Laboratório do curso de Aquicultura da UFSC conquista Prêmio Von Martius de Sustentabilidade

26/10/2017 14:08

O projeto “Tecnologias para a Conservação da Ictiofauna no rio Uruguai”, recebe o 3º lugar, na categoria Tecnologia, no prêmio Von Martius de Sustentabilidade, edição 2017, da Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha. Premiado por contribuir no desenvolvimento econômico, social e cultural com respeito ambiental, o Projeto é realizado por meio de parceria do Laboratório de Biologia e Cultivo de Peixes de Água Doce (Lapad), do curso de Aquicultura da UFSC, com a Engie, o Consórcio Itá e o Consórcio Machadinho.

O projeto

Refere-se a um conjunto de ações para conservação das comunidades de peixes nos reservatórios e no entorno das Usinas Hidrelétricas Itá e Machadinho. Os estudos se concentraram principalmente na conservação e no manejo do dourado (Salminus brasiliensis), do suruvi (Steindachneridion scriptum) e da piracanjuba (Brycon orbygnianus), espécies que são consideradas ameaçadas de extinção na região.

Esse projeto é desenvolvido desde 1995 e tem possibilitado o desenvolvimento de diversos trabalhos de conclusão de curso, dissertações e teses, de modo que adicionalmente aos efeitos diretos sobre o ambiente, tem forte efeito na formação de recursos humanos.

O prêmio 

Criado no ano 2000 pela Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha, a premiação tem a intenção de reconhecer projetos que promovam o desenvolvimento socioeconômico e cultural, alinhado ao conceito de sustentabilidade.

O Prêmio von Martius é um dos mais importantes do setor, desde sua primeira edição até hoje, 2.039 projetos foram inscritos nas categorias Natureza, Humanidade e Tecnologia.

Mais informações na página do Lapad