e Sabrina Scarabellot, psicóloga da Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai).

Os participantes irão receber certificado.

Mais informações no Facebook.

Seminário de Abertura da Escola de Gestores dia 2 de junho na Sala dos Conselhos

25/05/2017 15:32

No dia 2 de junho, a UFSC realiza o Seminário de Abertura da Escola de Gestores com o objetivo de apresentar o programa e os resultados das dissertações defendidas no Mestrado Profissional em Administração Universitária (PPGAU/UFSC).

10h – 12h – Abertura / Apresentação do Programa / Palestra sobre a Escola de Gestores / Apresentação do Instrumento de Avaliação da Gestão

14h – 18h – Palestra sobre Gestão Universitária / Apresentação dos trabalhos do PPGAU

Local: Sala dos Conselhos

Estação de Maricultura ‘Professor Elpídio Beltrame’ completa 33 anos

25/05/2017 15:06

Localizada na Barra da Lagoa, no leste de Florianópolis, a Estação de Maricultura Professor Elpídio Beltrame, da UFSC, comemora 33 anos neste sábado, dia 27. A EMEB, como é conhecida, agrega diversos laboratórios de pesquisa que desenvolvem projetos no desenvolvimento do cultivo de camarões, criação de peixes marinhos nativos, moluscos e até trabalhos na área de oceanografia costeira.  Um ato solene está marcado para às 11 horas, no Beco dos Coroas, 503.

O primeiro a ser instalado na área foi o Laboratório de Camarões Marinhos, que recebeu apoio financeiro  do Programa Embrater- Sudepe-BIRD e da Fundação Banco do Brasil. Foi concebido para apoiar o desenvolvimento do cultivo de camarões em Santa Catarina atuando na pesquisa, no ensino e na extensão, especialmente com a produção de pós-larvas, para atender o setor produtivo.

Em 1990 foi a vez do Laboratório de Piscicultura Marinha (LAPMAR) começar as atividades, ocupando parte da área da antiga “Estação Experimental de Aquicultura da Lagoa da Conceição”.

Inicialmente, foram estudadas duas espécies de robalo, peixes altamente valorizados no mercado brasileiro e internacional, de hábitos costeiros e que se adaptam muito bem aos ambientes estuarinos tropicais. Nos últimos três anos o laboratório retomou estudos com a tainha, a primeira espécie marinha estudada no Brasil, mas cujas pesquisas estavam paradas desde a década de 1990. Junto com o robalo, a tainha se apresenta hoje como uma alternativa interessante para as fazendas de carcinicultura marinha.

Já em 1995, o Laboratório de Moluscos Marinhos começou a desenvolver pesquisa na área de reprodução e produção de formas jovens de moluscos nativos e, através do desenvolvimento tecnológico, apoiar o crescimento de uma nova atividade econômica no Estado, a Maricultura.

O LMM tem como principal foco a produção de sementes de ostras nativas e ostras do pacífico, atendendo cerca de 80 produtores, principalmente, na região da grande Florianópolis, com uma produção média anual de 45 milhões de sementes.

No ano de 2009, como reflexo do crescimento das atividades de cultivo de moluscos e camarões marinhos, e a EMEB recebeu mais um integrante: o Laboratório de Oceanografia Costeira (LOC), vinculado ao Departamento de Geociências. Sua equipe tem se dedicado principalmente ao desenvolvimento de pesquisas relativas à caraterização do sistema marinho, em particular quanto à análise ambiental das águas e sedimentos marinhos sob influência de atividades de maricultura.

Ainda no mesmo ano, o Laboratório de Peixes e Ornamentais Marinhos (LAPOM) também se integrou à Estação, desenvolvendo tecnologia para a produção de peixes ornamentais marinhos, com foco nos nativos e ameaçados de extinção.Já o Laboratório de Cultivo de Algas (LCA) foi implantado a partir da estrutura física do Setor de Microalgas do LCM. No início, as atividades estavam dedicadas exclusivamente à produção de culturas de microalgas para a alimentação de larvas de camarões marinhos e, a partir de 2003, as linhas de pesquisa do LCA foram direcionadas à aplicação biotecnológica das microalgas.

Por último, em 2010, teve início a implementação da Seção de Macroalgas, com a finalidade de desenvolver pesquisas relacionadas ao cultivo massivo e agregação de valor à macroalgas de valor comercial. Diversos estudos relacionados ao cultivo integrado com camarões e moluscos estão sendo realizados, além de pacotes tecnológicos de espécies e trabalhos junto a produtores de moluscos com a intenção de oferecer uma nova fonte de renda.

Existe ainda uma parceria com o Projeto TamarInstituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), reconhecido internacionalmente como uma das mais bem sucedidas experiências de conservação marinha e serve de modelo para outros países, sobretudo porque envolve as comunidades costeiras diretamente no seu trabalho socioambiental.

Para atender a toda a sua demanda, a EMEB conta atualmente com uma área construída de 9.800m² e um quadro de pessoal composto por 14 docentes, 14 servidores técnico-administrativos e 19 colaboradores terceirizados.

“É preciso reconhecer que as ações iniciais visando à criação e à instalação da EMEB contaram também com apoio de diversas instituições, como Governo de Santa Catarina, a Fundação de Amparo a Pesquisa e Extensão Universitária (Fapeu), que auxiliou na execução dos projetos e a Agência Canadense de Cooperação Internacional, que deu aporte técnico e financeiro ao Projeto Brazilian Maricultura Linkage Program – Programa Brasileiro de Intercâmbio em Maricultura (BMLP)”, lembra o professor Edemar Roberto Andreatta, chefe do Departamento de Aquicultura do Centro de Ciências Agrárias da UFSC.

 

Seleção de trabalhos que irão representar a UFSC no 35º Seminário de Extensão Universitária da Região Sul

25/05/2017 13:39

A Pró-Reitoria de Extensão (Proex) lança chamada para Seleção Interna dos trabalhos que irão representar a UFSC no 35º Seminário de Extensão Universitária da Região Sul (SEURS) que será realizada na cidade de Foz do Iguaçu (PR).

O 35° SEURS ocorrerá no período de 30 de outubro a 1º de novembro de 2017 e será sediado no campi Jardim Universitário, da Universidade Federal da Integração Latino-Americana (Unila), e no da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste).

Os coordenadores de projetos de extensão interessados em participar do SEURS devem inscrever proposta de trabalho para a seleção interna da Proex até o dia 20 de junho de 2017.

Mais informações sobre a Chamada para Seleção Interna.

Programa de Pós-Graduação em Física tem site traduzido para o inglês

25/05/2017 12:50

O site do Programa de Pós-Graduação em Física (PPGFSC/UFSC) foi traduzido para o idioma inglês, incluindo os últimos editais de processos seletivos, perguntas frequentes, assim como informações sobre os professores e suas áreas de atuação. A iniciativa faz parte das ações de visibilidade e divulgação internacional do Programa, visto que suas atividades envolvem pesquisadores e professores visitantes de diferentes países.

A tradução contou com a colaboração de estudantes de diferentes áreas da UFSC: Bárbara Fraga Góes (bolsista da área de Letras Estrangeiras), Júlio Cândido Veloso Júnior (bolsista do curso de Física) e Dhiego Nazário (bolsista do curso de Administração), sob a supervisão da coordenadoria do programa. Os sites dos grupos de pesquisa também serão progressivamente traduzidos.

A versão em inglês está disponível aqui.

Capes libera recursos para cursos EAD da UFSC

25/05/2017 12:25

Lira, Cancellier e Neves: compromisso com a interiorização. Foto: Divulgação

O Reitor da UFSC, Luiz Carlos Cancellier de Olivo, recebeu na manhã desta quinta feira, a notícia de que a CAPES está liberando 50% da primeira parcela dos recursos destinados ao financiamento dos cursos do programa UAB, na modalidade a distância. São R$1.770.919,00 reais.

A informação foi repassada pessoalmente, pelo próprio Presidente da Capes, Abílio Baeta Neves, em audiência com o Reitor, em Brasília, da qual participou também o coordenador da Diretoria de EAD da Capes, Luiz Alberto Rocha de Lira.

“Nossa visita ao presidente Abílio teve como principal objetivo destacar a importância do Programa UAB para a consolidação da oferta de cursos a distância, reforçando o compromisso que a gestão tem com a interiorização da UFSC, e com a correta e responsável aplicação dos recursos públicos”, afirmou o Reitor.

Neste ano de 2017 serão atendidos 1.840 alunos, distribuídos em 21  polos distribuídos em municípios dos estados de Santa Catarina e Paraná. Os cursos ofertados são os de Licenciatura em Ciências Biológicas, Física, Matemática, Filosofia e Letras Português; Bacharelados em Administração e em Administração Pública e Especializações em Linguagens e Educação a Distância e em Gestão em Saúde. O projeto faz parte do edital 75/2014 e tem duração de 05 anos. O total de recursos previstos para todo o ciclo – de 2017 a 2022 – é de cerca de 13 milhões de reais. Na primeira etapa estão previstos, para 2017, R$ 3, 5 milhões, sendo que a primeira parcela está sendo liberada agora pela Capes.

O Coordenador da UAB/UFSC, professor Marcio Santos, destaca a imensa responsabilidade que a UFSC tem com a gestão dos Cursos. Segundo ele “o conjunto de competências da UFSC garante o compromisso com a qualidade do trabalho proposto com o apoio fundamental de docentes, técnicos, tutores e vários setores da Instituição”. O professor também destaca a confiabilidade que a Capes tem demonstrado diante da seriedade com que a UFSC tem conduzido o programa UAB.

As atividades dos Cursos começam no próximo sábado, dia 03 de junho.

Projeto “Conversando com seu ídolo” traz remadora olímpica para evento na UFSC

25/05/2017 12:05

O projeto “Conversando com seu ídolo”, iniciativa da Secretaria de Esporte da UFSC (SESP), ocorrerá na primeira sexta-feira de cada mês com uma personalidade do esporte diferente.

A primeira atleta a participar será a remadora olímpica Fabiana Beltrame, egressa do Colégio de Aplicação da UFSC. Ela falará um pouco sobre sua trajetória no remo, a importância do esporte em sua vida e nível de treinamento para tornar-se atleta olímpica.

O evento é gratuito e ocorrerá dia 2 de junho, às 10h no auditório da Reitoria.

 

 

Observatório de Justiça Ecológica promove debate sobre personalidade jurídica dos animais

25/05/2017 10:01

O Grupo de Estudos do Observatório de Justiça Ecológica (OJE/UFSC) terá, nesta sexta-feira, dia 26, o terceiro encontro do semestre, com o debate sobre o artigo das mestrandas do Programa de Pós-Graduação em Direito (PPGD/UFSC), Camila Mabel Kuhn e Leatrice Faraco Daros. O texto aborda a personalidade jurídica dos animais.

O encontro acontece na sala 111 do Centro de Ciências Jurídicas (CCJ), das 13h às 16h. A atividade é aberta à comunidade e não necessita de inscrição prévia. O artigo está disponível no link.

Mais informações no Facebook do OJE.

Doação de sangue: HU necessita com urgência dos tipos A+ e O-

25/05/2017 09:37
O Serviço de Hemoterapia do Hospital Universitário (HU) da UFSC solicita a doação de sangue dos tipos A+O- Para cooperar, potenciais doadores devem estar atentos às seguintes informações:

Local e horário para doação:
Unidade de Coleta de Doadores de Sangue do HU UFSC
Ed. Voluntária Dona Cora – Prédio da Associação Amigos do HU – Trindade – Florianópolis (SC) – próximo do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal, de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 12h.

O doador deve:
– trazer documento com foto (identidade, carteira de trabalho, certificado de reservista, carteira do conselho profissional ou carteira nacional de habilitação);
– estar bem de saúde; ter entre 18 e 65 anos; pesar mais de 50 Kg;
– não estar em jejum; evitar apenas alimentos gordurosos nas quatro horas que antecedem a doação.

Impedimentos temporários:
– Febre, gripe ou resfriado;
– Gravidez, puerpério: parto normal, 90 dias; cesariana, 180 dias;
– Uso de alguns medicamentos;
– Pessoas que adotaram comportamento de risco para doenças sexualmente transmissíveis.

Prazos de impedimentos:
– Extração dentária: 72 horas;
– Ingestão de bebida alcoólica 24h antes da doação;
– Transfusão de sangue: 1 ano;
– Tatuagem e piercing: 1 ano;
– Vacinação: o tempo de impedimento varia de acordo com o tipo de vacina.

Impedimentos definitivos:
– Hepatite após os 10 anos de idade;
– Evidência clínica ou laboratorial das seguintes doenças transmissíveis pelo sangue: hepatites B e C, Aids (vírus HIV), doenças associadas aos vírus HTLV I e II e Doença de Chagas;
– Uso de drogas ilícitas injetáveis;
– Malária.

Mais informações pelos telefones 3721-9114 (manhã) e 3721-9859 (tarde).

UFSC disponibiliza 2.150 vagas para transferências e retornos com inscrições até 2 de junho

25/05/2017 09:18

O Departamento de Administração Escolar (DAE) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) divulgou o edital nº 15 referente às vagas para transferências e retornos para o segundo período letivo de 2017, de cursos presenciais e de Educação a Distância (EaD). As  inscrições podem ser feitas nas coordenadorias de curso de graduação presenciais e EaD entre os dias 22 de maio a 2 de junho de 2017.

O Edital nº 15 e os formulários para transferências estão disponíveis no site www.dae.ufsc.br

11º FITA: confira as atrações do festival para esta quinta-feira, 25 de maio

25/05/2017 07:00

A décima primeira edição do Festival Internacional de Teatro de Animação – FITA 2017 chega ao seu sexto dia de apresentações nesta quinta-feira, 25 de maio, com espetáculos em Florianópolis (Teatro Ademir Rosa – CIC, Centro de Cultura e Eventos – UFSC, Teatro Álvaro de Carvalho – TAC, Teatro da UFSC) e Joinville (Sesc Joinville). Confira abaixo a programação do dia.

Por que nem todos os dias são dias de sol?

Local: Teatro Ademir Rosa – CIC, Florianópolis
Horário: 15h
Quanto: Gratuito

Sinopse: Trabalhando a partir do conceito da lembrança, o espetáculo é narrado por quatro atores que contam, cada um, uma história que aborda o ser criança e virar adulto. Utilizando a multiplicidade de linguagens, o espetáculo é uma reflexão poética sobre esta transição.

Grupo: Artesanal Cia. de Teatro (Rio de Janeiro/RJ)
Direção: Gustavo Bicalho e Henrique Gonçalves
Duração: 55 minutos
Faixa etária: A partir de 5 anos
Técnica de manipulação: Bonecos, máscaras, teatro de objetos e vídeo mapping

Ananse e o baú de histórias

Local: Centro de Cultura e Eventos – UFSC – Florianópolis
Horário: 15h
Quanto: Gratuito

Sinopse: Cinco atores/atrizes-sombristas apresentam o personagem Ananse, o homem-aranha africano, mostrando uma de suas histórias mais conhecidas. Nesta história, Ananse faz uma aposta com Nyame, o senhor dos céus, devendo cumprir três tarefas difíceis e perigosas a fim de obter o baú com todas as histórias do mundo. Voltado para o público infantil, o espetáculo mistura projeção de sombras, contação de histórias, música e dança para tratar de um tema caro a todos nós: a preservação das tradições culturais afro-brasileiras.

Grupo: Coletivo Cênico Sombreiro Andante (Rio de Janeiro/RJ)
Direção: Gilson Motta
Duração: 51 minutos
Faixa etária: 0 a 12 anos
Técnica de manipulação: Bonecos e sombras

*Após o espetáculo, conversa com os artistas

Uma noite com Lautrec 

Local: Teatro Álvaro de Carvalho – Florianópolis
Horário: 20h
Quanto: R$ 20; R$ 10 (meia)

Uma artista encontra-se trancada por acidente dentro de uma exposição do pintor francês Henri de Toulouse-Lautrec. Para passar o tempo, interage com as obras do museu e mergulha num verdadeiros delírio poético e cômico, dando vida ao universo do pintor e a quatro personagens femininas icônicas, por meio da animação de ilustrações, fotos, objetos e uma marionete em escala humana do pintor.

Grupo: Cia. Nina Vogel (São Paulo/SP)
Direção: Nina Vogel
Duração: 50 minutos
Faixa etária: 16 anos
Técnica de manipulação: Máscaras, objetos e manipulação à vista

Sopa

LOCAL: Teatro da UFSC (ao lado da Igrejinha) – Florianópolis
HORÁRIO: 20h
QUANTO: Gratuito

Sinopse: Sopa é um espetáculo sobre o poder exercido por homens em diferentes circunstâncias sobre outros homens, uma reflexão sobre a estupidez humana.

Grupo: Cachiporra Artes Escénicas (Uruguai)
Direção: Ausonia Conde
Duração: 55 minutos
Faixa etária: A partir de 12 anos
Técnica de manipulação: Luvas, varas, manipulação direta e sombras

*O espetáculo possui trechos em espanhol

De trapos y cartón

Local: Sesc Joinville – Joinville
Horário: 15h
Quanto: Gratuito

Sinopse: Cero é um velho mestre da reciclagem que construiu o mundo que o rodeia com jornais, cartões velhos, trapos e outras coisas. Agora trabalha em sua mais esperada criação: um menino que trará alegria à sua vida. Mas o coração do menino desaparece. Quem o roubou? Cero conseguirá recuperá-lo e terminar sua criação?

Grupo: Concolorcorvo Teatro de Animación (Peru/Chile)
Direção: Daniel Huarocc
Duração: 40 minutos
Faixa etária: A partir de 4 anos
Técnica de manipulação: Manipulação direta, manipulação à vista e luvas

*Todos os espetáculos, inclusive aqueles que acontecerão nos teatros Ademir Rosa e Álvaro de Carvalho, são gratuitos para organizações sem fins lucrativos, ONGs e instituições de ensino, mediante reserva de vagas através de agendamento prévio
**Meia-entrada para estudantes, pessoas acima de 60 anos, classe artística (com apresentação de DRT), funcionários e clientes da CAIXA (mediante apresentação de cartão)
Sobre o FITA

O FITA tem coordenação geral Sassá Moretti (do Departamento de Artes/CCE/UFSC) coordenação executiva de Zélia Sabino (do Departamento Artístico Cultural/SeCArte/UFSC) e produção executiva de Gustavo Bieberbach. O 11º FITA foi contemplado pelo edital IBERESCENA e tem patrocínio do Funcultural, da Fundação Catarinense de Cultura, do Governo de Santa Catarina, da CAIXA Econômica Federal e do Governo Federal. Conta com o apoio institucional da UFSC através da SeCArte. Tem o apoio do SESC e da Prefeitura Municipal de Siderópolis. A realização é do Fazendo Fita Cia. Artística e da Funarte.

Contatos:

Email:  e telefone (48) 3721-2383 e  (48) 3721-2684

Confira a programação completa e atualizada do Festival em www.fitafloripa.com.br

Paulo Marcos de Assis/Estagiário de Jornalismo/DAC/SeCArte/UFSC

Semana d’Áfrika altera local da programação desta quarta

24/05/2017 14:02

A III Semana d’Áfrika na UFSC, “Áfrika minha, Áfrika nossa” será realizada de 23 a 25 de maio na Universidade Federal de Santa Catarina. O tema desta edição pretende ampliar as reflexões, promover vivências, experiências e ampliar o diálogo cultural com dança, música, poesia, capoeira e culinária entre centenas de estudantes africanos e milhares de brasileiros.

O objetivo é promover atividades de caráter acadêmico (palestras, conferências, mesas-redondas e exposição dos trabalhos) produzidos pelos africanos vinculados à UFSC, bem como de outras instituições da Grande Florianópolis, e a confraternização entre africanos e amigos das outras nacionalidades, principalmente os brasileiros. 
(mais…)

3ª Semana da Dança UFSC traz vivência com bailarino Tadashi Endo

24/05/2017 13:53

Foto: Divulgação

A segunda atividade da III Semana da Dança da UFSC será uma palestra/demonstração com o bailarino Tadashi Endo, que será realizada nas salas Pitangueira e Laranjeira, no dia 2 de junho, às 15h. Na palestra/demonstração, Tadashi Endo compartilha com o público suas influências artísticas e sua trajetória na dança Butoh.

Tadashi Endo, aluno do grande dançarino de Butoh Kazuo Ohno, encontrou seu caminho na dança no que ele chama de “Butoh-MA”. MA no Zen-Budismo significa “vazio” e “espaço entre as coisas”. Butoh-MA é o caminho para tornar visível o invisível. O mínimo de movimentos faz com que a expressão dos sentimentos e situações cresça em intensidade. Torna-se mais importante manter o equilíbrio entre energia, tensão e controle, do que se preocupar com a forma e a estética dos movimentos.

A intenção do dançarino de Butoh é encontrar a relação com seu mundo mais profundo a partir do qual sua dança ganha corpo e se expressa no espaço e no tempo. A maneira particular que o Butoh trabalha o corpo abre caminhos de busca para atores e bailarinos, dado que sua principal característica é o encontro de uma dança que seja antes de tudo conectada com a pessoa que a realiza.
(mais…)

Painel de debate sobre Crianças Desaparecidas nesta quinta-feira no HU

24/05/2017 12:50

Quatro crianças e adolescentes desaparecem por dia em Santa Catarina. Somente neste ano, mais de 200 menores de idade já foram dados como desaparecidos no estado. Cerca de 1.300 casos nos últimos 15 anos não tiveram solução. Com base nestes números, o Conselho Federal de Medicina (CFM) e o International Centre for Missing & Exploited Children (ICMEC) querem chamar a atenção da população para esse problema no país.

Para isso, as duas instituições organizam o “I Painel de Debates sobre Crianças Desaparecidas” em 25 de maio, no Dia Internacional dedicado ao tema. O evento começará às 8h30, no Hospital Universitário da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Na ocasião, serão debatidas as problemáticas e as políticas públicas com autoridades e médicos do estado, além de funcionários do Hospital Universitário e alunos da universidade.

De acordo com dados compilados pelo CFM, estima-se que, no mundo, o total de casos de desaparecimento de crianças e adolescentes chega a 25 milhões. “O número de crianças desaparecidas é muito maior do que as pessoas imaginam. No Brasil há uma estimativa de que sumam 50 mil por ano. Por isso é tão importante que os profissionais notifiquem qualquer tipo de violência que podem indicar uma situação irregular. Defendemos o lugar dos médicos junto à população”, ressaltou Ricardo Paiva, membro da Comissão de Ações Sociais do CFM.

O evento ainda destacará o trabalho com a busca dos desaparecidos e cobrará respostas efetivas das autoridades. “A falta de uma política integral e coordenada prejudica de forma significativa a pronta e efetiva recuperação de crianças desaparecidas. Por ser um fenômeno complexo e multifacetado, nenhuma instituição é capaz de resolver a questão sozinha. Mas juntos podemos trazê-los de volta!”, completa Katia Dantas, diretora de políticas públicas do ICMEC.

Durante a atividade, o CFM ainda lançará abaixo-assinado cobrando a efetivação do Cadastro Nacional de Crianças e Adolescentes Desaparecidos.No documento, a autarquia cobra a adoção pelas autoridades de duas medidas que fortalecerão as buscas. A primeira se refere à notificação compulsória dos casos, obrigando que as informações sobre esse tipo de situação, registradas em boletins de ocorrência, sejam automaticamente repassadas ao Ministério da Justiça, sem a necessidade de pedidos ou procedimentos por parte dos familiares. Acesse: http://bit.ly/2qmMckW

O I Painel de Debates sobre Crianças Desaparecidas é aberto para participação do público em geral, e as inscrições devem ser feitas em formulário específico no site www.eventos.cfm.org.br. A participação é gratuita.

SERVIÇO:

Data: 25 de maio de 2017 (quinta-feira) – Dia Internacional da Criança Desaparecida
Horário: das 8h30 às 13h
Local: Auditório do Bloco Didático do Curso de Graduação em Medicina – Hospital Universitário Professor Polydoro Ernani de São Thiago (Ufsc)
Endereço: R. Profa. Maria Flora Pausewang, s/n – Trindade, Florianópolis (SC)
Inscrições 

(mais…)

Pós-Graduação em Relações Internacionais abre inscrições para Curso de Inverno

24/05/2017 12:40

O Programa de Pós-Graduação em Relações Internacionais (PPGRI) oferece, de 17 a 21 de julho, o Curso de Inverno: Cooperação Internacional para o Desenvolvimento, ministrado pela professora Monica Hirst, doutora em Estudos Estratégicos Internacionais na Faculdade de Ciências Econômicas da Universidade Federal do Rio Grande do Sul e docente da Universidad Nacional de Quilmes, Argentina.

O principal objetivo é facilitar a integração entre produtores de conhecimento acadêmico e profissionais que atuam na Cooperação Internacional para o Desenvolvimento. Dessa forma, o curso foi elaborado de forma a permitir a incorporação prática do conhecimento produzido nas pesquisas da ministrante, o aprofundamento de conhecimentos teóricos por jovens cientistas e a formação de redes de relacionamento.

Os principais temas abordados serão: abordagens analíticas das Relações Internacionais e sua aplicação à Cooperação Internacional; aparato normativo da Cooperação para o Desenvolvimento; arquitetura e transformações da Cooperação Norte-Sul; trajetória, tendências e o papel do regionalismo na Cooperação Sul-Sul. Os recursos previstos são, entre outros, exposições didáticas, estudos de caso, apresentações audiovisuais e atividades em grupos.

O público-alvo do projeto são estudantes e pesquisadores da área de Relações Internacionais ou disciplinadas relacionadas e profissionais dos setores privado, terceiro setor e setor governamental com atuação ou interesse na área internacional.

O curso será realizado na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) de 17 a 21 de julho, das 9h às 12h30. A carga horária será de 15 horas. Interessados devem inscrever-se de 23 de maio a 10 de julho por meio do link. As 40 vagas disponíveis serão preenchidas por ordem de inscrição. As inscrições são definitivas e não reembolsáveis.

 

 

Mais informações
Site do curso

SeTIC informa renovação de parceria com Microsoft

24/05/2017 11:39

A Superintendência de Governança Eletrônica e Tecnologia da Informação e Comunicação (SeTIC) informa que foi renovada a parceria com a Microsoft, disponibilizando o programa Microsoft Imagine (antigo Dreamspark). O programa já está disponível para alunos e professores de cursos nas áreas de ciências naturais, tecnologia, engenharia e matemática.

A liberação do serviço e autenticação dos clientes é realizada através da aba “Parcerias” do idUFSC.
Pode-se também acessar diretamente por meio do endereço ufsc.onthehub.com

 

Mais informações
SeTIC

 

Grupo de estudos em evolução da UFSC promove ciclo de seminários

24/05/2017 09:40

O Grupo de Estudos em Evolução  promove, nos dias 30 e 31 de maio, e 01, 06, 07 e 08 de junho, o ciclo de seminários com o objetivo de divulgar e gerar discussões sobre temas relacionados à evolução biológica, pensamento sistêmico e complexidade.

Os temas foram escolhidos de acordo com as leituras feitas pelo Grupo ao longo de mais de um ano de estudos e abordarão diferentes aspectos deste paradigma científico.

Os seminários ocorrerão sempre às 12h15, na sala MIP002, do departamento de Microbiologia, Imunologia e Parasitologia (MIP) do Centro de Ciências Biológicas (CCB).

Programação

30/05 – Discutindo paradigmas evolutivos
31/05 – Sistemas e níveis de organização
01/06 – Auto-organização e autopoiese
06/06 – Nova síntese evolutiva expandida
07/06 – Homologia profunda
08/06 – Biologia sintética

Mais informações no Facebook.

11º FITA: atrações do festival para esta quarta-feira, 24 de maio

24/05/2017 07:01

 

A décima primeira edição do Festival Internacional de Teatro de Animação – FITA 2017 chega ao seu quinto dia de apresentações nesta quarta-feira, 24 de maio, com espetáculos em Florianópolis (Teatro Ademir Rosa – CIC, Teatro Álvaro de carvalho – TAC, Sesc Prainha) e São José (EEB Francisco Tolentino). Confira abaixo a programação do dia.

Ananse e o baú de histórias

Local:Teatro Ademir Rosa – CIC, Florianópolis

Horário: 10h

Quanto: Gratuito

Sinopse: Cinco atores/atrizes-sombristas apresentam o personagem Ananse, o homem-aranha africano, mostrando uma de suas histórias mais conhecidas. Nesta história, Ananse faz uma aposta com Nyame, o senhor dos céus, devendo cumprir três tarefas difíceis e perigosas a fim de obter o baú com todas as histórias do mundo. Voltado para o público infantil, o espetáculo mistura projeção de sombras, contação de histórias, música e dança para tratar de um tema caro a todos nós: a preservação das tradições culturais afro-brasileiras.

Grupo: Coletivo Cênico Sombreiro Andante(Rio de Janeiro/RJ)

Direção: Gilson Motta

Duração: 51 minutos

Faixa etária: 0 a 12 anos

Técnica de manipulação: Bonecos e sombras
(mais…)

Encontro Internacional de Inovação na Educação dá enfoque a novas tecnologias e aprendizagem em rede

23/05/2017 18:04

O evento nacional que reuniu em outubro de 2015 mais de 350 educadores para discutir a inovação na educação está de volta a Florianópolis. A segunda edição, com inscrições abertas, ultrapassa fronteiras e amplia a abrangência para o Encontro Internacional de Inovação na Educação – Educação Fora da Caixa, que será realizado em 2 e 3 de junho, no Centro de Inovação ACATE, em Florianópolis, com apoio da Universidade Federal de Santa Catarina.

Nos dois dias de imersão, os participantes conhecerão cases de empreendedorismo e inovação na educação de outros países, como Canadá, Uruguai e Inglaterra. As experiências brasileiras integram as temáticas dos painéis, com participação de Instituto Ayrton Senna, Fundação Lemann, Centro de Inovação na Educação Brasileira, Sebrae, Universidade Federal de Santa Catarina, entre outras iniciativas. Rodas de aprendizagem simultânea servirão de estímulo à interatividade entre educadores e painelistas. Confira a programação completa.
(mais…)

Cine Paredão apresenta ‘A nuvem’, de Fernando Solanas, nesta sexta-feira

23/05/2017 17:30

O projeto Cine Paredão irá exibir o filme A nuvem (La nube, 1998), de Fernando Solanas, na sexta-feira, 26 de maio, no Bosque do Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFH). Realizado ao ar livre, sob o luar e as estrelas, as sessões do Cine Paredão são realizadas quinzenalmente, nas
sextas-feiras, às 19 horas, com o propósito de socializar, trocar e expandir diversas manifestações audiovisuais, buscando produções alternativas ou independentes, das quais não estão disponíveis ou são de difícil acesso ao público.

As obras apresentadas têm um caráter não comercial e nos proporciona pensar e refletir o cinema como arte em constante evolução, passando por diversos olhares, tempos e lugares ao redor do mundo.

Sinopse

Buenos Aires parece eternamente coberta pela névoa e pela chuva, pessoas e automóveis andam estranhamente para trás. Neste ambiente, um grupo de teatro luta pela sobrevivência face ao abandono governamental. E este descaso é apenas uma das dificuldades que o grupo enfrenta que chegam até mesmo à ameaça de demolição, resultado da especulação imobiliária. O filme é uma alegoria sobre o poder político e a burocracia, misturando realidade e ficção, mantendo a postura de denúncia e resistência que o diretor sempre assumiu.

A nuvem (La Nube)

Direção: Fernando Solanas; Roteiro: Fernando Solanas Elenco: Ângela Corrêa, Christophe Malavoy, Eduardo Tato Pavlowski, Franklin Caicedo, Laura Novoa. Ano: 1998  Duração: 2h03.

Serviço

O quê: Cine Paredão apresenta A Nuvem de Fernando Solanas

Onde: Bosque do CFH/UFSC

Quando: Sexta-feira – 26/05

Horário: 19 horas

Redes sociais

https://www.facebook.com/events/297666087353897

https://www.facebook.com/cineparedao

http://cineparedaoufsc.tumblr.com/

https://goo.gl/maps/ubJdGG6pAe62

https://www.instagram.com/cineparedao

Projeto de extensão da UFSC Blumenau fomenta empreendedorismo

23/05/2017 16:59

Viabilizado na UFSC através do projeto de extensão “Aprendendo a Empreender e Inovar na Universidade Federal De Santa Catarina: Edital de Educação Empreendedora para a Educação Superior/Sebrae”, proposto pelo professor José Alexandre Borges Valle, estudantes e professores da UFSC agora podem participar do 10º Concurso Universitário de Negócios Inovadores do Sebrae/SC.

A competição de viés tem como objetivos principais estimular a cultura do empreendedorismo junto aos universitários catarinenses; incentivar o espírito de inovação no público universitário; desenvolver nos universitários a sensibilidade para identificar oportunidades de negócios inovadores e; promover a prática de planejamento, modelagem e execução de uma ideia de negócio.

Os alunos podem inscrever seu pitch de negócio até o dia 11 de junho pela plataforma do Sebrae.

Mais informações na página do projeto.

Núcleo Literatual promove palestra ‘O abismo psicológico de Pessoa e a religiosidade de Goethe na criação do Fausto’

23/05/2017 15:24

O Núcleo Literatual – Estudos Feministas e Pós-Coloniais de Narrativas da Contemporaneidade receberá a pesquisadora Débora Domke Ribeiro Lima com a palestra “O abismo psicológico de Pessoa e a religiosidade de Goethe na criação do Fausto”. O encontro será no dia 26 de maio, às 10h, na Sala de Projeção ‘Harry Laus’, Biblioteca Universitária. A ação é aberta ao público, inteiramente gratuita e com certificação aos participantes.
(mais…)

Ciclo de Cinema Africano exibe filme ‘Munyurangabo’ nesta quinta-feira

23/05/2017 14:53

O Laboratório de Estudos em História da África (Lehaf) e a Secretaria de Cultura e Arte (SeCarte) da UFSC, com o projeto “Imagens e Sons da África”,  exibem o filme Munyurangabo, de Lee Isac Chung. A atividade será no dia 25 de maio, às 18h30, no Auditório Elke Hering na Biblioteca Universitária (BU).  

Mais informações pelo evento no Facebook.

Núcleo de Direitos e Diversidade promove palestra “Fraternidade, Vida Pública e Política”

23/05/2017 13:38

O Núcleo de Direitos e Diversidade do Centro de Ciências Jurídicas da UFSC, promove, no dia 30 de maio, às 19h30, uma palestra com o professor António Maria Baggio, do Instituto Universitário Sophia, na Itália. Baggio é um dos precursores dos Estudos da Fraternidade e proferirá palestra com o tema: “Fraternidade, Vida Pública e Política”, no auditório do CCJ.

Participarão do evento, como debatedores, as professoras Olga Maria Boschi Aguiar de Oliveira (UFSC), Silvana Winckler (Unochapecó) e o professor Clarindo Epaminondas de Sá Neto (Unifersa). A palestra tem como objetivo discutir o cenário de crise política e de ética na vida pública que tomou conta dos noticiários do país, inserindo na discussão a perspectiva da Fraternidade, como categoria apta a resgatar a moralidade e a regularidade do Estado Democrático de Direito.

O professor António Maria Baggio é um renomado autor e pesquisador conhecido internacionalmente, e é autor de obras como “O Princípio Esquecido”, nos volumes 1 e 2, e “Reflexões para a Vida Pública: a Cultura da Fraternidade e a Política”.

O evento certificará duas horas de atividades complementares.

Local: Auditório do CCJ
Data: 30/05
Horário: 19h30