Projeto ambiental no bosque do CFH é selecionado em premiação

06/06/2018 11:44

A Agenda Ambiental na Administração Pública (A3P) do Ministério do Meio Ambiente (MMA) anunciou os nomes dos 12 órgãos premiados com os melhores projetos de sustentabilidade na administração pública. O projeto Recuperação e educação ambiental no bosque do Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFH) da UFSC está entre os agraciados no ‘Prêmio A3P Melhores Práticas de Sustentabilidade’, em sua 7ª edição.

O 7º Prêmio A3P tem por objetivo reconhecer o mérito de ações de sustentabilidade desenvolvidas nos órgãos públicos, aos projetos implementados. Pretende-se dar visibilidade a esses projetos para que sirvam de exemplo à sociedade e aos demais órgãos.

A solenidade de premiação está marcada para o dia 23 de agosto no auditório da Imprensa Nacional, em Brasília.

 

Histórico 

Determinado pelo Código Florestal (Lei 12.651/ 2012), parte do Bosque da UFSC é considerado Área de Preservação Permanente (APP). No campo educacional é considerado um nicho de conhecimento por agregar espaços físicos estratégicos, como o CFH, o Planetário e o Núcleo de Desenvolvimento Infantil. Com isso, esta área no campus Trindade da UFSC naturalmente deveria traduzir a ideia de um espaço de bem-estar social e ambiental. Contudo, esta área com cerca de 40.000 m2 ganhava notoriedade por sua crescente degradação devido ao uso irregular da área como estacionamento, intensa compactação e erosão do solo, falta de cobertura vegetal e, no curso d’água, ausência de mata ciliar e avançado assoreamento.

Desta forma, em 2010 começou-se a trabalhar a ideia de recuperação da área para torná-la o coração da Universidade no que tange à prática da sustentabilidade e conscientização ambiental atrelado ao bem-estar social, através do proposta de um ‘Parque Universitário’. Para isso foi criada a Comissão de Revitalização do Bosque. Futuramente, o Núcleo de Estudos em Permacultura (Neperma) e a Coordenadoria de Gestão Ambiental (CGA) começaram ações no segundo semestre de 2014 através do projeto de extensão “Recuperação e Educação Ambiental no Bosque do CFH” aplicando a agroecologia para recuperação do solo, restabelecimento de vegetação nativa e desassoreamento do curso d’água com adicional supressão de árvores exóticas.

O projeto surgiu a partir da busca dos alunos do núcleo de Permacultura da UFSC em reabilitar o solo desta área, revitalizar os cursos d´água que a atravessam e substituir árvores exóticas que impedem o estabelecimento de espécies nativas. Atualmente os protagonistas do projeto são um grupo multidisciplinar formado por membros no Neperma (professores e estagiários), por servidores da Coordenadoria de Gestão Ambiental, direção e professores do CFH e por toda a comunidade através da participação nos mutirões. Já se notam frutos dessa ações, dada a acertada opção pelos sistemas agroflorestais para a recuperação da vegetação nativa, tais como áreas com positivo estado de cobertura vegetal, mata ciliar parcialmente recomposta e solo hábil para o plantio de espécies nativas.

Leia mais:

http://www.mma.gov.br/index.php/comunicacao/agencia-informma?view=blog&id=3018

http://www.mma.gov.br/component/k2/item/11775-7-premio-a3p

 

Com informações do Núcleo de Audiovisual e de Comunicação/CFH e Coordenadoria de Gestão Ambiental (Gabinete da Reitoria).