Programa de subvenção a ideias inovadoras realiza apresentação na UFSC

07/10/2015 09:00

O programa Sinapse da Inovação realiza a apresentação de sua quinta edição para estudantes, professores, pesquisadores e profissionais de diferentes setores da UFSC, nesta sexta-feira, 9 de outubro, às 14h, no auditório do Centro Socioeconômico (CSE). As inscrições estão abertas até 5 de novembro através do site. Além da divulgação de cases, o evento abre espaço para perguntas. Convite CSE UFSC  SINAPSE

O Sinapse oferece R$ 60 mil em subvenção e até R$ 45 mil em bolsas auxílio da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc), R$ 24 mil em serviços técnicos do Sebrae e capacitação e suporte para cada uma das 100 ideias inovadoras selecionadas.

O programa, criado pela Fundação CERTI e promovido pelo governo do estado de Santa Catarina, já ajudou a criar quase 300 startups e gerou mais de 1,2 mil empregos diretos e 94 patentes desde sua operação piloto em 2008.

Como funciona

Na primeira fase os interessados apresentam suas ideias de negócio e a equipe de trabalho. O objetivo é verificar se a ideia é inovadora, se traz benefícios para a região e se tem potencial de mercado. Passam para a segunda fase até 300 propostas, e os selecionados devem, então, elaborar um projeto de empreendimento, detalhando o plano de negócio executivo com o objetivo de demonstrar o potencial da ideia para gerar um bom negócio. Ao longo dessa etapa são oferecidas capacitações à distância para auxiliar o empreendedor.

A terceira fase, para a qual passam até 200 das propostas ainda em jogo, consiste no desenvolvimento de um projeto de fomento, com apresentação detalhada do orçamento e do planejamento de execução do projeto. Os finalistas são contemplados com subvenção em dinheiro e capacitação pré-incubação.

História

O Sinapse da Inovação foi concebido pela Fundação CERTI e apoiado pela Fapesc em 2008 com o objetivo de aumentar o investimento em inovação tecnológica no Estado a partir da transformação de ideias inovadoras em negócios de sucesso. De março de 2008 a fevereiro de 2009 foi realizada a operação piloto do programa, que atingiu apenas a Grande Florianópolis e que ajudou a criar 13 empresas inovadoras.

Ainda em 2009 foi realizada a Operação I, com abrangência estadual. 61 empreendimentos foram criados e apoiados. Entre 2010 e 2011, na Operação II, 48 novas empresas inovadoras foram criadas. Na operação III, desenvolvida de setembro de 2011 a abril de 2013, chegou-se ao número de 88 empresas apoiadas. A última operação, realizada de junho de 2013 a novembro de 2014, selecionou 93 projetos, que se tornaram novas empresas inovadoras em Santa Catarina.

Mais informações no site.