Professora Magaly Mendonça homenageada in memoriam no Simpósio Brasileiro de Geografia Física Aplicada

05/07/2017 10:56

Prof.ª Dr.ª Lucí durante sua fala homenageando nossa querida e saudosa Prof.ª Dr.ª Magaly. Foto: Gabriela Goudard.

Durante o XVII Simpósio Brasileiro de Geografia Física Aplicada (XVII SBGFA), a professora da UFSC Magaly Mendonça foi homenageada (in memoriam). Magaly faleceu no dia 5 de novembro de 2016, depois de dois anos em luta contra um câncer. Ao final da mesa redonda sobre “Geografia Física e Desastres Naturais”, a professora Lucí Hidalgo Nunes (Unicamp) afirmou que não há como falar de desastres na geografia física brasileira sem recordar do nome da professora Magaly.

Para além disto, lembrou da ótima pessoa que ela foi e os ótimos exemplos que continua deixando, mesmo sem conhecê-la tão bem pessoalmente. Alguns alunos, ex-orientandos, e muitos amigos que estavam presentes no auditório se sentiram tocados com a homenagem surpresa. O professor Hugo Romero (Universidad de Chile) também dedicou sua fala à Magaly, sua ex-esposa, durante a conferência sobre “O estado da arte da geografia física na América Central e do Sul”.

A professora da UFSC desenvolveu pesquisas em climatologia tanto na graduação como na pós-graduação, em temas como variabilidade climática, clima urbano, clima e saúde e desastres socionaturais.

Enquanto coordenadora do Laboratório de Climatologia Aplicada da UFSC (LabClima), desenvolveu projetos em diversas temáticas, ganhou notoriedade nacional junto à Associação Brasileira de Climatologia (ABClima) e inserção internacional por meio de parcerias com países da América Latina por meio da Red Latinoamericana de Metánalisis Científico de los Desastres Socionaturales (Mecides). Além disso, foi contribuidora assídua nas duas edições do Atlas de Desastres Naturais do Estado de Santa Catarina, organizado pela professora Maria Lúcia de Paula Herrmann.

Com informações do LabClima.