Hospital Universitário integra mutirão de operações gratuitas para corrigir orelhas de abano

13/11/2017 08:48

O Hospital Universitário da UFSC irá integrar uma ação social promovida pela  Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica – Regional Santa Catarina (SBCP-SC) e pelo Instituto para o Desenvolvimento do Ensino e Ação Humanitária (Fundação Ideah) para operar gratuitamente pessoas com as chamadas orelhas de abano. As cirurgias serão nesta segunda e terça, 13 e 14 de novembro.

Segundo o chefe do Serviço de Cirurgia Plástica e Queimados do HU/UFSC e coordenador da iniciativa, Zulmar Accioli, “Santa Catarina tem uma cirurgia plástica muito unida e preocupada com as ações sociais, pois os recursos dos hospitais públicos são escassos. Para se ter ideia, nove dos 12 cirurgiões do Serviço do HU são voluntários”.

As otoplastias antecedem o 54º Congresso Brasileiro de Cirurgia Plástica, que reunirá centenas de especialistas do País e do exterior no Centro de Convenções de Florianópolis (CentroSul), de 15 a 18 deste mês. Estima-se que 50 pacientes sejam operados em hospitais públicos e clínicas particulares de diferentes regiões do Estado por cerca de 30 cirurgiões plásticos e nove médicos residentes. A maior parte dos procedimentos será feita no HU/UFSC e no Hospital Infantil Joana de Gusmão, ambos na Capital.

Somente neste ano, a SBCP-SC promoveu a remoção do excesso de pele de oito ex-obesos mórbidos em agosto e a reconstrução de mamas em 65 mulheres mastectomizadas total ou parcialmente por causa do câncer durante a campanha Outubro Rosa.

A orelha de abano é uma malformação que altera a estética do pavilhão auricular. Apesar de não existirem problemas clínicos de audição associados a esta ocorrência, pode causar distúrbios emocionais e bullying, afligindo principalmente crianças em idade escolar a ponto de muitas não quererem mais ir às aulas.

Mais informações pelo telefone (48) 3721-8058.

Com informações da assessoria da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica – Regional Santa Catarina.