Começou a Feira do Livro da Editora da UFSC com descontos de até 70 por cento

06/03/2017 11:41

O que tem em comum Glauber Rocha, Rogério Sganzerla, Salim Miguel, Alcides Buss, Harry Laus, Osman Lins, Franz Kafka e William Shakespeare? Bem, até o até o dia 7 de abril eles, e outra centena de autores, são os grandes destaques da Feira do Livro da Editora da UFSC, aberta hoje no hall do Centro de Cultura e Eventos, no campus da Trindade.

feirabertura1

Feira do Livro: rotina no calendário. Foto: Jair Quint/Agecom

Com descontos de até 70 por cento, a Feira, que é realizada semestralmente, vai funcionar das 9h às 19h com o objetivo de fornecer aos estudantes universitários livros com preços mais acessíveis, além de buscar integração com a comunidade dos bairros próximos.

A diretora-executiva da EdUFSC, Gleisy Fachin, destacou que a realização do evento, que já virou rotina no calendário, é resultado do trabalho conjunto de atores como, por exemplo, uma equipe que compreende a missão da Editora, da Secretaria de Cultura e Arte (SeCarte), dirigida pela professora Maria de Lourdes Alves Borges, da Administração Central e da própria Agência de Comunicação (Agecom) nesse processo de integração institucional.

Gleisy lembrou o início de tudo com o professor Alcides Buss em 1991 e até 2008 quando a Feira era anual, passando por 2009 quando se tornou semestral aproveitando o início dos semestres letivos. “Vamos lutar para que essa rotina se mantenha, e sempre nessa perspectiva da integração”.

Já o reitor Luiz Carlos Cancellier de Olivo ressaltou o trabalho da nova direção-executiva da EdUFSC que tem, segundo ele, feito um excelente trabalho de articulação entre os vários interesses que permeiam essa que é uma atividade essencial de publicação e divulgação da nossa produção científica.

“Para nós, a EdUFSC é muito mais que  uma referência, pois ela tem essa capacidade de aglutinar e ser uma agente de inclusão e é isso que a gente esperava”, observou Cancellier.  No meu entendimento uma universidade se caracteriza principalmente por ter uma biblioteca e uma editora de excelência e isso a universidade tem”, finalizou o reitor.

Mais informações: 
editora.ufsc.br