Pós-Graduação em Estudos da Tradução tem aula inaugural com Bruno Barreto Gomide

31/03/2017 10:42

O Programa de Pós-Graduação em Estudos da Tradução promove a aula inaugural do primeiro semestre de 2017 com o professor Bruno Barretto Gomide, da Universidade de São Paulo. A palestra intitulada “Tradução de literatura russa na Era Vargas (1930-1945)” acontece na segunda-feira, 3 de abril, às 9h no Auditório Henrique Fontes, localizado no Bloco B do Centro de Comunicação e Expressão (CCE-B).

brunogomidecv

Bruno Barreto Gomide

A primeira Era Vargas (1930-1945) viu uma série de mudanças importantes no mercado editorial e no campo literário brasileiro. Ela foi marcada por duas ondas de russofilia, no começo da década de 30 e na reta final do Estado Novo. Nesses dois períodos houve um grande interesse pela literatura russa, estreitamente associado às variações do contexto político. Esta aula inaugural se concentrará nos debates sobre a tradução de literatura russa e em algumas iniciativas editoriais do período, especialmente a coleção de traduções diretas do russo organizada pela editora Selzoff, em 1930-32, e a coleção de obras de Dostoiévski da José Olympio, em 1944-45.

Bruno Barretto Gomide é professor livre-docente de literatura russa na USP. Doutor em Literatura Comparada pela Unicamp, com estágio de doutorado Capes na Universidade da Califórnia, Berkeley. Pesquisador 2 do CNPq desde 2012. Foi pesquisador-visitante no IMLI (Moscou), no Púchkinski dom (S. Petersburgo), nas Universidades de Glasgow, Londres, Harvard e Berkeley. É o organizador do GT de Literatura Russa da Abralic. Tem publicado artigos em periódicos internacionais (como Tolstoy Studies Journal, Vopróssy literatúry e Materiály i isslédovania) e participado dos principais congressos da área de estudos russos. Publicou o livro “Da estepe à caatinga: o romance russo no Brasil (1887-1936)” pela Edusp (2º lugar no prêmio Jabuti), fruto de sua tese de doutorado (menção honrosa no prêmio de teses da CAPES no triênio 2004-2007). Organizou duas antologias (Nova antologia do conto russo e Antologia do pensamento crítico russo) pela editora 34. Atualmente tem dois projetos de pesquisa: a obra do tradutor soviético David Vygódski e uma biografia intelectual de Boris Schnaiderman. Tem no prelo a organização de uma coleção de cinco narrativas relacionadas à Revolução Russa (ed. 34), uma antologia de textos críticos sobre a intelligentsia, a cultura e a Revolução Russa (ed. Boitempo) e um livro provisoriamente intitulado “Dostoiévski na Rua do Ouvidor: a literatura russa e o Estado Novo” (Edusp), todos previstos para 2017.

 

Aula Inaugural do Programa de Pós-Graduação em Estudos da Tradução
Tema: “Tradução de literatura russa na Era Vargas (1930-1945)”
Palestrante: Bruno Barretto Gomide (USP)
Data: 03/04/2017, segunda-feira
Horário: 9h
Local: Auditório Henrique Fontes, CCE-B

 

 

Mais informações:
(48) 3721-6647
Site do Programa