Seminário apresenta palestra ‘Voluntários da Cultura: o público e o privado no Museu Nacional de Imigração e Colonização’

29/11/2017 12:43

O Programa de Pós-Graduação em História da UFSC irá apresentar a palestra “Voluntários da Cultura: o público e o privado no Museu Nacional de Imigração e Colonização” de Letícia Borges Nedel, no Seminário Histórias Possíveis: Passagens. O encontro será no dia 1º de dezembro, às 16h, no Mini-Auditório do CFH. 

Resumo:

A exposição tenta articular o interesse etnográfico recente sobre as trajetórias significativas de artefatos colecionados aos processos de produção da memória em museus. Com esse objetivo são analisadas as modalidades de apropriação social da cultura material encenadas do Museu Nacional de Imigração e Colonização (MNIC), sediado em Joinville, entre as décadas de 1960 e 2000. A dimensão estratégica tomada pelo colecionamento no interior dessa instituição, cuja vocação política comum a outros museus históricos é exercida sob a chave da etnicidade, aponta para as correlações observáveis entre os meios de autenticação do passado narrado nas exposições e os valores que orientam a conduta colecionista dos gestores. Embora o conceito de museu-casa não se enquadre na definição tipológica do MNIC, a idéia de casa permanece implicada na maneira como se travam as relações entre o público e o privado no interior da instituição. A trajetória do prédio principal, que de residência privada e sede administrativa da colônia transformou-se em instituição pública entregue à iniciativa de voluntários ilustra bem essa ambivalência, cujo raio de ação não se limita às formas assumidas pela gestão administrativa e de recursos financeiros, mas fica impressa na política de acervo e na curadoria das exposições.

Mais informações pelo telefone (48) 3721-9359.