Bloomsday 2018 em Florianópolis será realizado no dia 16 de junho, sábado

04/06/2018 11:43

Desenho de Sérgio Medeiros.

O Bloomsday de 2018 em Florianópolis será realizado no dia 16 de junho, sábado, das 15h às 18h, na Fundação Cultural Badesc e o tema desta edição é a relação dos heróis com os animais, discutindo a atuação destes em diferentes obras de artes (literatura, pintura, cinema, música) e a passagem na atuação como personagens livres e criativos.

Organizado pelos professores da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) Clélia Mello, Dirce Waltrick do Amarante e Sérgio Medeiros, o Bloomsday, ou dia do Bloom, é comemorado todo dia 16 de junho em homenagem ao personagem Leopold Bloom, protagonista do romance Ulisses, do escritor irlandês James Joyce (1882 – 1942).

No poema de Homero, um dos mais antigos e célebres da literatura ocidental, o herói Ulisses, ao retornar para casa após 20 anos de ausência, reencontra seu cão Argos, já velho e moribundo. O cão o reconhece imediatamente, embora ele esteja vestido de mendigo, para não ser identificado pelos inimigos que almejam derrotá-lo a fim de ocupar seu lugar no leito de Penélope, sua esposa fiel. Penalizado, Ulisses verte lágrimas de tristeza diante do cão que apenas é capaz de mexer as orelhas e agitar o rabo, antes de extinguir-se.

No romance moderno de Joyce, intitulado Ulisses (1922), vemos o herói Bloom, que em nada se parece com o protagonista da Odisseia, preparando o desjejum sob os olhares de uma jovem gata faminta, diante da qual ele se inclina carinhosamente, revelando que é um homem “baixo” (comum), em muitos sentidos, e não um personagem “alto” (elevado), como o fabuloso Ulisses homérico.

Entre o cão que morre no final da jornada e o gato que desperta no início dela, o Bloomsday de Florianópolis falará de vários outros animais que atuam em diferentes obras de artes compondo, por meio citações, imagens, sons, entre outros, uma espécie de zoológico imaginário em que os animais se libertam das jaulas e passam a atuar como personagens livres e criativos.

As obras escolhidas pelos organizadores são comprometidas com a estética vanguardista, da qual a obra de James Joyce é um dos pilares.

Confira abaixo a programação do evento:

15h: A morte de Argos.

Leituras de textos de Kafka, Gertrude Stein, Borges, Beckett.

15h: Transformando Finnegans Wake em coreografias de dança.

Oficina com Giovana Beatriz Manrique Ursini.

15h: Coisa entre a linguagem e o músculo.

Performance de Iam Campigotto.

15h: O despertar da gata.

Produção radiofônica de Larissa Lagos de trechos de Ulisses, Finnegans Wake e Beckett. Com Larissa Lagos, Daiane Oliveira, Angela Trichês, Carla D’ambroz, Eric Tomas Pellin, Daniela Fernandes Bristot, Alicia Lopes Prudencio, Kall Sales.

15h30min:  Cama de gato.

Instalação de Clelia Mello

16h30: Filme: Bloom, de Sean Walsh.

16h30: Apresentação do poema “Enrique Flor, o novo”, sobre o Bloomsday em Dublin.

16h30: Estudo Coreográfico para o início de Finnegans Wake.

Coreografia de Giovana Beatriz Manrique Ursini

Serviço

O quê: Bloomsday de Florianópolis 2018

Quando: 16 de junho, sábado

Horário: das 15h às 18h

Local: Fundação Cultural Badesc

Organização: Clélia Mello, Dirce Waltrick do Amarante e Sérgio Medeiros