Campus Curitibanos começa 2015 com obras

30/01/2015 10:21

Aqueles que passam pelo campus da UFSC em Curitibanos neste início de ano podem perceber a movimentação dos canteiros de obras no local. Os trabalhos são para a construção do Bloco 2 de Salas de Aula e Laboratórios (CBS-02); para o cercamento do campus e para a reforma do Centro de Educação Profissionalizante (Cedup), que receberá os laboratórios de Anatomia Animal e de Patologia Veterinária. As obras começaram na primeira quinzena deste mês.

“Essas estruturas são importantes para o futuro do campus. Vamos ter a ampliação física, com o prédio CBS02, e a reforma do Cedup, oportunizando mais qualidade aos cursos. Há a nossa preocupação não só com a parte técnica e de infraestrutura, mas com a motivação para os próprios estudantes”, explica o diretor acadêmicodo Campus Curitibanos, Juliano Gil Nunes Wendt. De acordo com o diretor de Gestão Orçamentária da Pró-Reitoria de Planejamento (Proplan) da UFSC, Otávio Vanderlei Berlanda, as três obras contam com recursos do Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais (Reuni), do Governo Federal.

Construção do Bloco CBS-02

A construção de mais de 9.000,00 m² deverá abrigar 29 laboratórios, 13 salas de aulas, 51 salas de professores, 14 salas técnicas, três salas de reuniões, um herbário, uma sala de

Imagem em 3D do projeto do Bloco CBS-02.

Imagem do projeto do Bloco CBS-02 elaborado pelo DPAE.

apoio, uma sala de bolsistas, um almoxarifado, uma sala de técnicos, uma sala do centro acadêmico, além deu ma central de autoclaves e quatro elevadores. A previsão é de que o Bloco CBS-02 esteja concluído até 26 de agosto de 2016. O espaço será utilizado pelos cursos de Engenharia Florestal, Agronomia e Medicina Veterinária.

O prazo para conclusão da obra, licitada por meio do Regime Diferenciado de Contratação (RDC), é de 600 dias. A modalidade de licitação foi implantada na Universidade em julho de 2013 e possibilita maior celeridade na contratação de obras e serviços de engenharia. De acordo com o diretor do Departamento de Fiscalização de Obras (DFO) da Universidade, Rodrigo Bossle Fagundes, o desconto obtido no processo licitatório foi de cerca de 12%, com valor final de R$ 22.220.822,28.

O arquiteto da UFSC, Evandro Machado Fernandes, informa que o projeto arquitetônico e os complementares – proteção contra incêndio, paisagismo, impermeabilização, hidrossanitário, elétrico e de cabeamento, drenagem – foram feitos pelo do Departamento de Projetos de Arquitetura e Engenharia (DPAE) da Universidade. “Apenas o projeto estrutural foi contratado por licitação, para atender os prazos”, explica.

A coordenadora de fiscalização de obras da UFSC, Ligia Pauline Mesquita, ressalta que as atividades dependem das condições climáticas. “Em Curitibanos, são comuns os temporais no final da tarde. Às vezes, cai uma chuva e a máquina fica uns três dias parada, até o solo firmar de novo. A equipe já começou a parte de terraplanagem, de movimentação de terra. Na sequência, vem a parte da escavação para iniciar a fundação. É uma obra longa, extensa, mas o cronograma está bem dimensionado”, avalia.

O Bloco 2 será o terceiro prédio do campus e o segundo localizado na sede, e vem no rastro de outras obras. “O primeiro prédio foi feito em duas etapas; é um bloco de salas de aula, laboratórios e salas de professores já pronto. Depois, foi a obra do anel viário, a subestação e, na sequência, o galpão de produção vegetal, que está sendo concluído e está localizado na Fazenda Experimental”, explica Bossle. As obras citadas foram concluídas em 2010, juntamente com a finalização das infraestruturas elétrica e de telecomunicações do campus.

Reforma do Cedup e cercamento do campus

Fachada do Cedup, em Curitibanos. O imóvel vai abrigar os laboratórios de Anatomia Animal e de Patologia Veterinária da Universidade. Foto: Jair Quint/Agecom/UFSC

Imóvel do Cedup, em Curitibanos, vai abrigar laboratórios do Curso de Medicina Veterinária. Foto: Jair Quint/Agecom/UFSC

A previsão é de que as duas obras de menor porte no Campus Curitibanos sejam concluídas nos próximos meses. O prazo para o término da reforma do Cedup para a estruturação dos Laboratórios de Anatomia Animal e de Patologia Veterinária do curso de Medicina Veterinária, contratada pelo valor de R$ 136.666,63, é dia 4 de abril de 2015. O certame realizado por RDC foi deserto – não houve inscritos –, por isso aconteceu dispensa de licitação. De acordo com o diretor do DFO, a reforma foi contratada por valor cerca de 2% abaixo do estimado pela Administração.

O Governo do Estado de Santa Catarina firmou um termo de cessão com a UFSC para o uso compartilhado do imóvel. “Com relação à parte física, agora estamos colocando cubas e divisórias”, informa a coordenadora de Fiscalização de Obras da Universidade, Lígia Mesquita. “Vamos tentar antecipar o término desta obra para que as atividades letivas sejam desenvolvidas já no primeiro semestre”, complementa Bossle, diretor do DFO.

Os trabalhos para o cercamento da sede do campus e dos terrenos da Fazenda Experimental Agropecuária devem ser finalizados até o dia 11 de maio de 2015. O orçamento da obra é de R$ 760.568,23. O RDC possibilitou um desconto de 7,5%na contratação do serviço. O cercamento será feito com alambrados para delimitar os terrenos da Universidade. “A sede é aberta. A obra contempla o cercamento destes locais e de outros acessos ao campus”, explica Bossle. O projeto foi desenvolvido pela equipe do Departamento de Manutenção Predial e Infraestrutura (DMPI) da UFSC.

Acompanhe o andamento das obras que estão sendo executadas em Curitibanos e nos demais campi em http://dfo.proplan.ufsc.br/obras/execucao/.

Bruna Bertoldi Gonçalves / Jornalista / Diretoria-Geral de Comunicação / UFSC