A escrita das mulheres na 90ª edição do Círculo de leitura, nesta quinta

14/03/2018 13:40

Na retomada do Círculo de Leitura de Florianópolis, evento realizado periodicamente na Sala Harry Laus da Biblioteca Central da UFSC, o próximo encontro temático terá como mote “A Escrita das Mulheres”. No dia 15, quinta-feira, às 18h30, as escritoras Kátia Rebello e Ana Esther Balbão Pithan e a jornalista e escritora Raquel Wandelli vão falar de seu trabalho, das obras que publicaram, de sua relação com a leitura e de questões de gênero relacionadas à literatura. A coordenação do debate será da escritora e filósofa Sônia Felipe. A entrada é franca.

Kátia Rebello é graduada em Biblioteconomia, com especialização em Educação e Desenvolvimento Humano e mestrado e doutorado em Literatura. Começou a carreira quando participou do Varal Literário, organizado pelo professor e poeta Alcides Buss, e estreou em livro com “A casa da praia”, que recebeu o Prêmio Nacional de Romance Virgílio Várzea, da Fundação Catarinense de Cultura. Tem 12 livros publicados, entre eles “Coincidência!” (ganhador do troféu Boi de Mamão da Câmara Catarinense do Livro), “Em nome da arte”, “O silêncio do olhar”, “O admirador secreto” e “Até que a morte os separe”. É membro do Instituto Histórico e Geográfico de Santa Catarina e da Academia são José de Letras.

Ana Esther Balbão Pithan tem graduação em Letras/Inglês e mestrado em Língua Inglesa e literatura correspondente. Deu aulas em universidades do Rio Grande do Sul e Santa Catarina, participou de seis antologias, publicou nove livros e dois e-books. É criadora dos personagens Bonequinha Cremilda, Mega Vó, Profª Coruja Buraqueira e Teófilo Brás, o Torcedor Brasileiro Mais Azarado do Mundo. Mantém um blog onde os interessados podem acessar suas crônicas, poemas e desenhos. Entre os livros que já lançou aparecem “Terapia ocupacional”, “O susto de Cremilda”, “Cadê o Cagu?”, “A cidade dos polvos”, “Lendo nas entrelinhas” e “Propósito macabro” (e-book).

Raquel Wandelli é ensaísta, jornalista e professora, mestre e doutora em Literatura, especialista em Estudos Culturais e autora de trabalhos sobre cinema, estética, filosofia, literatura e comunicação. Atua há 18 anos como professora da Universidade do Sul de Santa Catarina (Unisul), onde leciona Literatura Jornalística e Narrativas Híbridas e coordena o projeto Jornalismo de Povos. Jornalista concursada do INSS, foi assessora de comunicação da Secretaria de Cultura e Arte da UFSC e da Secretaria de Estado da Educação. É mídia-ativista, integrante da rede de coletivos de mídia Jornalistas Livres. Publicou “Leituras do hipertexto: viagem do Dicionário Kazar” e “Existe, logo escreve – O inumano na arte-literatura”.

O Círculo

Realizado em parceria com a Biblioteca Central da UFSC, o Círculo de Leitura de Florianópolis chega à 90ª edição e consiste em encontros periódicos que permitem ao convidado e aos presentes discutirem informalmente sobre os livros que estejam lendo, as leituras do passado e as influências de outros autores sobre o seu trabalho. A partir de 2015, o projeto ganhou novo formato, com encontros temáticos e mais espaçados entre si. Escritores, artistas e jornalistas como Salim Miguel, Oldemar Olsen Jr., Fábio Brüggemann, Inês Mafra, Mário Pereira, Maicon Tenfen, Cleber Teixeira, Dennis Radünz, Raimundo Caruso, Nei Duclós, Zahidé Muzart, João Carlos Mosimann, Mário Prata, Rogério Pereira, Rosana Bond, Silveira de Souza, Néri Pedroso, Tércio da Gama e Tabajara Ruas foram alguns dos participantes das etapas anteriores do projeto.