Professores de Sociologia debatem Reformas Políticas no Brasil

04/09/2017 17:22

O Programa de Pós-Graduação em Sociologia Política (PPGSP) do Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFH) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), promoveu nesta segunda-feira, 4 de setembro, o “Debate: Reformas Políticas”, no miniauditório do CFH. O encontro contou com a presença dos professores do Departamento de Sociologia Luís Felipe G. da GraçaTiago Daher Padovezi Borges, Yan de Souza Carreirão e Lígia Helena Hahn Lüchmann.

Debate sobre Reforma Política
Fotos: Henrique Almeida/Agecom/UFSC

O debate abordou temas importantes no sistema eleitoral brasileiro. Luís Felipe inciou com a pergunta: “Você gostaria de ter o sistema eleitoral da Finlândia?”. Semelhante ao do Brasil, o professor explicou os tipos de sistemas eleitorais, como o Voto Distrital Misto, o Proporcional de Lista Fechada e o Distritão.

Os docentes discutiram sobre os problemas do sistema eleitoral brasileiro e por que a Reforma Política é tão requisitada. Alguns dos problemas citados foram a quantidade de partidos políticos, pouca accountability, que explica que o eleitor não lembra em quem votou na última eleição, críticas sobre campanhas caras e o difícil entendimento do próprio sistema. Abordaram temas como a qualidade e representação dos políticos na câmara, as dificuldades de enfrentar crises no país, a quantidade de partidos com muitos candidatos, que confunde o eleitor na hora de votar.

Após os comentários, o público pode interagir com os debatedores.

Manuella Mariani /Estagiária de Jornalismo /Agecom /UFSC