Concurso Odília Carreirão Ortiga da EdUFSC premia roteiros de teatro e cinema

28/03/2018 09:00

Já estão abertas as inscrições para o Concurso Odília Carreirão Ortiga, promovido pela Editora da UFSC e que vai premiar duas obras na categoria Roteiros de teatro e cinema, inéditas, redigidas em língua portuguesa. Os autores devem ser pessoas nascidas em Santa Catarina ou nele residentes há pelo menos dois anos.

As inscrições podem ser realizadas até o dia 18 de junho, no horário comercial, na secretaria da Editora da UFSC, localizada no 1º andar do prédio da Editora da UFSC, Campus Universitário, Bairro Trindade, Florianópolis, Santa Catarina. Serão aceitas inscrições por correio, contando a data de postagem, com material remetido para: Editora da UFSC, Concurso Odília Carreirão Ortiga, Caixa Postal 476, Florianópolis, SC, 88040-900.

O teatro de Odília

Formada em Direito (1958) e em Letras Neolatinas Francês e Português (1973) pela UFSC, e doutorada em Literatura Brasileira (1993) pela USP, a ligação de Odília Carreirão Ortiga com o teatro começou em 1959, quando fez parte do grupo fundador do Teatro Universitário de Santa Catarina, que teve uma produção intensa nos anos 1960. Dirigiu peças, excursionou, participou de festivais e incentivou atores, entre eles Zeula Soares, Édio Nunes e Ademir Rosa.

Na década de 1960, atuou como diretora de teatro em montagens do SESC, UFSC e SESI, onde teve sua última experiência teatral, com a peça “O Santo Inquérito”, de Dias Gomes, que estreou e se manteve em cartaz no TAC.  Odília dirigiu também “O Auto da Compadecida”, de Ariano Suassuna, que fez longa temporada no Teatro Álvaro de Carvalho, com grande sucesso de público, além de uma inédita apresentação para os internos da Penitenciária do Estado.

A partir de 1974, seguiu a carreira de professora no curso de Língua e Literatura Vernáculas, na graduação e pós-graduação da UFSC. Em 2014, Odília Ortiga foi homenageada no 21º Festival de Teatro Isnard Azevedo. Faleceu em Florianópolis, em 27 de outubro de 2016.

Agecom/UFSC