Laboratório de Tecnologias Computacionais lança game ‘Isaac e o enigma do explorador’

19/06/2017 11:31

Alunos de Engenharia da Computação e do Programa de Pós-Graduação em Tecnologias da Informação e Comunicação (PPGTIC) da UFSC lançaram um jogo em primeira pessoa usando como cenário as cidades de Araranguá e Criciúma. Isaac e o enigma do explorador, disponível para download em isaac.labtec.ufsc.br, foi desenvolvido pela equipe do Laboratório de Tecnologias Computacionais (LabTeC) da UFSC Araranguá.

O game foi estudo de caso na dissertação “Abordagem de uma metodologia de desenvolvimento de competências na produção de jogos digitais didáticos”, que avalia se é possível fazer jogos do gênero que sejam divertidos e educativos. O trabalho será defendido no PPGTIC nesta terça-feira, às 9h, no campus Mato Alto da UFSC Araranguá.

No enredo do jogo, do gênero aventura e com um clima de suspense e terror, o desaparecimento do avô é a motivação de Isaac para desbravar cidades em busca da solução do mistério. O garoto visita pontos turísticos das cidades de Araranguá e Criciúma para descobrir o paradeiro do seu ente querido.

Explorando um cofre misterioso do Museu Histórico de Araranguá, Isaac encontra um cofre bizarro com pedaços de pergaminhos que montam um enigmático poema que o leva a um carvão especial. Tal artefato possui propriedades mágicas que o leva diretamente a outra pista na Mina de Visitação Octávio Fontana em Criciúma. Dentro desse ambiente lúgubre e frio, o menino explora com uma lanterna que pode ser a luz que orienta o seu caminho, além de proteger dos perigos que somente a escuridão esconde. Será que Isaac vencerá esses desafios? O que fez o seu avô vir parar dentro daquela mina?

São necessárias várias resoluções de puzzles para conseguir avançar no game. O jogador aprende sobre os pontos turísticos das cidades com muita diversão. Jogado em primeira pessoa e para a plataforma PC, o jogador se sente parte da história e conquista cada solução aos problemas propostos para cada vez mais estar perto de resolver o principal enigma do explorador.

Durante o jogo pode-se recolher itens para montar um altar mágico e uma profecia misteriosa. Também é possível explorar uma mina recém-aberta (mas assombrada por um monstro), ficar perdido por um Caminho das Ilusões, e apreciar elementos e paisagens dos pontos turísticos das cidades reais do sul de Santa Catarina. Com enfoque didático, o jogador vai aprender mais sobre os pontos turísticos de Araranguá e Criciúma de maneira prática e divertida.

Download gratuito do jogo e mais informações sobre o projeto no site oficial: isaac.labtec.ufsc.br