Encontro discute avanços biotecnológicos na sanidade de organismos aquáticos

23/05/2016 09:12

XIV Encontro Brasileiro de Patologistas de Organismos Aquáticos (Enbrapoa) será realizado em Florianópolis, 22 a 25 de agosto, com o tema “Avanços biotecnológicos na sanidade de organismos aquáticos”. No encontro, será discutido o ensino da Patologia de Organismos Aquáticos nos cursos do Brasil, possibilitando o intercâmbio de ideias e conhecimento entre os cursos de graduação e pós-graduação no país.

Os participantes do evento irão abordar diversos temas envolvendo aspectos das enfermidades que acometem os animais aquáticos, como o uso e a implementação de medidas profiláticas e terapêuticas nos cultivos, além das formas de transmissão e disseminação de enfermidades e os aspectos moleculares e histopatológicos dos agentes etiológicos.

A edição 2016 do evento é organizada pelos professores Luciane Perazzolo e Rafael Rosa, do Departamento de Biologia Celular, Embriologia e Genética do Centro de Ciências Biológicas (CCB) da UFSC.

A data limite para submissão de resumos é 31 de maio.

Confira os assuntos específicos que serão debatidos no XIV Enbrapoa:

  • Avanços biotecnológicos na sanidade de organismos aquáticos;
  • Biotecnologia aplicada aos organismos aquáticos;
  • Práticas mitigadoras de estresse na produção de organismos aquáticos;
  • Sanidade na carcinicultura;
  • Notificação obrigatória de patógenos;
  • Transgenia em peixes;
  • Principais patologias de peixes, moluscos, rãs e crustáceos, incluindo as de origem genética;
  • Imunologia e/ou Patologia de Crustáceos, Moluscos, Peixes e Rãs;
  • Parasitoses em organismos aquáticos;
  • As zoonoses, seus problemas, e medidas profiláticas;
  • O uso das águas da União para o cultivo em tanques-rede e a disseminação de doenças de peixes;
  • A qualidade da água do afluente e do efluente na aquicultura;
  • Legislação referente ao controle sanitário dos organismos aquáticos – importância do certificado sanitário como medida profilática fundamental para o controle das várias patologias dos organismos aquáticos;
  • Programas de cooperação nacional em relação à sanidade aquícola que visa estabelecer estratégias para o controle de doenças de animais aquáticos;
  • Avanços nas terapias no combate às doenças em organismos aquáticos marinhos e de água doce;
  • Controle de qualidade na produção dos animais aquáticos.

Mais informações na página do evento.

Cartaz-ENBRAPOA-2016