UFSC sedia Encontro de Sustentabilidade em Projeto de 18 a 20 de abril

12/04/2018 11:22

A Universidade Federal de Santa Catarina sediará, de 18 a 20 de abril, o VI Encontro de Sustentabilidade em Projeto (Ensus) evento que reúne professores, técnicos, alunos e comunidade pela sustentabilidade integrada aos projetos e ao desenvolvimento de novos produtos, nas áreas de Arquitetura, Engenharia e Design.

A programação que inclui palestras, mesas-redondas, apresentação de artigos e apresentações de pôsteres. 

Palestras

Amilton J. V. Arruda, Ph.D.: A Biométrica e a Sustentabilidade: Natureza a serviço da Tecnologia

SINOPSE: Apresentar um panorama amplo de atuação e projetos sobre biônica e biomimética, disciplinas essas que possuem uma forte conexão com a referência da natureza aplicada a projetos de artefatos. Demonstrar como é possível através dos conceitos de sustentabilidade aplicar processos metodológicos transversais e obter ótimas soluções de design.

Carlos Alberto M. Moraes, Dr. Eng: Desenvolvimento de Coprodutos: Projetos, Processos e Produtos Mais Sustentáveis

SINOPSE: Cada vez mais é necessário buscar soluções para substituir recursos naturais finitos por materiais excedentes nos processos produtivos, seja pela rápida redução em abundância, seja pela prevenção de impactos ambientais. O desenvolvimento de coprodutos através de projetos integrados aspectos tecnológicos, sociais, ambientais e econômicos, é fundamental para garantir um ciclo de vida apropriado para a aplicação de novos materiais mais sustentáveis.

Antonio Ludovico Beraldo, Dr.:  Bambu: matéria-prima para o Século XXI

O bambu ainda é um recurso natural relativamente desconhecido pela população brasileira. Embora essa planta apresente uma multiplicidade de aplicações, seus usos mais frequentes referem-se à confecção de cercas, divisórias e de pequenos objetos de decoração. No entanto, em vários países asiáticos e em parte das Américas o bambu já desempenha um importante papel na preservação das florestas nativas, prestando-se a uma infinidade de aplicações, desde a indústria alimentícia até na confecção de pontes.

Danilo Corbas: Arquitetura em Container. 

Nesta palestra o arquiteto Danilo Corbas trará sua experiência em projetos utilizando Containers.  Danilo é Arquiteto formado pela Universidade de São Paulo em 1991, foi precursor da construção em container no Brasil. Autor de projetos reconhecidos internacionalmente, desenvolveu sua própria técnica construtiva em 2009 utilizando os contêineres marítimos. Seu primeiro projeto foi a famosa Casa Container da Granja Viana, em SP. Atualmente conta com inúmeros projetos no Brasil, como casas, eventos e prédios comerciais. É reconhecido como um dos principais fomentadores desse tipo de construção, participou de reportagens sobre o tema, tem seus projetos publicados nas principais revistas do setor, bem como projetos publicados fora do Brasil em dois grandes livros sobre o tema “Arquitetura em Containers”.

Assista ao vídeo da construção da casa container com a entrevista à Danilo Corbas para o programa Cidades e Soluções.

Bernadete Brandão, Esp.: Como o Slow Design pode impactar positivamente a vida das pessoas

Imagine roupas, sapatos, mobiliários, utilitários, produzidos para gerar hábitos mais saudáveis e impactando menos e respeitando o tempo para ser feito com qualidade e respeito ao meio ambiente e promover o bem- estar das pessoas, da sociedade e dos sistemas naturais. O Slow Down é um movimento, é um convite a observar [pra fora~e observar-se. Contemplar o verdadeiro ritmo das coisas. Acionar um processo virtuoso desde a origem, o projeto, passando pelo respeito com o meio ambiente e modelos de inovação social para produtos, valorizando as pessoas, a sua criatividade e prazer de colaborar.

Denise Dantas, Dra.: Materioteca e Materiais Sustentáveis: Desafios

Denise Dantas é professora do Curso de Design da FAU USP. Pussui graduação em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade de São Paulo, com especialização em Industrial Design pela Scuola Politecnica di Design di Milano. Concluiu o mestrado e o doutorado na Universidade de São Paulo, sempre com pesquisas no campo do design de produtos. Atualmente coordena o acervo de materiais para o design e arquitetura Materialize, da FAU USP, em parceria com o acervo Materioteca, do Politecnico di Milano

Dulce De Meira Albach, Dra.: Cenários Futuros no Contexto do Design para Sustentabilidade

As principais premissas nod esenvolvimento deste trabalho são: O Design para Sustentabilidade com a proposição do alcance de uma descontinuidade dos padrões atuais de produção e consumo; e os Estudos do Futuro (Future Studies) na medida em que estabelece parâmetros que configurem mudanças de perspectiva. Nessa contextualização propõe-se uma metodologia para a criação de Cenários Futuros para os setores de embalagens e de alimentos e interpretados no ambiente supermercado (autosserviço) enquanto local de grande concentração de ambos. O processo visa à elaboração de estratégias que possam melhor direcionar para um futuro preferível apoiado pelo campo do design.

Akemi Ino, Dra.: Madeira e Terra – Habis25 do IAU.USP

As experiências de pesquisa, ensino e extensão com projetos executados ao longo de 25 anos pelo grupo HABIS do IAU-USP (Instituto de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo) indicam as possibilidades e limites do material madeira associado ou não com a terra para projetos habitacionais e institucionais. Com os projetos realizados em diversos contextos buscou discutir vários aspectos das distintas facetas da ‘sustentabilidade’ envolvidos no seu processo de produção. E hoje, o grupo desenvolve pesquisa, ensino e extensão numa perspectiva de construir novos paradigmas para construção mais sustentável.

Minicursos:

Fabiano Ostapiv e Celso Salamon: Construção de domos geodésicos de bambu.

O que será visto:
– Domos e geodésicas, características e usos.
– Características dos bambus e seu uso na construção de domos.
– As ligações entre os colmos.
– Montagem de maquetes de domos de bambu.

MESAS DE DISCUSSÃO:

18/04/2018 – Cidades Inteligentes e Sustentáveis: realidade ou utopia

Participantes:  Adriana Marques Rossetto, Renato Saboya, Samuel Steiner, Soraya Nor  e Lisiane Ilha Librelotto (mediadora)- Professores Departamento de Arquitetura e Urbanismo/UFSC e PósARQ/UFSC

19/04/2018 – Sustentabilidade em Projetos: situação e perspectivas.

Participantes: Tomás Barata – PPGDesign – UNESP (Bauru); Adriano Heemann – UFPR -PPGDesign; Célio Teodorico dos Santos – PPGDesign/UDESC

20/04/2018 –  Incorporação de resíduos no desenvolvimento de novos produtos.

Maria Elise Magri, Professora PPGEA –  Joel Dias – Professor FURB – PPG, Rachel Magnago – UNISUL – PPGCA

Exposições:

Banheiro Seco – Maria Carolina Bastiani, Edmilson Rampazzo Klen.

A estudante Maria Carolina Bastiani, do curso de Engenharia Sanitária e Ambiental da UFSC, foi premiada com o 2º lugar na classe artigos completos no III Congresso Nacional do Projeto Rondon, realizado na Universidade de Brasília. O trabalho foi orientado pelo professor da UFSC Edmilson Rampazzo Klen, doutor em Engenharia Mecânica.

O artigo “Banheiro Seco como uma ferramente educativa – Aplicação no Colégio Agropecuário de Natividade em Tocantins”, relata uma das ações de grande sucesso que os rondonistas da UFSC realizaram durante a Operação Tocantins do Projeto Rondon em janeiro de 2017, na cidade de Natividade, TO. A estudante foi contemplada com um certificado de premiação, uma medalha referente aos 50 anos do Projeto Rondon, um prêmio em dinheiro e ainda a publicação do artigo em um número especial da revista “ParticipAção”, revista de Extensão da UnB.

Carro Elétrico Li

O carro que nasceu em Santa Catarina, ganha aos poucos fãs pelo Brasil. Apareceu oficialmente pela primeira vez em agosto, a convite do Governo da Bahia, na Campus Party, em Salvador. Além disso, o conceito de design de marca e produto, também de autoria de empresas catarinenses, foi escolhido pelo Sebrae para representar Santa Catarina na Design Weekend, maior evento de design do Brasil.

O projeto, inicialmente pensado para o setor industrial, apresenta diversas inovações relacionadas à interface de usuário, algumas inéditas no mercado automotivo brasileiro, criadas especialmente para o Li. O veículo projetado pela Mobilis traz acionamento por login, sistema de manutenção online conectado com a fábrica, que analisa o perfil do condutor e prevê problemas no sistema antes de acontecerem. Head up display com projeção de dados importantes do sistema. Como o velocímetro e carga da bateria, entre outras.

 

Confira a programação completa.

Mais informações: 
E-mail:
Fone: (48) 3721-4971