Evite o ‘Aedes aegypti’: UFSC intensifica campanha durante verão

12/01/2017 14:36

Para evitar focos do mosquito Aedes aegypti na UFSC durante o verão, quando aumenta a probabilidade de desenvolvimento do mosquito,  a Universidade relança a “Campanha de prevenção e controle da dengue nos campi da UFSC”. O Aedes aegypti também é o transmissor dos vírus causadores da febre Chikungunya e da febre Zika o que reforça a necessidade de medidas preventivas. A melhor forma de erradicar a doença é eliminando a água parada limpa ou suja, são nesses locais que as larvas do mosquito desenvolvem-se. campanha-aedes_redes_sociais-04

Caso você encontre algum local na UFSC propício ao desenvolvimento do mosquito, informe pelo e-mail:   Para locais externos à UFSC comunicar pelo e-mail , no município de Florianópolis a ocorrência deve ser comunicada também a ouvidoria municipal pelos telefones: (48) 3239-1537 ou 3239-1569.

Medidas preventivas podem ser acessadas nos no site da Fundação Oswaldo Cruz e no site da Vigilância Sanitária de Santa Catarina.

Mais informações sobre a campanha, a doença, medidas de prevenção e o plano de ação da Universidade no combate à doença podem ser consultadas no Plano de Prevenção e Controle da Dengue.

O cartazes da campanha estão disponíveis na página da Coordenadoria de Gestão Ambiental.