Jordi Bertran abre Festival Internacional de Teatro de Animação neste sábado

19/05/2017 12:44

Jordi Bertran. Foto: divulgação

De 20 a 27 de maio, será realizado em Santa Catarina, o Festival Internacional de Teatro de Animação (FITA). Serão 36 apresentações de 13 companhias – do Brasil, Chile, Espanha, Holanda, Peru e Uruguai, que levarão para o palco boas histórias, poesia e linguagens como teatro de sombras, máscaras, luva, manipulação direta, manipulação com vara, manipulação de fios e teatro híbrido, com projeções audiovisuais. Florianópolis, Balneário Camboriú, São José, Biguaçu, Joinville e Siderópolis receberão espetáculos.

A abertura da 11ª edição do FITA fica por conta da Cia. Jordi Bertran (Espanha), referência mundial em teatro de animação que, neste ano, completa 40 anos de história. A montagem “Poemes Visuals” será apresentada no Teatro do CIC, no sábado (20) e domingo (21), às 20h e às 15h respectivamente. O espetáculo que utiliza a técnica manipulação direta e é indicado para crianças, jovens e adultos, traz para a cena um poeta que descobre que a partir das letras pode criar poesia, sem necessidade de construir palavras. Inspirado na magia dos poemas visuais do poeta catalão Joan Brossa, toma emprestado o magnetismo do abecedário brossiano, o jogo de letras com o qual o poeta ilustrava sua poética visual.

No domingo também tem programação gratuita no Teatro da UFSC (ao lado da Igrejinha). “Mirame un ratito”, da Cia. Bet Burgos (Chile), poderá ser visto às 10h e às 15h. O espetáculo que usa manipulação à vista e luva, com direção de Daniel Huaroc, é uma encenação divertida e poética que expõe a essência humana.

A partir de segunda (22), até 27 de maio, a programação do festival será intensa. Em Florianópolis, poderão ser vistos espetáculos no Teatro Ademir Rosa (CIC), no Centro de Cultura e Eventos da UFSC – Auditório Garapuvu, no Largo da Catedral, no TAC – Teatro Álvaro de Carvalho, no Sesc Prainha e no Teatro da UFSC. Em Biguaçu, as apresentações serão no Casarão Born; em Siderópolis, no Siderópolis Clube; em Joinville, no SESC Joinville; em Balneário Camboriú, no Teatro Bruno Nitz; e em São José, o local ainda não foi definido.

Além das apresentações, estão na programação atividades formativas, como oficinas e conversas com artistas depois dos espetáculos.

Encerramento com o holandês “Blind”

“Blind”, com direção Nancy Black, da Duda Paiva Company, encerra o 11º FITA, no dia 27, com apresentação no Teatro Ademir Rosa – CIC. Existencialista e contemporâneo, conta a história de um homem que se torna cego e perde o senso de si. Baseado na experiência de cegueira temporária do próprio dançarino/bonequeiro quando criança, o espetáculo traça a jornada de um trauma que pode mudar a vida.

Sobre o FITA

O FITA tem coordenação geral de Sassá Moretti (do Departamento de Artes/CCE/UFSC), coordenação executiva de Zélia Sabino (do Departamento Artístico Cultural/SeCArte/UFSC) e produção executiva de Gustavo Bieberbach. O 11º FITA foi contemplado pelo edital IBERESCENA e tem patrocínio do Funcultural, da Fundação Catarinense de Cultura, do Governo de Santa Catarina, da CAIXA Econômica Federal e do Governo Federal. Conta com o apoio institucional da UFSC – Universidade Federal de Santa Catarina, através da SeCArte. Tem o apoio do SESC e da Prefeitura Municipal de Siderópolis.  A realização é da Fazendo Fita Cia. Artística e da Funarte.

Mais informações no www.fitafloripa.com.br .

Programação

 

20.5

Cerimônia de Abertura

20h – “Poemes visuals”, da Cia. Jordi Bertran (Espanha)

Onde: Teatro Ademir Rosa – CIC- Florianópolis

Quanto: R$20; R$10 (meia)

 

Poemes Visuals

Cia. Jordi Bertran(Espanha)

Poemes Visuals começa com um ator-músico encarnando um poeta. Ele leva consigo uma mala repleta de letras de espuma e começa a brincar com seus sons e formas, descobrindo que, a partir das letras, pode criar poesia sem necessidade de construir palavras. O espetáculo é inspirado na magia dos poemas visuais do poeta catalão Joan Brossa, tomando emprestado o magnetismo do abecedário brossiano, o jogo de letras com o qual o poeta ilustrava sua poética visual.

 

Direção: Jordi Bertran

Duração: 50 minutos

Faixa etária: Livre

Técnica de manipulação: Manipulação direta

 

21.5

 

15h “Poemes visuals”, da Cia. Jordi Bertran (Espanha)

Onde: Teatro Ademir Rosa – CIC – Florianópolis

Quanto: R$20; R$10 (meia)

 

10h/15h Mirame un ratito”, da Cia. Bet Burgos (Chile)

Onde: Teatro da UFSC (ao lado da Igrejinha) – Florianópolis

Quanto: Gratuito

 

Mirame um ratito

Cia. Bet Burgos (Chile)

Trata-se de uma encenação divertida e poética que nos dará licença para sentir e nos emocionar com personagens criados como um grito pela vida e que se desesperam por respirar através de nossa pele. O espetáculo expõe a essência humana como um sorriso que estamos obrigados a silenciar.

 

Direção: Daniel Huarocc

Duração: 45 minutos

Faixa etária: A partir de 8 anos

Técnica de manipulação: Manipulação à vista e luva

 

22.5

16h “As aventuras do Fusca à Vela”, do Grupo UEBA Produtos Notáveis (Caxias do

Sul/RS)

Onde:  Largo da Catedral – Florianópolis

Quanto: Gratuito

 

10h/15h “De trapos y cartón”, de Concolorcorvo teatro de animación (Peru)

Onde:  Sesc Prainha – Florianópolis

Quanto: Gratuito
10h/15h “Um encanto em Nagalândia”, da Entreaberta Cia. Teatral (Florianópolis/SC)

Onde:  Teatro da UFSC (ao lado da Igrejinha)- Florianópolis

Quanto: Gratuito

*Após o espetáculo das 10h, conversa com os artistas
15h “Redescobrindo Lautrec”, da Cia. Nina Vogel (São Paulo/SP)

Onde:  Casarão Born – Biguaçu

Quanto: Gratuito
15h “Desde el Azul”, do Teatro Hugo & Inês (Peru)

Onde:  Siderópolis Clube – Siderópolis

Quanto: Gratuito

 

23.5

15h “Ananse e o baú de histórias”, do Coletivo Cênico Sombreiro Andante (Rio de

Janeiro/RJ)
Onde:  Teatro Ademir Rosa – CIC – Florianópolis

Quanto: Gratuito
20h “Desde el Azul”, do Teatro Hugo & Inês (Peru)

Onde:  Teatro  Álvaro de Carvalho – Florianópolis

Quanto: R$20; R$10 (meia) – Projeto Oito em ponto

 

15h/20h “Sopa”, da Cachiporra Artes Escênicas (Uruguai)

Onde:  Sesc Prainha – Florianópolis

Quanto: Gratuito

*Após o espetáculo das 15h, conversa com os artistas
15h “Redescobrindo Lautrec”, da Cia. Nina Vogel (São Paulo/SP)

Onde:  Siderópolis Clube – Siderópolis

Quanto: Gratuito

 

24.5
10h “Ananse e o baú de histórias”, do Coletivo Cênico Sombreiro Andante (Rio de

Janeiro/RJ)
Onde:  Teatro Ademir Rosa – CIC – Florianópolis

Quanto: Gratuito

15h”Sopa”, da Cachiporra Artes Escênicas (Uruguai)

Onde: Teatro  Álvaro de Carvalho – Florianópolis

Quanto: Gratuito

 

20h “Sopa”, da Cachiporra Artes Escênicas (Uruguai)

Onde:  Teatro  Álvaro de Carvalho – Florianópolis

Quanto: R$20; R$10 (meia)

 

15h/20h “Redescobrindo Lautrec”, da Cia.Nina Vogel (São Paulo/SP)

Onde:  Sesc Prainha – Florianópolis

Quanto: Gratuito

*Após o espetáculo das 15h, conversa com os artistas

 

25.5
15h “Por que nem todos os dias são dias de sol?”, da Artesanal Cia. de Teatro (Rio de Janeiro/RJ)
Onde:  Teatro Ademir Rosa – CIC – Florianópolis

Quanto: Gratuito
15h “Ananse e o baú de histórias”, do Coletivo Cênico Sombreiro Andante (Rio de Janeiro/RJ)
Onde:  Centro de Cultura e Eventos – UFSC – Florianópolis

Quanto: Gratuito

*Após o espetáculo, conversa com os artistas
20h “Uma noite com Lautrec”, da Cia.Nina Vogel (São Paulo/SP)

Onde:  Teatro  Álvaro de Carvalho – Florianópolis

Quanto: R$20; R$10 (meia)
20h “Sopa”, da Cachiporra Artes Escênicas (Uruguai)

Onde:  Teatro da UFSC – Florianópolis

Quanto: Gratuito
10h/15h “De trapos y cartón”, da Concolorcorvo teatro de animación (Peru)
Onde:  Sesc Joinville – Joinville

Quanto: Gratuito
26.5
10h/15h “Por que nem todos os dias são dias de sol?”, da Artesanal Cia. de Teatro (Rio de Janeiro/RJ)

Onde:  Teatro Ademir Rosa – CIC – Florianópolis

Quanto: Gratuito

 

15h/20h “Vozes do abrigo”, da Cia. LAICA (Curitiba/PR)

Onde:  Centro de Cultura e eventos – Florianópolis

Quanto: Gratuito

*Após o espetáculo das 15h, conversa com os artistas
20h “Uma noite com Lautrec”, da Cia.Nina Vogel (São Paulo/SP)

Onde:  Teatro  Álvaro de Carvalho – Florianópolis

Quanto: R$20; R$10 (meia)
15h “De trapos y cartón”, da Concolorcorvo teatro de animación (Peru)

Onde:  Teatro Bruno NItz – Balneário Camboriú

Quanto: GRATUITO

 

27.5

Encerramento

20h Blind, de Duda Paiva Company (Holanda)

Onde:  Teatro Ademir Rosa – CIC – Florianópolis

Quanto: R$20; R$10 (meia)

 

 

*Todos os espetáculos, inclusive aqueles que acontecerão nos teatros Ademir Rosa e Álvaro de Carvalho, são gratuitos para organizações sem fins lucrativos, ONGs e instituições de ensino, mediante reserva de vagas através de agendamento prévio

**Meia-entrada para estudantes, pessoas acima de 60 anos, classe artística (com apresentação de DRT), funcionários e clientes da CAIXA (mediante apresentação de cartão)

 

**Postos de venda e distribuição de ingressos

 

Centro de Cultura e Eventos (UFSC)

Ingresso livre, sujeito a lotação do espaço, e agendamento prévio para organizações sem fins lucrativos, ONGs e instituições de ensino.

 

Teatro Ademir Rosa (CIC)

Diariamente (incluindo domingos e feriados), das 13h às 19h. Após este horário, venda somente para o espetáculo realizado no dia e no Teatro Ademir Rosa, se houver.

 

Teatro Álvaro de Carvalho

Diariamente (incluindo domingos e feriados), das 13h às 19h. Após este horário, venda somente para o espetáculo realizado no dia e no Teatro Álvaro de Carvalho, se houver.

 

Teatro do SESC Prainha

Os ingressos poderão ser retirados na central de atendimento da unidade uma hora antes de cada apresentação.

 

Teatro da UFSC

Os ingressos poderão ser retirados 1 (uma) hora antes de cada apresentação.

 

Endereços:

 

Florianópolis

Largo da Catedral

Rua Arcipreste Paiva, s/n° – Centro

Centro de Cultura e Eventos (UFSC)

Campus Universitário Reitor João David Ferreira Lima (Trindade)

Teatro Ademir Rosa (CIC)

Av. Governador Irineu Bornhausen, nº 5600 (Agronômica)

Teatro Álvaro de Carvalho (TAC)

Rua Marechal Guilherme, nº 26 (Centro)

Teatro da UFSC (ao lado da Igrejinha)

Praça Santos Dumont (Trindade)

Teatro SESC Prainha

Travessa Siryaco Atherino, nº 100 (Prainha)

 

 

Oficinas

 

O Corpo Dramático

A oficina se inspira nas infinitas possibilidades expressivas do corpo humano e sua mística se apoia na tradição simbólica das diferentes partes do corpo que, postas a trabalhar de forma independente, nos mostram suas atitudes expressivas particulares, suas limitações e, sobretudo, nos sugerem sua própria alma.

 

Ministrante: Ines Pasic (Teatro Hugo e Ines)

Quando: 23 a 27/05, das 8h às 12h.

Onde: Sala Goabeira (Centro de Cultura e Eventos/UFSC)

Carga Horária: 20 horas

Número de vagas: 20

Inscrição: formulário disponível no site

 

O Corpo do Ator a Serviço da Animação

No teatro de animação não se pode entender o movimento do personagem sem antes conhecer a corporalidade do ator, o personagem é um objeto que deve ser animado e só pode existir no momento em que o ator lhe concede o movimento e o contempla como um ser vivo em um espaço cênico. Paradoxalmente, no teatro de atores, o ator faz seu público acreditar que seu corpo é o corpo do personagem, enquanto que no teatro de animação é o ator quem dá vida ao objeto, convertendo-o em personagem.

 

Ministrante: Betssy Burgos (Cia. Bet Burgos)

Quando: 23/05, das 15h às 17h

Onde: Sala Goiabeira (Centro de Cultura e Eventos/UFSC)

Carga Horária: 2 horas

Número de vagas: 15

Inscrição: formulário disponível no site

 

Confecção e Manipulação de Bonecos com material reciclável

Oficina focada na construção e manipulação de bonecos feitos a partir de materiais recicláveis e reutilizáveis com construção de cenas partindo de jogos teatrais.

Indicada a artistas, educadores e interessados em aprender sobre técnicas do teatro de animação e possibilidades práticas para atuação na contação de histórias.

Ministrante: Juliana Freitas e Khalid Prestes (Clã de Livres Arteiros Cia Artística)

Quando: 22/05, das 8h às 12h e das 14h às 18h; e dia 23/05, das 8h às 12h.

Onde: Siderópolis Clube

Carga Horária: 12 horas

Número de vagas: 20

Material sugerido: Tesoura, fita adesiva, bisnaga de cola quente e materiais recicláveis, limpos e secos

**Atividade destinada a professores da Rede Pública de Ensino Municipal de Siderópolis

 

Micro-exposição

 

“Passaporte para a Liberdade”. Toulouse-Lautrec e o Circo

(Cia. Nina Vogel/SP)

 

A micro-exposição traz a reprodução autorizada pelo Museu Toulouse-Lautrec de Albi, de 12 dos 39 desenhos da série do circo produzidos pelo pintor francês Henri de Toulouse-Lautrec (1864-1901). No ano de 1899, o pintor, internado por sua mãe num manicômio privado, cria uma série de desenhos do universo circense, todos realizados de memória, para provar sua sanidade mental e retomar a liberdade.

Quando os médicos reconhecem a genialidade traduzida em seus traços, ele retorna para casa e declara: “Eu comprei a minha liberdade com meus desenhos!”. Apresentada após a performance “Redescobrindo Lautrec” e o espetáculo “Uma Noite com Lautrec”, complementa e aproxima o público do pintor e de sua obra.

 

Quando: Após as apresentações dos espetáculos Redescobrindo Lautrec e Uma Noite com Lautrec

Onde: No hall dos teatros

 

Mais informações:

(48) 3721-2383 e 3721-2625

*Qualquer alteração na programação acompanhe pelo site da organização do evento: www.fitafloripa.com.br

 

[CW] DAC/SeCArte/UFSC – Textos e fotos da produção e da assessoria de imprensa do Festival