Exposição ‘Silêncio’ marca inauguração de nova galeria de arte da UFSC

25/04/2017 16:11
Exposição Silêncio no Espaço Expositivo CCEven. Foto: Henrique Almeida/Agecom/UFSC

Exposição Silêncio no Espaço Expositivo CCEven.
Foto: Henrique Almeida/Agecom/UFSC

Um tapete de grama envolto em plástico transparente conduz a um totem com nove quadros, representando três grandes telas. Nas paredes brancas há outras oito telas e ao final dessa exposição ainda há a mesma porta de entrada do Centro de Cultura e Eventos. Agora, porém, sem o balcão de recepção e a antessala, o outrora corredor de entrada é agora a mais nova galeria de arte da UFSC.

A inauguração do Espaço Expositivo ocorreu no final da tarde do dia19 de abril, com a exposição Silêncio, da artista catarinense Albertina Prates. Na ocasião, Rosemar da Silva, diretora do Centro de Cultura e Eventos (CCEven), explanou sobre a criação do novo espaço expositivo, idealizado em 2016. A Diretora ressaltou que: “o Centro de Cultura e Eventos deve respirar novas linguagens artísticas, conforme pensado na criação do local”.

Na sequência da cerimônia de abertura, Albertina Prates manifestou-se “honrada por ser a primeira artista do novo espaço expositivo da UFSC”. A artista ainda apresentou brevemente os temas que permeiam sua exposição como sendo fruto de “temas para se falar consigo e com o outro. Sobre o divino e o profano”.

A secretária de Cultura e Arte da UFSC (Secarte), Maria de Lourdes Alves Borges, destacou a relevância da proposta do Centro de Cultura e Eventos de transformar o que antes era um corredor em uma galeria de arte. Maria de Lourdes também valorizou o empenho de toda a equipe do CCEven, cuja importância dada ao novo espaço se revelou até mesmo na pintura das paredes, realizada pelos próprios trabalhadores do local, a fim de assegurar a transformação do espaço, devido a seu comprometimento genuíno em “apostar na cultura e na arte, além dos eventos”.

Por fim, a vice-reitora, Alacoque Lorenzini Erdmann, externou sua satisfação em participar da inauguração de uma galeria que possibilita “retomar o Centro de Cultura e Eventos como espaço artístico e cultural na UFSC”. A vice-reitora também apontou que considera a inauguração como a expressão da “retomada da importância da arte na vida acadêmica” e como espera que “essa [primeira] mostra dê vazão a outras manifestações artísticas na Universidade”.

Após as falas de abertura da exposição, os presentes foram convidados a visitar a exposição e o espaço, ao que muitos dos presentes puderam interpelar a artista sobre os significados e sentidos de suas obras. Albertina Prates comentou brevemente sobre as representações de algumas de suas obras, os arquétipos representados e sobre a “pele da Terra em um jardim montado” que conduz os visitantes por toda a exposição, cuja visitação vai até o dia 24 de junho de 2017.  

Serviço

O que: Exposição Silêncio, de Albertina PratesConvite-Exposição-Silêncio-701x1024

Quando: de 19 de abril a 24 de junho de 2017

Horário: das 7h às 20h

Onde: Espaço Expositivo CCEven, no térreo do Centro de Cultura e Eventos  – Campus Trindade da UFSC

Gratuito e aberto ao público 

 

Texto: Gabriel Martins/Equipe Agecom/UFSC