Plano de saúde da UFSC terá reajuste de 12,15%

16/04/2018 12:40

Conforme previsto em cláusula contratual e autorizado pela Agencia Nacional de Saúde Suplementar (ANS), o plano de saúde da UFSC sofrerá reajuste das mensalidades no mês de maio.

No ano passado o indicador de sinistralidade apurado apontou a necessidade de reajuste das mensalidades em 15,14%. Entretanto, após negociação com a Unimed, acordou-se que o percentual de reajuste não poderia superar o indicador autorizado pela ANS, resultando num reajuste de 12,15%.

Alguns fatores contribuem significativamente para o resultado apurado, em especial a possibilidade de inclusão de agregados e a alta média de idade dos beneficiários do Plano. A Divisão de Saúde Suplementar (DSSU), do Departamento de Atenção à Saúde (DAS), da Pró-Reitoria de Desenvolvimento e Gestão de Pessoas (Prodegesp) realizou pesquisa de mercado e identificou que, apesar do reajuste proposto pela operadora, os valores continuarão significativamente vantajosos quando comparados com outras empresas do segmento, em especial nas faixas etárias onde se concentra a maior parte dos beneficiários do plano de saúde.

O reajuste das mensalidades será aplicado na competência de abril, com efeitos financeiros na fatura com vencimento em 15 de maio de 2018. Um novo processo licitatório de cotação de Plano de Saúde será instaurado ainda neste ano.