Cerimônia homenageia 416 servidores docentes e técnico-administrativos aposentados da UFSC

21/07/2017 21:06

Foto: Henrique Almeida/Agecom/UFSC.

Uma cerimônia realizada na tarde de quinta-feira, 20 de julho, homenageou 416 servidores docentes e técnico-administrativos aposentados da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Todos os trabalhadores homenageados se aposentaram entre novembro de 2015 e maio de 2017. A solenidade ocorreu no auditório Guarapuvu, do Centro de Cultura e Eventos, e contou com a apresentação musical do Grupo Açoriano do Núcleo de Estudos da Terceira Idade (Neti/UFSC).

Todos os aposentados foram convidados ao palco, onde receberam os cumprimentos das autoridades presentes e uma caneca de porcelana amarela, onde estavam inscritos com o brasão da UFSC e a frase “Sonhos não envelhecem. E a história não se aposenta”. Do início ao fim da cerimônia, o Grupo Açoriano apresentou diversas canções regionais, como o hino de Florianópolis “Rancho de amor à ilha”, “Canção praieira” e “Praias da ilha”.

Discursos

Foto: Henrique Almeida/Agecom/UFSC.

A pró-reitora de Desenvolvimento e Gestão de Pessoas (Prodegesp), Carla Cristina Dutra Búrigo, agradeceu a contribuição de cada um dos aposentados na história e desenvolvimento da UFSC: “O trabalho é uma questão de sobrevivência e necessidade na nossa sociedade. Nessa função, dedicamos em média 30 a 35 anos da nossa vida, e deixamos boa parte da nossa história na instituição onde atuamos. A história de vocês, materializa a história da nossa universidade.”

O diretor do Departamento de Atenção à Saúde (DAS), Paulo Eduardo Botelho, afirmou que “homenagear os aposentados significa, acima de tudo, valorizar a história da universidade e a história das pessoas que ajudaram a construir essa instituição, que contribuíram para que ela alcançasse o patamar nacional e internacional em que se encontra hoje.”

O reitor Luiz Carlos Cancellier de Olivo exaltou a importância do legado que deixa cada servidor que se aposenta: “Nós devemos tudo o que somos a vocês. Vocês trabalharam, passaram o bastão para nós, e queremos agora ter a mesma dedicação, o mesmo orgulho, a mesma competência que vocês tiveram no período em que se dedicaram à universidade. Todos trabalharam em favor de uma universidade melhor.”

Foto: Henrique Almeida/Agecom/UFSC.

O respeito, o diálogo, a tolerância e um ambiente de trabalho pacífico também marcou o discurso do reitor: “É importante termos uma universidade onde as pessoas se deem bem, se respeitem e sejam tolerantes. É muito ruim para uma instituição estar em permanente estado de conflito, pois isso atrapalha o desenvolvimento de nossas atividades. É ruim um ambiente onde as pessoas não se respeitam, não são tolerantes, onde o assédio moral é constante. Ao contrário, como é bom um ambiente de paz, de tranquilidade, onde todo mundo se dá a mão e pensa na mesma direção, onde cada um sabe exatamente qual a sua função, qual a sua responsabilidade. Não é infinitamente melhor trabalhar em um ambiente assim?”

“Essa é a universidade que queremos construir. Nosso trabalho diário na Administração Central é mostrar para a comunidade universitária que vamos construir uma universidade que seja da paz, do diálogo, onde as pessoas se entendam nos vários níveis: acadêmico, profissional, pessoal. Fiz questão de vir aqui hoje para passar essa mensagem. Obrigado por tudo que aprendemos com vocês, que é essa cultura da paz, do diálogo e da tolerância. Queremos, quando concluirmos nosso mandato, que essa universidade seja bem diferente daquela que assumimos”, afirmou Cancellier.

Também estiveram presentes a vice-reitora Alacoque Lorenzini Erdmann; a diretora do Departamento de Administração de Pessoal (DAP), Rita de Cássia Knabben; e a presidente da Associação dos Aposentados e Pensionistas da UFSC (Apopen), Maria do Carmo Raitz.

A próxima cerimônia em homenagem aos aposentados está prevista para o dia 1º de dezembro de 2017, quando serão convidados os servidores que se aposentaram entre junho e novembro deste ano.

Daniela Caniçali/Jornalista da Agecom/UFSC

Reportagem da TV UFSC é finalista de prêmio do Ministério Público do Trabalho

21/07/2017 18:41

A reportagem “Entraremos em Contato” é a vencedora na região Sul e finalista do Prêmio de Jornalismo organizado pelo Ministério Público do Trabalho. O resultado foi divulgado nesta quinta-feira, 20 de julho. O trabalho concorre na categoria Universitário e foi produzido pelo estudante de jornalismo da UFSC Ronaldo Fontana, com imagens e edição de Jonatan dos Santos, técnico em audiovisual da TV UFSC.

Com duração de 18 minutos, a reportagem traz um retrato do mercado de trabalho para transexuais e pessoas com deficiência. É um universo permeado por preconceito, discriminação e oportunidades escassas. Profissionais qualificados chegam a passar em entrevistas de empregos, mas não são contratados pela questão de gênero ou por deficiência física. Confira a reportagem completa:

“O prêmio é uma forma de dar mais visibilidade a essas pessoas, das dificuldades que elas enfrentam e quem sabe contribuir para ampliar as oportunidades de acessarem o mercado de trabalho”, afirma Ronaldo Fontana.

Os melhores trabalhos de cada região concorrem na etapa nacional, cujos vencedores serão revelados em uma cerimônia no dia 17 de agosto, na sede do Ministério Público do Trabalho, em Brasília. Para esta edição do Prêmio MPT de Jornalismo, foram inscritas 422 reportagens de profissionais da imprensa de todo o país.

 

UFSC receberá mais de oito mil mulheres em evento realizado pelo Instituto de Estudos de Gênero

21/07/2017 17:44

A UFSC sedia, entre os dias 30 de julho e 4 de agosto, o 13º Congresso Mundos de Mulheres, evento conjunto ao Seminário Internacional Fazendo Gênero 11. O congresso, que ocorre pela primeira vez na América do Sul, já foi realizado em diversos países como Israel, Holanda, Irlanda, Estados Unidos, Costa Rica, Austrália, Noruega, Uganda, Coreia, Espanha, Canadá e Índia. Este evento reúne mulheres de todas as partes do mundo, tanto da academia como do ativismo, e movimenta setores diversos do feminismo promovendo debates, releituras e autocríticas.

O evento, que já conta com oito mil inscritos, é realizado pelo Instituto de Estudos de Gênero (IEG) da UFSC, sob coordenação das pesquisadoras Cristina Scheibe Wolff, Marlene de Fáveri e Miriam Pillar Grossi. A Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), o Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC), a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) são apoiadores do encontro. 
(mais…)

UFSC divulga 12ª chamada do vestibular e 10ª chamada do Sisu 2017

21/07/2017 15:27
A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) divulga o edital nº 26, referente à 12ª chamada do Vestibular UFSC 2017; e o edital nº 27,  referente a 10ª chamada do Sisu. A matrícula online deve ser feita de 21 a 25 de julho; e a presencial, nos dias 27 e 28 de julho.

O edital do vestibular está disponível aqui e o do Sisu aqui. O Departamento de Administração Escolar (DAE) destaca a importância de ler as portarias nº 001, 003, 004 e 008/PROGRAD/2017, onde constam informações sobre matrícula e algumas questões frequentes de candidatos classificados para a UFSC.

Mais informações estão disponíveis na página do vestibular e na página do Sisu. Sobre matrículas, consultar aqui.

UFSC é a quinta melhor federal brasileira em ranking de universidades latino-americanas

21/07/2017 12:24

O Times Higher Education World University Rankings (THE World University Rankings) publicou a segunda edição do Latin America University Rankings, que classifica as 81 melhores universidades latino-americanas. A UFSC ocupa a quinta posição entre as universidades federais brasileiras e a 15ª posição no geral. A Universidade caiu duas posições, mas melhorou o desempenho na pontuação geral do ranking, de 61,9 para 62,7.

O ranking da América Latina é baseado nos mesmo método do THE World University Rankings, com algumas adaptações. Foram utilizados critérios para avaliar as universidades, com indicadores de desempenho individuais, em todas as suas atividades: ensino, pesquisa, transferência de conhecimento e perspectiva internacional.

As categorias têm os seguintes pesos: “Ensino” (36%), considerando-se o ambiente de ensino; “Pesquisa” (34%), levando-se em conta volume, recursos e reputação; “Citações” (20%), o impacto da pesquisa; “Visão Internacional” (7,5%), que inclui o corpo docente, estudantes e pesquisa; e “Recursos Provenientes das Indústrias” (2,5%), transferência de conhecimento.

O Brasil foi o país com mais instituições entre os sete que figuram na lista: 32 universidades estão entre as melhores da América Latina – 17 federais, oito estaduais e sete privadas.

Vídeos vencedores do Imagine-Pangea são lançados na 69ª Reunião da SBPC

21/07/2017 09:46

Ramos: gosto pela ciência. Foto: divulgação

Realizada este ano na Universidade Federal de Minas Gerais, a 69ª Reunião Anual da SBPC (Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência), foi o cenário para o lançamento dos quatro vídeos vencedores do Imagine-PanGea, a primeira competição de comunicação científica multilinguística e multicultural, que tinha como foco os públicos da América Latina, Caribe e África.

O vencedor da América Latina e 1º colocado geral, João Marcelo Silva, foi convidado pela SBPC a participar da cerimônia de lançamento e receber pessoalmente dos organizadores um certificado de Comunicador Científico de Excelência.

O melhor vídeo de cada continente e os três melhores na classificação geral serão traduzidos para 14 idiomas, incluindo línguas nativas como Guarani, Quechua e Iorubá e divulgados em toda a África, América Latina e Caribe, através da rede de parceiros. Em seu lançamento, eles já estão legendados em português, espanhol, francês e inglês.
(mais…)

Departamento Artístico Cultural da UFSC abre inscrições para oficinas de arte a partir de 7 de agosto

21/07/2017 09:35

 O Departamento Artístico Cultural (DAC) da Secretaria de Cultura e Arte (SeCArte) da UFSC oferece neste segundo semestre de 2017 várias oficinas de Arte que são abertas à participação de alunos, servidores técnicos-administrativos e docentes da UFSC, e pessoas da comunidade.

As inscrições são realizadas de maneira presencial, por ordem de chegada, conforme calendário de inscrição da oficina selecionada, na Coordenação de Cursos e Oficinas de Arte, na sede do DAC (Teatro/Igrejinha da UFSC), na Praça Santos Dumont, Trindade, em Florianópolis.
(mais…)

Novo edital da PROEX vai atender seis Equipes De Competição

20/07/2017 08:55

Equipe Formula CEM/Joinville. Foto: Marcus Vinícius/GR

A Pró Reitoria de Extensão divulgou o resultado final do edital 02/2017 referente às Equipes de Competição da UFSC.  A divulgação foi feita na Sala dos Conselhos da UFSC na última segunda-feira, 17.

Este foi o segundo edital lançado pela Proex destinado às Equipes de Competição da universidade, sendo que nesta etapa seis equipes foram contempladas: Aerodesign CEM ASAS, Fórmula CEM e EFICEM do Campus Joinville. Já no Campus Trindade foram aprovadas as equipes Roboat, e3 e Sociedade de Debates. O primeiro edital realizado para equipes ocorreu ainda em 2016, quando três projetos foram aprovados: BAJA UFSC, Céu Azul Aeronaves e a Equipe Fórmula UFSC.

O edital previa três faixas de auxílio que variam de acordo com a classificação de cada equipe nos itens do edital: até R$3 mil, R$5 mil e R$ 10 mil. “Esses auxílios às equipes só ressaltam como a UFSC está realmente se importando com o nosso trabalho”, diz o estudante Carlos Eduardo, vice presidente do UFSC Compete, entidade que reúne as equipes de competição da UFSC.

De acordo com o Pró Reitor de Extensão, Rogério Cid Bastos, o edital tem o objetivo de auxiliar em despesas como compra de peças e ferramentas necessárias para o trabalho dos estudantes em suas oficinas. “O edital tem o intuito de reconhecer a importância das Equipes de Competição para a formação dos estudantes e para a UFSC, mas é necessário que exista uma estrutura adequada para que o trabalho seja realizado”, explica Cid Bastos.

Também participaram da solenidade a reitora em exercício, Alacoque Lorenzini Erdmann, o Diretor Geral do Gabinete, Alvaro Lezana, os professores responsáveis pelos projetos e os membros das equipes contempladas.

Marcus Vinícius/Estagiário de Jornalismo/GR

4º Festival de Música da UFSC recebe inscrições até 15 de agosto

19/07/2017 16:42

4º Festival de Música da UFSC, que ocorre nos dias 25, 26 e 27 de setembro de 2017, está com inscrições abertas para a comunidade universitária e também músicos, compositores e intérpretes da comunidade da Grande Florianópolis. O evento, que é promovido pela Secretaria de Cultura e Arte (SeCArte/UFSC), busca incentivar e intensificar a criatividade musical, promover a integração e troca de experiências.

Para participar do Festival, é preciso atender as condições previstas no regulamento. Cada autor ou grupo poderá inscrever apenas uma música, de composição própria ou em parceria, que será avaliada pela Comissão de Seleção. No total, serão escolhidas 10 músicas para apresentação no palco. As inscrições devem ser feitas através do formulário, que está disponível na pagina do Festival de Música, até 15 de agosto de 2017.

O inscrito deverá entregar formulário preenchido junto com um CD/DVD, devidamente identificado, contendo a gravação de uma composição em formato de áudio (CDA) ou formato digital (MP3), na Secretaria de Cultura e Arte da UFSC, de segunda à sexta, das 9h às 12h e das 14h às 17h, ou enviar por correio no endereço que consta no regulamento.

Mais informações no regulamento do Festival.

Workshop em Joinville discute como as ferrovias podem impactar a qualidade de vida

19/07/2017 09:40

O curso de Engenharia Ferroviária e Metroviária de Joinville, a UFSC e a Universidade de Newcastle, Inglaterra, promovem de 31 de julho a 4 de agosto, no Bourbon Hotel, em Joinville, o Workshop em Engenharia Ferroviária, que tem como tema “Como a ferrovia pode contribuir com a qualidade de vida?”.

Segundo o professor Acires Dias, da UFSC, o workshop consolida as atividades de ensino e de pesquisa de mais de dois anos de colaboração entre os pesquisadores da UFSC, dos cursos de Engenharia Ferroviária e Metroviária de Joinville, da Engenharia Mecânica e da Universidade de Newcastle da Inglaterra, relacionados com a temática ferroviária e metroviária para o transporte de cargas e passageiros.

Para responder à pergunta do tema,  foram selecionados 14 jovens pesquisadores doutores no Brasil e 14 na Inglaterra, com até 10 anos de doutorado. Os trabalhos terão dois coordenadores sênior e quatro mentores do Brasil e da Inglaterra. Participarão também convidados com grande experiência na temática ferroviária e metroviária.

Um dos objetivos principais, segundo Acires, é motivar os jovens pesquisadores a incorporarem a temática ferroviária nas atividades acadêmicas e nas indústrias em que atuam. “Além disso, deseja-se aprofundar as colaborações entre a Inglaterra e Brasil, a partir da criação de vínculos entre os pesquisadores, as instituições de pesquisas, os órgãos de fomento, os meios industriais e comerciais que atuam neste setor. Como se sabe, a Inglaterra tem um significativo e experiente desenvolvimento acadêmico e industrial para o setor ferro-metroviário e muito poderá contribuir com o Brasil”, lembra.

Ele ratifica, no entanto, que o resultado mais importante que se deseja é motivar o jovem brasileiro a se incorporar neste campo profissional a partir do curso de Engenharia Ferroviária e Metroviária da UFSC de Joinville. “Acreditamos ser necessário potencializar este modal de transporte e o seu respectivo campo industrial no Brasil. Sem este setor organizado e desenvolvido, haverá poucas chances de Brasil alcançar índices de competitividade em termos de preço em logística para enfrentar o comércio nacional e internacional e em termos de segurança e pontualidade no transporte de pessoas, para dar dignidade a sua população”, alerta Acires Dias.

Informações com os professores:

Acires Dias (coordenador) –

Yesid Erneste Asad Mendonça (mentor) – coordenador do Curso de Engenharia Ferroviária e Metroviária –

Cassiano Augusto Isler (mentor) –

Pesquisa investiga colonização da costa catarinense pelo peixe recifal invasor donzela-dos-Açores

19/07/2017 09:34

Uma pesquisa da UFSC investigou a colonização da costa catarinense pelo peixe recifal invasor donzela-dos-Açores (Chromis limbata) através de estudos populacionais e biologia molecular. O trabalho resultou na publicação do artigo The recent colonization of south Brazil by the Azores chromis Chromis limbata no Journal of Fish Biology

De acordo com Anderson Batista, primeiro autor do artigo e que já havia abordado o assunto na sua tese no Programa de Pós-Graduação em Ecologia da UFSC orientada por Sergio Floeter, a população brasileira de C. limbata aumentou significativamente ao longo dos últimos cinco anos. O donzela-dos-Açores é um pomacentrídeo nativo dos arquipélagos da Macaronésia (Açores, Madeira e Canárias), e da costa ocidental da África, entre o Senegal e Angola. Durante os verões austrais de 2008 e 2009, a espécie foi registrada pela primeira vez no Atlântico Sul Ocidental, na Ilha do Campeche e Ilha do Xavier, em Florianópolis, estado de Santa Catarina, Brasil.

Análises moleculares confirmaram a identidade da espécie, revelando ainda conectividade haplotípica entre os locais de estudo brasileiros – ou seja, revelando relações de parentesco, ao contrário do que ocorre com amostras dos Açores. Elas também mostraram baixa diversidade genética no Brasil quando comparada com as populações nativas originais.
(mais…)

SEAD apresenta projeto de capacitação online ao Secretário de Educação Básica do MEC

19/07/2017 09:05

Foto: Marcus Vinícius/GR

O Secretário de Educação Básica do Ministério da Educação, Rossieli Soares da Silva, esteve em visita a Secretária de Educação a Distância (Sead) da UFSC, na manhã desda segunda, 17 , para conhecer um sistema de capacitação a distância para professores e gestores da rede pública de ensino que vem sendo desenvolvido pela Sead.

O projeto do sistema de capacitação prevê uma plataforma online, na qual os usuários terão acesso a materiais interativos em diferentes módulos, além de permitir trabalhar com a Base Nacional Comum Curricular (BNCC). De acordo com o Secretário de Educação a Distância da UFSC, Luciano Castro, o projeto do sistema de capacitação vem ao encontro da união entre tecnologia e educação.  A plataforma prevê o uso de ferramentos como a realidade aumentada, apps e até jogos, tudo em um ambiente interativo”, explica.

Uma novo encontro foi marcado para o dia 10 de agosto com a equipe da Secretaria de Educação Básica do MEC em Florianópolis para a definição de recursos para o projeto.

Também participaram da reunião o coordenador-geral de Educação Ambiental e Temas Transversais da Educação Básica do MEC, Felipe Felisbino, o pró-reitor de Graduação, Alexandre Marino, o secretário de Planejamento, Vladimir Fey e os professores Cícero Ricardo França Barboza e Eleonora Falcão.

 

Marcus Vinícius/Estagiário de Jornalismo/GR

UFSC estuda viabilidade de implantação de sistema de gás natural no campus

18/07/2017 18:38

A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e a Companhia de Gás de Santa Catarina (SCGás) assinaram um protocolo de cooperação com o objetivo de estudar a viabilidade técnica e econômica de implantação de sistemas de geração distribuída a gás natural na universidade.

Sebastião Roberto Soares, pró-reitor de pesquisa da UFSC, explica que esta iniciativa se insere em um plano maior de gestão energética do campus: “Temos vários objetivos: ampliar a disponibilidade de energia; garantir a regularidade e estabilidade de fornecimento; buscar uma melhor eficiência no consumo; e, como consequência de tudo isso, diminuir os custos, pois hoje temos um gasto enorme com energia. Nesse trabalho, estamos buscando diversificar nossa matriz energética.”

Trata-se de um estudo de viabilidade, que irá estudar a possibilidade de utilizar o gás natural como mais uma fonte de energia, para depois decidir sobre sua implantação ou não. A UFSC fará o estudo do uso interno do gás, com uma equipe formada por docentes, estudantes e técnicos-administrativos, sob coordenação do professor Edson Bazzo, chefe do departamento de Engenharia Mecânica. A SCGás fará a análise técnica e estudo de custos para trazer o gás até a universidade. Atualmente, o sistema da empresa chega até a Agronômica, e teria que ser estendido até a universidade.

O protocolo de cooperação foi assinado no dia 4 de julho e tem duração de três anos. Mas, segundo Soares, a previsão é que os estudos sejam concluídos em cerca de 6 meses.

Pós em Fungos, Algas e Plantas promove aula inaugural da primeira turma de doutorado

18/07/2017 16:26

O Programa de Pós-Graduação em Biologia de Fungos, Algas e Plantas da UFSC promove uma aula inaugural de abertura do curso de doutorado. A aula será ministrada por Paulo Santos, professor da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e coordenador da área de Biodiversidade da CAPES. O evento ocorre no dia 7 de agosto, segunda-feira, às 14 h, no auditório da reitoria.

Mais informações pelo e-mail  ou pelo telefone (48) 3721-2611.

Exposição “Rendas de Bilro – Coleção MArquE” encerra nesta quinta-feira, 20 de julho

18/07/2017 10:27

A exposição “Rendas de Bilro – Coleção MArquE” segue até esta quinta-feira, 20 de julho. A proposta da exposição baseia-se na percepção da delicadeza da renda e da habilidade necessária para sua confecção, resultando em uma mostra que une o resultado desta combinação à qualidade de objeto artístico e representante da cultura material da cidade de Florianópolis.

A mostra, com entrada franca, ocorre na sala de Exposição de Curta Duração do Pavilhão de Exposições Silvio Coelho dos Santos do Museu de Arqueologia e Etnologia (MArquE). De terça a sexta-feira, o horário de visitação do Museu é das 9h às 17h, e nos sábados, das 13 às 17h.

Mais informações pelo telefone (48) 3721-9325, pelo e-mail e pelo site.

UFSC na mídia: Florianópolis concentra o menor número de obesos do país

17/07/2017 17:46

Receita que combina os prazeres da atividade física com uma dieta de poucas restrições está mudando o perfil da população da cidade. De cima ela exibe uma silhueta de dar inveja. Explore suas curvas e você vai descobrir por que Florianópolis é uma das cidades com melhor qualidade de vida do país.

Quem vê o gerente comercial Matheus Ricardo Almeida enchendo o carrinho de frutas e verduras não imagina, mas no último ano ele venceu uma prova daquelas. Matheus perdeu 43 quilos em 11 meses. Ele ajudou Florianópolis a alcançar uma proeza e tanto: a capital concentra o menor número de obesos do Brasil. A largada, para Matheus, foi abandonar a rotina de comida e bebidas industrializadas.

O biólogo Alex Rafacho, da Universidade Federal de Santa Catarina, pesquisou os efeitos do consumo excessivo de alimentos industrializados. O tipo de adoçante usado para realçar o sabor vira gordura e a maior parte dela vai parar direto na barriga. A pesquisa também revelou os efeitos de uma combinação bombástica: comer mal e viver estressado engorda ainda mais. Essa gordura acumulada na barriga também pode aumentar a fome.

Era assim com Matheus. Quanto mais ele comia, mais sentia vontade de comer. Foi aí que Ana Carmem Pintarelli entrou em cena. A mulher de Matheus descobriu o poder dos ingredientes de baixo e moderado índice glicêmico. São alimentos que ajudam a controlar a glicemia, o nível de açúcar no sangue. E o melhor de tudo: “Reduz a fome, principalmente pela questão da quantidade de fibras que tem nestes alimentos”, afirma Brunna Boaventura, professora de Nutrição da UFSC.

O vídeo da reportagem está disponível aqui.

Reportagem veiculada no Globo Repórter em 14 de julho de 2017.

Laboratório de Moluscos Marinhos divulga produtos excedentes para comercialização

17/07/2017 16:55

Vista aérea da Estação de Maricultura Professor Elpídio Beltrame.

O Laboratório de Moluscos Marinhos (LMM), que integra o Departamento de Aquicultura do Centro de Ciências Agrárias (CCA/UFSC) comunica a disponibilidade de sementes de ostras do pacífico excedentes produzidas por sua unidade de pesquisa, extensão e ensino, situado na Estação de Maricultura Prof. Elpídio Beltrame (Servidão dos Coroas, 503, Barra da Lagoa). Em atendimento a Portaria Normativa No 68/2016/GR, de 23 de fevereiro, que regulamenta essa atividade no âmbito da UFSC, torna pública, então, a oferta para comercialização do excedente que não foi aproveitado pelas unidades universitárias.

Encontra-se disponível para venda um lote de 735.000 sementes diploides de ostras do pacífico ao valor de R$ 20,00 o milheiro. O valor do milheiro é baseado no histórico de custos do Laboratório de Moluscos Marinhos e no preço praticado por laboratório privado em Santa Catarina.

Mais informações pelo telefone (48) 3721 2709

Servidor da UFSC recebe medalha em Encontro Nacional de Cerimonial Universitário

17/07/2017 15:15

Foto: Divulgação

O servidor técnico-administrativo e chefe da Divisão de Eventos Institucionais, do Departamento de Cultura e Eventos (DECEven/UFSC), Pompílio Geraldo Fidelis Neto, recebeu a Medalha de Honra ao Mérito no X Encontro Nacional de Cerimonial Universitário, promovido pelo Fórum dos Organizadores de Cerimônias Universitárias e Acadêmicas das Instituições de Ensino Superior Brasileiras (Forcies). O evento foi realizado na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), em Natal, e a entrega foi feita pela reitora da UFRN, Angela Paiva.

O Forcies surgiu em Florianópolis, em 2007, como um espaço para a troca de experiências entre cerimonialistas de instituições de ensino superior e tem como objetivo representar, discutir e disciplinar as formas, rotinas e tratamentos dados nas cerimônias e eventos universitários.

O Fórum, do qual Pompílio Fidelis é o atual presidente do conselho consultivo, também promove congressos anuais, reunindo profissionais de instituições de ensino públicas e privadas. Em 2017, o encontro contou com a participação de representantes de 110 universidades brasileiras e abordou temas como colação de grau, inclusão e acessibilidade, gestão de pessoas em eventos e pós-produção.

 UFSC oferece mestrado em Engenharia de Sistemas Eletrônicos no Centro de Joinville

17/07/2017 09:02

As inscrições para o processo seletivo da primeira turma do mestrado em Engenharia de Sistemas Eletrônicos (PPGESE) estão abertas até 7 de agosto. Oferecida pelo Departamento de Engenharias da Mobilidade do Centro Tecnológico de Joinville (CTJ), a iniciativa está ligada ao Centro de Joinville da Universidade Federal de Santa Catarina.

O programa tem parceria com a instituição alemã Technische Hochschule Ingolstadt (THI) com a possibilidade de dupla titulação dos candidatos selecionados.

São disponibilizadas 15 vagas nas ênfases Sistemas Embarcados e Sistemas Eletrônicos de Potência. O público-alvo do PPGESE é composto de egressos de cursos de Ciências Exatas e da Terra e Engenharias e profissionais da indústria, com formação nas áreas de atuação do programa (engenharia elétrica e computação), que desejam aprimorar seus conhecimentos, sobretudo para desenvolvimento de soluções inovadoras com o apoio de novas tecnologias.

As inscrições podem ser realizadas no site do PPGESE. O processo seletivo será realizado em uma única etapa e a divulgação do resultado, com o nome dos convocados para a matrícula e lista de espera, ocorrerá no dia 31 de agosto. As aulas terão início no dia 18 de setembro.

Mais informações no site.

 

 

Laboratório de Oceanografia Química monitora formas de poluição nos rios costeiros de SC

14/07/2017 11:45

Eutrofização no rio Papaquara, norte da Ilha de SC. Foto: Divulgação

Os esgotos domésticos e industriais e o uso de fertilizantes na Agricultura têm levado toneladas de nitrogênio e fósforo para os ecossistemas costeiros, desencadeando a eutrofização. O crescimento excessivo de microalgas (marés vermelhas) ou de macroalgas (marés verdes) é um exemplo de resposta do sistema frente a essa poluição. A decomposição desta matéria orgânica e daquela vinda diretamente do esgoto doméstico, consome o oxigênio livre presente na água, formando as zonas mortas. A zona costeira mundial tem sofrido com a ocorrência da formação periódica ou permanente dessas zonas, onde a concentração de oxigênio é baixa para a sobrevivência de espécies, gerando perdas como peixes, camarões, siris – prejudicando a cadeia produtiva dos ecossistemas marinhos, incluindo a pesca. Este cenário não é diferente em Santa Catarina.
(mais…)

UFSC abre Processo Seletivo Simplificado para professor substituto

14/07/2017 11:38

A Pró-Reitoria de Desenvolvimento e Gestão de Pessoas (Prodegesp) publica novos editais para seleção de professores substitutos do Ensino Superior e Ensino Básico, Técnico e Tecnológico (EBTT):

Confira os editais:

Edital nº 36  – 9 (nove) vagas para o Centro de Araranguá e para diversos Departamentos da UFSC em Florianópolis.

Inscrições: 17 a 21 de julho – das 8h30 às 11h30 e das 14h30 às 17h30.

Edital nº 38  – 1 (uma) vaga para o Colégio de Aplicação da UFSC.

Inscrições: 17 a 21 de julho – das 8h30 às 11h30 e das 14h às 17h.

Mais informações pelo telefone (48) 3721-9240 ou pelo e-mail 

Campus de Curitibanos recebe primeira seção de segurança fora da sede de Florianópolis

13/07/2017 17:10

Leandro Oliveira: antecipação. Foto: Divulgação

A Secretaria de Segurança Institucional da UFSC implantou no campus de Curitibanos a primeira Seção de Segurança fora da sede de Florianópolis. “Nós não temos lá um profissional do quadro para estar presente, mas teremos servidores da área de administração capacitados para fazer os atendimentos, de um preenchimento de boletim de ocorrência a orientação onde o aluno possa se dirigir em determinada situação”, diz o Secretário de Segurança Institucional, Leandro Luiz de Oliveira, que esteve essa semana na região. O próximo passo agora é fazer com que os todos os demais campi (Araranguá, Joinville e Blumenau) tenham, até o final do ano, uma estrutura semelhante.

A nova Seção de Segurança prevê a implantação, capacitação e orientação dos agentes de segurança no Campus de Curitibanos, manutenção do sistema de videomonitoramento e dos sistemas de armazenamento, a aquisição de novos equipamentos de vigilância para ampliação de cobertura, iluminação e monitoramento e orientação da equipe de fiscalização do contrato de vigilância sobre os procedimentos.

A ideia da seção é de que a comunidade universitária local tenha um ponto de referência na área de segurança. No caso de Curitibanos, existem alguns problemas de iluminação e a necessidade de substituição de doze câmeras analógicas por câmeras IP para ganhar qualidade na imagem e na economia de manutenção.

As câmeras IP são câmeras de vídeo que podem ser acessadas e controladas via redes como a LAN, Intranet ou Internet. É possível ainda instalar esse tipo de equipamento com os convencionais fios (cabo de rede) para streaming de áudio e vídeo ou utilizar tecnologia Wireless com criptografia, explica Leandro Oliveira.

Leandro lembra que Curitibanos é um campus bem grande. “Já tem um segundo prédio sendo construído com salas de aula e laboratórios, o que aumenta as demandas por segurança. Então, a ideia é se antecipar, evitando danos às pessoas e ao patrimônio”, observa.

 

 

 

Campanha de inverno dos alunos da Pós em Engenharia e Gestão do Conhecimento entrega donativos

13/07/2017 16:03

A campanha de arrecadação de roupas, alimentos e produtos de limpeza e higiene dos alunos do Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento (PPGEGC) fez sua primeira entrega nesta quinta-feira, 13 de julho, ao Asilo Irmão Joaquim. A coleta de donativos que serão revertidos para asilos e moradores de rua da Grande Florianópolis segue até o dia 31 de julho.

O grupo já arrecadou roupas, calçados, cobertores, travesseiros, pacotes de fraldas geriátricas, caixas de creme dental, sabonete, papel higiênico e litro de água sanitária. Além disso, também receberam doações de acessórios como toucas, cachecol, tapetes, utensílios domésticos, livros e brinquedos. 
(mais…)

Secretário do MEC visita UFSC para conhecer capacitação para Base Nacional Comum Curricular

13/07/2017 11:00

O Secretário de Educação Básica do Ministério da Educação, Rossieli Soares da Silva, vem a Florianópolis na próxima segunda-feira, 17 de julho, para conhecer um sistema de capacitação a distância para professores e gestores da rede pública de ensino. O projeto, desenvolvido pela Secretaria de Educação a Distância (Sead) da UFSC, permite trabalhar com a Base Nacional Comum Curricular (BNCC). A visita será realizada às 8 horas, na sede da secretaria, localizada na área central da cidade, e terá a presença do reitor Luiz Carlos Cancellier de Olivo.

A proposta do sistema vem sendo desenvolvida pela SEAD há três meses, a fim de facilitar a interpretação e aplicação da BNCC pela comunidade escolar, para a formação dos currículos dos Estados, Distrito Federal e Municípios e articulação de temáticas da educação básica.  “O projeto prevê a utilização de experiências práticas, via internet, com atenção especial ao fácil acesso, para poder ser aplicado em todas as regiões do país”, diz o secretário de Educação a Distância da UFSC, Luciano Castro. “A ideia é assegurar a vitalidade e a perenidade do sistema”.

Rossieli da Silva vem acompanhado do coordenador-geral de Educação Ambiental e Temas Transversais da Educação Básica do MEC, Felipe Felisbino.

 

Programação voltada a famílias no Museu da UFSC neste sábado

12/07/2017 10:25

O Museu de Arqueologia e Etnologia Professor Oswaldo Rodrigues Cabral (MArquE) da UFSC convida as famílias a participar de programação especial na exposição “Rendas de Bilro: Coleção MArquE”, com visita mediada e contação da história “Maria Rendeira”, neste sábado, 15 de julho, às 15h30, no Pavilhão de Exposições do museu, campus Florianópolis, no bairro Trindade. Por ser no sábado, a entrada deve ser feita pela rótula da Lauro Linhares. Evento gratuito. Sugestão etária: de 3 a 8 anos. Cada criança deve estar acompanhada de pelo menos um adulto responsável durante todo o período no Museu.

A contação de história:

Foto: Acervo Setor Pedagógico MArquE

Foto: Acervo Setor Pedagógico MArquE

Maria Rendeira é uma livre adaptação do conto “A rendeira e a virgem”, registrada por Franklin Joaquim Cascaes. Conta a história de Maria Tibúrcia, uma menina que veio dos Açores com sua família e trouxe na mala os materiais e a tradição necessários para fazer rendas de bilro.

 

A exposição:

​”Rendas de Bilro: Coleção MArquE” apresenta para o público rendas de diferentes formatos, técnicas e usos. Busca destacar a delicadeza da renda, apresentando na qualidade de objeto artístico o resultado da habilidade das rendeiras de Florianópolis.
(mais…)