16ª Sepex: estandes da área de Saúde oferecem serviços à comunidade

18/10/2017 16:10

Foto: Luna Mariah/Agecom/UFSC

A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) realizará, entre os dias 19 a 21 de outubro de 2017, a maior mostra científica do estado: a Semana de Ensino, Pesquisa e Extensão (Sepex), com o tema “A Matemática está em tudo”. As atividades da Sepex são gratuitas e podem ser visitadas das 9h às 19h, na quinta e sexta-feira, e das 9h às 12h, no último dia, sábado.

A Sepex possui uma variada programação com projetos desenvolvidos na UFSC, além das atrações artísticas e culturais para todas as idades.

São cerca de 130 estandes nas áreas de Comunicação, Cultura, Educação, Tecnologia, Ambiente, Trabalho, Direito, Saúde, entre outras.

Na área de Saúde, confira alguns dos serviços prestados:

Centro de Informações Toxicológicas de Santa Catarina (CIT/SC)

Apresentação do CIT, mostra da coleção biológica/didática, relatos de casos, estatísticas, entrega de material informativo.

Horto Didático de plantas medicinais do Hospital Univeristário (HU/UFSC)

Divulgação de trabalhos, fotos, plantas. Servirão chás aromáticos.

Grupo de gestantes e casais grávidos da UFSC

Apresentação do grupo de extensão por meio de flyers, banners dos trabalhos de pesquisa do grupo, vídeos. Exposição sobre parto humanizado, boneco para demonstração do parto, materiais sobre aleitamento materno, mama cobaia, banheiras para demonstração de banho do recém-nascido.

Banco de Sangue do HU

Conscientização do verdadeiro significado da doação de sangue, orientações e esclarecimentos de dúvidas; vídeo e cartazes da campanha – elaborados pelo curso de Design da UFSC -; demonstração de uma bolsa de sangue utilizada nas coletas; tipagem sanguínea feita em lâmina, manual do uso racional do sangue, educação para os riscos de doenças transmissíveis.

Doenças silenciosas

Entrega de flyers, tabelas de avaliação e folderes com informações do projeto de extensão “Princípios Básicos de um Viver Saudável”, avaliação antropométrica, questionário do estilo de vida e previsão da idade biológica.

Teste rápido para HIV e Sífilis

Testagem rápida para HIV e Sífilis aos participantes da Sepex, com idade superior a 18 anos, e comparação dos resultados com uma opção de teste combinado que detecta no mesmo dispositivo de testagem anticorpos anti-HIV e anti-treponema pallidum e, se for uma boa opção, facilitará as rotinas de maternidades, Atenção Básica, CTAs e outros locais que realizam testes rápidos.

A oferta de testagem para HIV faz parte da política de acesso ao diagnóstico que objetiva identificar o maior número possível de pessoas infectadas para ofertar imediatamento o tratamento. Essa política de tratar rapidamente tem por objetivo preservar o sistema imunológico do indivíduo e diminuir o risco de transmissão da infecção. Sabe-se que pessoas com carga viral indetectável do HIV têm pouca chance de transmitir a infecção.

Por sua vez, a oferta de teste rápido para sífilis tem por objetivo identificar os casos e tratar os indivíduos para conter a infecção, que atualmente está evoluindo para caráter epidêmico. Além disso, evita as consequências da sífilis não tratada, incluindo a congênita.

No estande haverá a participação de um médico que vai tratar os casos de sífilis e encaminhar os possíveis casos de infecção pelo HIV para realizar o exame de carga viral e atendimento na Rede Básica de Atenção à Saúde.

Venha conhecer a idade do seu coração

Avaliação de risco cardíaco. Entrevista com o visitante, onde serão avaliados aspectos como tabagismo, pressão arterial, diabetes etc. Coleta de sangue para dosar alguns fatores, como a glicose. As informações coletadas são analisadas para calcular a previsão de risco cardíaco em 10 e 30 anos, dependendo da idade da pessoa. Se a pessoa possuir mais de 30 anos é possível saber a idade do coração. Conscientização para a mudança de hábitos.

Residência Multiprofissional em Saúde da Família

Mostra de plantas medicinais resultante dos trabalhos dos residentes (Enfermagem, Farmácia, Odontologia, Nutrição, Serviço Social e Educação Física) nas unidades básicas de saúde. Auricoloterapia.

Museu de Anatomia Patológica (SAP/HU)

Espaço didático para aulas práticas da área da Saúde. Exibição de vídeos ilustrativos e peças para divulgação do museu.